Mensagens

A mostrar mensagens de Maio, 2011

O remédio para a dor...

Imagem
Desisto, perdi toda a força que havia em mim, sou agora um poço, um simples poço que se tornou vazio com o passar do tempo. Ficarei no esquecimento, na recordação daquilo que um dia fui, daquilo que um dia amai. O amor desapareceu da minha vida e com isto desapareceram todas as pequenas histórias que me iam mantendo vivo com a felicidade que demonstrava tapando aquilo que verdadeiramente sentia. Saberás certamente ver para além das evidências e daquilo que um dia fui e que acabou por se esbater com o passar do tempo e com a desilusão de uma vida mal vivida e de sonhos que se tornaram pó que voou com a primeira tempestade. Preciso de ti, preciso de voltar a aprender tudo o que me esqueci, lamento as perdas e lambo as cicatrizes que o meu coração neste momento tem. Estou incompleto, sou um puzzle cujas peças acabaram por se perder entre as mãos de uma criança e as frustrações de um adulto que não consegue encontrar a sua metade, a sua peça. Agora tudo é assim, um vazio inconsolável, uma…

Simples recordações...

Imagem
As lágrimas caiam-me pelo rosto, o meu corpo termia e a chuva, aquela chuva que caia, molhava a minha roupa e arrefecia ainda mais o meu coração. Estava perdido entre as recordações de um passado que teimava em não desaparecer e a música que entrava pelos meus ouvidos e me feria o coração. Sentei-me ali, num banco à beira da praia, um banco num local deserto onde ninguém passava a não ser o jornaleiro que tentava vender os últimos jornais que lhe restava. Peguei num papel, num simples e velho papel que tirei do bolso, peguei na caneta e mesmo com as mãos trémulas, escrevi aquilo que me vinha do coração, aquelas simples palavras mas ao mesmo tempo tão sentidas e tão amarguradas. Saberia que não estavas ali para as ouvir, sabia que a distância era grande e que os nossos corações acabaram por partir as amarras que os uniam, acabaram por fugir um do outro e apenas entregarem-se ao esquecimento de uma história construída sobre bancos de arreia movediça e com paredes forradas de finas carta…

Um passado de palavras vivas...

Imagem
Dei por mim a correr por ruas que antes não passava, o chão estava molhado e os meus pés descalços iam percorrendo aquela calçada já gasta pelo passar dos anos, já gasta pelo passar das pessoas. As ruas eras estreitas e ao mesmo tempo tão desertas e escuras, o sol estava tapado pelas nuvens carregadas e eu apenas era molhado pela chuva que caia e que me tapava as lágrimas que corriam pelo meu rosto tão quente e ao mesmo tempo tão frio. O coração estava apertado e o meu corpo retraia-se sempre que as gotas de água entravam em contacto com ele. De pele despida, de pés molhados procurava por ti em cada rua, em cada esquina daquelas ruelas onde amamo-nos e onde trocamos as primeiras provas de amor, de um amor de crianças mas ao mesmo tempo de um amor que nos fez crescer e aprender que a vida é bem mais simples do que aquilo que todos nós pensamos. Corri e a minha vontade era de poder agarrar as tuas mãos, de nos abraçarmos entre as gotas de chuva e podermos assim parar o tempo, parar as h…

Diferença...

Imagem
Sempre soube que seria um pouco diferente, que acreditava em coisas que já ninguém acreditava, que lutava em vez de me acomodar, que amava em vez de representar. Vivi assim com receio desta minha diferença, com receio de ser como era e como vim a ser. Mais tarde com o passar das horas, dos dias, dos meses e até mesmo dos anos esses medos dissiparam-se porque vi finalmente que é nessa diferença que eu acabo por ser eu mesmo, desigual de toda a gente, com os meus próprios sonhos e com as minhas maneiras de encarar o mundo, as pessoas que nele vivem e as paixões que vão surgindo entre simples e felizes coincidências e encontros que o destino nos proporciona. Hoje apenas vejo o passado como uma página escrita e virada na minha vida, durante muito tempo prendeu-me, durante muito tempo tapou-me aquilo que hoje vivo e as histórias que hoje consigo escrever, com a minha mão, com a tinta que escorre do meu coração e com a força que nem sei onde fui buscar. Arrumadas ficaram as recordações, os …

Tudo muda, tudo se altera...

Imagem
Passei por ti e o tempo mostrou que afinal já nem tudo é igual, que as pessoas mudam, que os sonhos alteram-se e que os caminhos seguem direcções variadas, opostas, contraditórias que buscam incessantemente sonhos e objectivos diferentes. Vi em ti a diferença que os meus olhos antes tapavam, vi que afinal não lutas como eu luto e que apenas te entregas à vida e te deixas andar pelos caminhos que ela traça para ti. Sou diferente e penso assim de maneira completamente oposta, a vida dá-me e eu sei rejeitar ou apenas agarrar aquilo que verdadeiramente sei que me faz falta e que se coaduna com aquilo que eu chamo de final feliz. Não deixo que a vida me empurre entre caminhos que não desenhei e acima disso me cruze com pessoas que afinal não têm um papel na história que é a minha vida, é aí que surge a nossa diferença, é aqui que vejo que afinal tudo é bem real quando tentamos olhar com olhos de ver e não apenas como algo que queremos que seja uma realidade inquestionável. Assim sorri porq…

Um dia diferente mas ao mesmo tempo tão igual...

Imagem
Senti por entre as linhas que se foram descosendo, sorri e logo virei o rosto para não mostrar tudo aquilo que vão dentro de mim, dentro do meu coração. Sabia que estavas lá e isso chegou para mim, senti a tua presença e tudo ganhou mais cor num dia que faltou pouco para ser ideal. Os muros derrubaram-se e finalmente consegui ver que tudo foi mais uma história, uma história onde apareceram os actores, os locais, as musicas e até mesmo os sentimentos destorcidos entre a vontade de amar e o medo de errar. Hoje apenas o dia é diferente, e a presença transformou-se numa ausência que me sufoca o coração e me faz sentir que nem tudo vale a pena, que nem tudo tem de ser ideal. Os dias vão passando e certamente vamos moldando a nossa forma de ser, os nossos hábitos, os nossos gostos e até mesmo as nossas formas de amar e ser amados. Crescemos e isso faz de nós pessoas bem melhores no que toca à partilha de sentimentos e emoções que nem toda a gente tem o dom de ter, nem toda a gente tem o dom…

Palavras soltas...

Imagem
Eu já pensei tanto que já nem sei, a página virou mas a vontade que ela permaneça igual é bem maior, a tinta correu sobre o papel e assim acabou por escrever-se uma história que eu não sonhava para mim, acabou por colocar personagens, sentimentos, sorrisos e até mesmo lágrimas que deixaram em mim recordações, puras recordações que ainda me ferem o coração e me fazem ao mesmo tempo acreditar no sonho e no poder dele para traçar novos objectivos, novas formas de pensar, novas formas de amar. O tempo pode ser um remédio para muitas das feridas deixadas mas em contraposição pode ser mais um factor que nos leva a cair nas recordações, que nos leva a aprisionar a nós próprios e assim tapar um futuro que poderia ser vivido, um futuro que poderia ser bem mais feliz que o que ficou no passado. Queria apenas saber que tudo isto vale a pena, que o destino saberá o que coloca no meu caminho mas as incertezas são tantas, as perguntas acabam sem resposta e os sonhos acabam por cair, assim, por terr…

Verdade ou amor?...

Imagem
Estava uma noite quente e as almas deles apenas queriam se arrefecer um no outro, o amor era grande e o calor que já era forte aumentou, os dois corpos fundiram-se e tornaram-se apenas num, naquele corpo cheio de paixão e ao mesmo tempo desejo. Uma sala, uma vida, várias histórias e uma relação que parecia querer durar para sempre. Ela chegou e ele não consegui controlar o desejo, agarro-a, despiu-a e os dois envolveram-se entre o chão e os lençóis que se encontravam em cima do sofá, o tempo parou e eles apenas se amavam, amavam-se loucamente e não pensavam em nada, apenas naquele momento, naquele quente momento que ambos viviam. A paixão deu-se e ambos encostaram-se um no outro, ela enrolou o lençol em seu redor e ele apenas a aconchegou com um abraço tão forte e ao mesmo tempo tão sentido. Ambos queriam que o tempo ficasse parado mas passou e tiveram de se despedir com um beijo e com a certeza que tudo seria diferente, que agora entoavam mais unidos do que nunca. As palavras apenas …

Espero por ti...

Imagem
Corri entre as primeiras folhas que caiam no chão num Outono, tão diferente, tão só. Saberia que o tempo não voltava atrás, mas a vontade de ser feliz passava por cima disso, passava por cima de toda aquela solidão que teimava em ficar. Não olho para grandes coisas, porque essas mais dia ou menos dia acabam por se resignar aquilo que chamo de perda de brilho. Apenas olho para pequenas e simples coisas, aquelas que me fazem feliz, aquelas que sei que nunca mudam nem com o passar do tempo, nem com a ostentação de ser o principal entre bonequinhos criados e papeis encenados. Corri assim, baloicei naquele balouço feito pelos que mais importantes são, sorri e deitei-me sobre aquele nosso vale que ainda era banhado pelo sol fraco de fim de tarde. Hoje sei o que foste para mim, uma recordação, uma simples folha escrita onde um copo de água caiu sobre as palavras esborratando tudo e deixando para trás mais uma história que poderia dar um livro. Chegou assim o inverno frio, um inverno que me r…

O erro...

Imagem
Guardarei apenas as primeiras palavras, aquelas palavras verdadeiras que te saiam da alma e que me aqueciam o coração, guardarei as primeiras recordações, os primeiros sorrisos, os primeiros sonhos, os primeiros olhares. O tempo passou e com ele foi o brilho que um dia tiveste, a leve brisa levou todo aquele manto que tinhas e ficaste assim despida e ao mesmo tempo maquilhada de algo que não és tu, de tudo aquilo que é igual a todas aquelas que apenas se preocupam com o que o os outros pensam e não se preocupam em ser como são e viver como sonham. Tempos passados, sonhos despedaçados, vidas vividas que acabaram esquecidas, tudo foi um momento bom, tudo acabou por se esbater pela tua vontade de ser igual a todo o resto, igual a todas as personagens que se entregam ao papel de actriz principal. Os sentimentos, nunca esqueças pelo menos os sentimentos, agarra-te a eles mesmo que a tua vontade seja aprisiona-los e camufla-los entre penteados chamativos e roupas cativantes, nunca te esqueç…

Palavras de um amor...

Imagem
Soltas-te o cabelo e eu balancei sobre os teus caracóis, correste e o teu perfume ficou em mim, em cada pedaço da minha pele, em cada peça de roupa que vestia naquele dia. O campo estava perante os meus olhos e a tua imagem prendia o meu olhar, aquele simples olhar que transmite tudo, cada frustração, cada palavra de amor, cada sentimento rasgado entre o saber que quero e o medo de falhar. Molhaste os pés naquele riacho tão vivo, tão forte como a nosso paixão, baloiçaste-te naquele nosso baloiço feito pelas nossas mãos e que tantos sonhos e projectos tinha sobre ele, abraçaste-te e ambos rimos sobre as flores e o verde de uma primavera que parecia diferente de todas as outras, da primeira primavera que ambos tínhamos um ao outro, despidos de papéis e apenas movidos ao sentimento que nos unia, aquele sentimento que chamava-mos amor. Partiste e assim deixaste em mim o vazio que nada mais preencheu, preferiste abandonar a realidade e entregares-te a uma vida que não foi repleta de vitóri…

Quero-te...

Imagem
Seguraste-me na mão e eu agarrei a tua, caminhamos descalços pela fina areia em direcção ao pôr-do-sol, o teu sorriso envergonhado mostrou-me que tudo aquilo era verdadeiro e ambos encostamo-nos um ao outro. Os teus cabelos batiam-me no rosto pela fraca brisa que se fazia sentir, as tuas mãos estavam quentes e isso aquecia o meu coração. Sorrimos recordando tempos passados, o teu olhar estava brilhante e ali ficamos até a noite cair entre o barulho das ondas e aquela vista maravilhosa. A noite chegou e colocamos aquela manta que tínhamos trazido de casa, ainda te lembras? Ficamos assim a desfrutar de uma noite fresca de Verão e daquelas iguarias que tínhamos feito a pensar num dia que seria só nosso, numa noite especial. Ali ficamos entre um copo de vinho tinto e uma música suave que saia dos nossos corações. O teu sorriso encantava-me e a tua forma doce e ao mesmo tempo tão simples de falar prendia-me a visão e impediam que olhasse noutras direcções a não ser a tua. A areia serviu de…

Nem sempre se sabe o porquê...

Imagem
Agarramo-nos à vida nem sabemos bem porquê, corremos em busca da felicidade e muitas vezes nem sabemos como ela será, sabemos que precisamos de alguém, sabemos que sozinhos jamais conseguimos viver, sabemos que o amor é uma constante na nossa própria vida. Choramos, sorrimos, corremos, caímos, cantamos e até mesmo ficamos calados, tudo é um sonho, tudo tem uma vez de existir, um tempo certo, uma página escrita, uma folha rasgada. Vivemos de incertezas e é isso que dá alguma adrenalina na nossa vida, entramos numa montanha russa sempre que nos levantamos da cama, entramos no jogo da vida, uma selava, com coisas boas e perigos constantes ao virar da esquina. Destino, algo nosso ou apenas exterior a nós? Algo que construímos ou que uma força superior constrói por nós? Penso que está nas mãos de cada um construir a sua própria vida, traçar os seus próprios caminhos, escrever a sua história, viver os seus romances mas acima disso está nas mãos de cada um amar e ser amado viver o sentimento…

Inocência...

Imagem
Inocência, assim é o amor, inocente e ao mesmo tempo traiçoeiro, um porto de abrigo ou uma casa em risco de desmoronar, uma verdade ou uma pura encenação, uma alegria ou uma frustração. Amor, palavra simples de falar mas difícil de encontrar a sua explicação, a sua verdadeira essência, a sua verdadeira verdade. Amor sente-se, amor escreve-se, amor canta-se, amor chora-se, amor ri-se, torna-se um misto de tudo aquilo que conhecemos, capaz de nos despertar uma serie de sentimentos, capaz de nos fazer sonhar, capaz de nos tirar o sono, capaz de nos fazer lutar. Virar as costas e partir, deixar o amor esquecido é acabar por nos matar, acabar por dar termo à nossa própria vida e esquecermos a felicidade num lugar que nem nos lembramos mais. Ontem pode ter sido doloroso, amanhã pode até ser o que mais feliz nos aconteceu na vida, é algo irregular, algo que se vive hoje e que amanhã pode já não ser vivido, algo que hoje é tão real e que amanhã pode ter sido mais uma história bonita entre tan…

Fiquei para sempre à espera de ti...

Imagem
Não foi difícil deixar-te partir porque lá no fundo sabia que nunca foste minha, não foi fácil fechar os olhos mas virei assim as costas e contei até dez para que desaparecesses no horizonte, no meio da neblina daquele dia que jamais irei esquecer. Vi-te assim partir de malas e bagagens e com o coração vazio, disponível para ser ocupado de enganos ou até mesmo de amores que possas encontrar na tua caminhada que acredito que seja longa. Eu continuei a caminhar porque jamais me esqueço dos meus sonhos e das fantasias que ainda consigo criar por mais que a vida me mostre que a realidade é bem mais dura, bem menos colorida. Os pés sentiam o frio da areia daquela praia que um dia foi nossa, as ondas batiam com força e aquela maresia que acabava por se assemelhar a pequenas gotas de água batiam no meu rosto e faziam com que as minhas lágrimas custassem menos a cair, a força não era muita mas a vontade de continuar em frente era ainda maior que qualquer lamentação, que qualquer dor, maior qu…

Não percas o brilho...

Imagem
Forma estranha de amar, cabelos compridos e um sorriso tapado por o cabelo e pela vontade constante de falhar. Sorri e pensa que o sorriso encanta o rapaz mas esquece-se o que o importante não é apenas o sorriso mas sim o resto, aquilo que vem de dentro, aquilo que é uma verdade e que surge do coração de uma forma espontânea e ao mesmo tempo tão arrebatadora. Se calhar não lhe souberam ensinar o que era o amor, ou então quando era pequena não lhe encheram de sonhos com histórias contadas antes de dormir, ou até mesmo na última das hipóteses decidiu ser mais uma entre tantas outras, igual, com a mesma forma de vestir, a mesma forma de agir, a mesma forma de falar, a mesma forma de se mascarar. Falha ou então erro? Não sei responder apenas o tempo o dirá, apenas o tempo mostrará que os caminhos nem sempre são certos e aparecem muitas vezes trocados. O olhar pode dizer tudo mas também pode dizer nada, o pegar na mão pode ser um aquecer do coração ou o resfriar de um sentimento, um curtir…

Cegueira...

Imagem
Cegueira, um mal, uma realidade, um véu, uma despedida. Incompetência, uma desilusão, um passado, uma mágoa, uma angústia. Esquecimento, um bloqueio, um fugir, um perder, um nunca ter. Amar, um lutar, um sonhar, um querer, um projectar. Viver, um sentir, um nascer, um correr, um agarrar. Falhar, um repetir, um cair, um levantar, um voltar a sonhar. Aprender, um querer, um amanhecer, um nunca desistir. Assim é, vivemos paradoxos, situações que nem nós sabemos como agir, vidas que nós nem sabemos como viver, historias que nem sabemos como irão acabar. Respiramos incertezas e é com elas que vamos vivendo, cada dia, dando cada passo e esperando que nunca caiamos em erros que são impossíveis de corrigir. O amor, uma arma ao mesmo tempo tão forte mas que nos deixa desprovidos, desprotegidos, nus de mascaras e colocados expostos ao mundo, á pessoa que se ama e ao sentimento que essa mesma pessoa nutre por nós. Somos fracos, somos fortes, somos pessoas mas acima disso somos sentimentos e é isso que…

Dias desfocados pelo tempo...

Imagem
Agarrei-me a um passado e ali fiquei, encostado àquela parede que uma vez foi branca, olhei as fotos que estavam coladas na parede, tudo estava diferente, a humidade descolava aquelas que uma vez foram coloridas, o sol já nem entrava pela janela e o cheiro já não era o mesmo. Desci as escadas de madeira que apenas rangiam pela idade e pelo passar do tempo, as flores estavam caídas no chão e a minha roupa já não era aquela que eu conhecia. Arrastei-me até a cozinha e onde antes havia alegria agora apenas existe pó e recordações que o meu coração não aguenta sentir, corri, abri a porta e passado todo aquele tempo vi de novo o sol, os meus olhos arderam, as minhas mãos sentiram calor e a minha roupa conseguiu secar toda a humidade de uma prisão em que toda aquela casa se transformou. Vi uma criança lá ao fundo num parque que nem sabia que existia, vi o sorriso dos pais, vi a alegria daquele momento e isso fez-me rir passado todo este tempo, pensei em partir mas aquela casa prendia-me e a…

Sentir para além das palavras...

Imagem
Costumamos assistir a histórias que não são as nossas, a viver vendo outras pessoas, outros sentimentos, outras formas de estar na vida, outros amores mas acima disso assistimos a uma multiplicidade de pessoas que por vezes não pensam da mesma forma que nós. Assim somos todos diferentes, temos a nossa forma de ver o mundo e felizmente distinguimo-nos por aquilo que se consideram verdades e pelos caminhos que percorremos para chegarmos aos nossos próprios sonhos, aos nossos próprios projectos. Por atalhos apenas segue quem não tem a força para andar mais, por atalhos seguem aqueles que não têm a força suficiente para carregar os seus próprios sonhos e acomodam-se aquilo que parece mais fácil, que está á mão de qualquer um de nós. O importante é apenas guardar aquilo que se quer porque o resto acaba por ser mais um episódio da tua vida, mais uma etapa que acaba por passar, uma porta que se acaba por trancar, uma janela que permanece fechada, onde todos os sentimentos, cheiros, sonhos e …

Arrastado pela presença que acaba por ser uma ausência…

Imagem
Sabes o que é querer ter forças e já não as conseguir recuperar? Querer avançar e afinal o tempo mostra-te que o melhor é recuar? Querer ficar mas aparecer a desilusão? Querer abraçar mas a distancia ser cada vez maior? Querer falar mas aparecer o silêncio? Querer amar mas apenas surge o medo e a incerteza? É assim uma vida de misturas entre coisas boas, coisas más, coisas que nos fazem sorrir mas outras pelo contrário que levam-nos à dor, ao choro descontrolado nas noites em que nos encostamos na almofada antes de dormir. É fugir? Ou apenas é ficar? Abre-se a porta? Ou então fecha-se a janela, aquela janela que nos dá sempre uma réstia de esperança, sempre uma vontade de nunca desistir. Os pés apenas pedem para pisar um chão firme, não gosto de viver de incertezas e certamente saberei que a vida tem de ser baseada mais em sentimentos e não em racionalismos que acabam por nos levar por caminhos errados, por destinos mal traçados. Não quero mais esperar por aquilo que na realidade sei …

Pode ser tarde...

Imagem
Somos bem mais que a soma das partes, somos o respirar, o andar, o amor mas acima disso o viver. Não consigo correr mais, tu foges e eu prefiro viver uma realidade do que uma ficção que apenas fica guardada em sonhos e em vontades. O meu corpo estremece e as minhas mãos procuram as tuas, procuram-se encostar a ti, fazer-te uma festa na cara, mostrar que afinal sempre podes te encostar a mim, porque saberei cuidar de ti muito melhor do que quem já o tentou fazer. Não sei o que pensar, não sei mesmo o que pensar de tudo isto mas certamente a claridade dos dias vão me mostrando cada vez mais que o caminho pode ser o errado mas eu quero viver esse mesmo erro e sou bem capaz de fazer do erro, que agora parece tão real, uma história verdadeira, algo que merece estar junto mas que a vida parece querer afastar. Por mais que o tempo passe há coisas que acabam por ficar sempre presentes, por mais que tentes lutar, a vida mostra-te sempre que os caminhos nem sempre são os mais correctos, por mai…

Sou a maior verdade que alguma vez vais conhecer

Imagem
Há momentos na vida em que a força falta, em que desistir se torna uma palavra de ordem, por mais que nos custe, por mais que queiramos ficar, por mais que o amor ainda exista. Partir, deixar tudo para trás, querer pegar mas a separação ser cada vez maior, querer falar e apenas viver assim um monólogo ou até mesmo um discurso de palavras caladas e de silêncios que acabam por ferir o coração que apenas queria amar. Tudo não passa de destinos cruzados, de caminhos separados, de pessoas diferentes mas acima disso de formas de sentir completamente distintas, completamente contraditórias. Não me arrependo e orgulho-me de conseguir pegar e escrever pelo coração que apenas é meu e não pela cabeça daqueles que podem sentir de maneira bem diferente da minha. Sei que tenho ainda muito que caminhar, sei que tenho muito para viver mas as mãos dadas para mim têm um outro significado, os olhares cruzados acabam por revelar bem mais do que o que se vê à primeira vista. O amor acaba assim por ser um …

Desilusão...

Imagem
Se podias ser tudo passaste a ser nada, se eras verdade passaste a ser a maior mentira, se eras diferente passaste a ser igual a tudo, se acreditava na tua diferença hoje vejo-te igual ao resto do mundo. Há quem escolha o cominho fácil e eu orgulho-me de saber que não vou por esses mesmos caminhos e que prefiro demorar e chegar ao sítio do que fazer atalhos e acabar por ser mais um em tantos outros que andam por aí. Passado é aquilo onde ficam quem acaba por escolher esses mesmos caminhos, sem perspectivas, sem felicidades, sem vontades. Sonho e mais vale sonhar e lutar por isso do que acabar na homogeneidade das pessoas que vamos conhecendo...

Tudo é para quem nunca esqueço...

Imagem
Querer agarrar e ficar, querer pegar e apenas ali ficar, tudo é um sonho ou então até mesmo uma utopia que me mantém vivo, uma droga, um vicio que me corre por entre as finas veias e faz do meu corpo um corpo vivo que sente, que chora e que sorri sempre. O sorriso, um bem precioso, um bem escasso, algo que nos enche de alegria e acaba por tornar os nossos dias bem mais claros, bem mais coloridos. Tudo é um sonho e temos de ter a força para o conseguir alcançar, se és balão acabo por ser o teu cordel, se és livre, livre também o serei, se és amor eu sou a paixão e se és vida e viverei contigo. Não me canso de correr por mais longe que se encontre o castelo onde te aprisionas, não me importo de cair pois sei que a minha forma me colocam de novo em pé, não me importo de errar porque enquanto houver amor sei dar por esse mesmo erro, um dia chegarei lá e sei que nesse dia conseguirei mostrar bem mais do que aquilo que os teus olhos vêem. O olhar, verdadeiro, e ao mesmo tempo tão irreal, o …

Saberás atravessar o importante é saber arriscar...

Imagem
Estava perdido, nem sabia muito bem onde ficava aquele local mas a minha vontade era partir, não gostava do cheiro, da pessoas e acima disso não gostava de sentir lá, não gostava de lá descansar e não conseguia sentir aquilo que sinto onde agora estou. Parti, consegui largar as amarras e pular o precipício, saltei alto sempre com o receio que poderia cair naquele foço que cada dia se tornava maior, se tornava bem mais perigoso. Corri e assim saltei com todas as minhas forças e a réstia de esperança que voltaria a pisar chão firme mas no outro lado da margem, no outro lado da vida. Pensei que tudo seria diferente e pela primeira vez aprendi a sonhar, senti que queria ser feliz e pela primeira vês aprendi a lutar, corri, saltei e finalmente consegui, peguei nas roupas que já tinha atirado e comecei a traçar o meu caminho, agora um caminho apenas feito por mim e só por mim, com aquilo que acredito, com aquilo que sei que vale a pena mas especial e unicamente guiado por sentimentos. Muito…

Sonhar, será que ainda dá para sonhar?

Imagem
Tudo são apenas simples palavras, palavras deitadas ao vento e pequenas frases ditadas pelo coração, tudo são letras, histórias e até mesmo pequenos pedaços de uma vida, de um início ou então de um despertar para a vida. São assim sentimentos, sorrisos, abraços e até mesmo aquilo que se esconde, assim lutamos e acabamos por vencer, sonhamos e logo aprendemos a correr por aquilo que verdadeiramente queremos. Queres ser aquilo, queres ser mais, queres ser feliz e logo acaba-se por aprender a viver e a construir o nosso próprio caminho, com as nossas próprias pisadas, com as nossas próprias decisões, com os nossos próprios erros. Erramos e depois? O errar apenas aparece para nos fazer crescer, para nos mostrar que as decisões nem sempre são as certas, que os caminhos nem sempre são os mais verdadeiros mas que no final soubemos ver isso e acabamos por voltar a traçar novas rotas e a nos guiarmos por novas correntes, por novos ventos, por novas marés. Tudo é um sonho, tudo tem de ser vivid…

Lutar significa vencer...

Imagem
Se lutar significa vencer, então lutarei porque mais vale lutar e perder do que apenas não lutar e nunca se saber se algo era nosso. Hoje sei o que quero, hoje vivo por aquilo que acredito, piso o chão que nem sempre pisei, sorrio como nunca sorri mas acima disso aprendi a amar de outra forma, de outra perspectiva, não com a cabeça mas sim com o coração. Quero mais saber do que me preenche a alma do que saber do que apenas me ilude por breves instantes e que no final acaba por ser mais uma luz artificial e que termina por se apagar mais cedo ou mais tarde. Sou assim e quero continuar a o ser pois apenas me arrependo do que não faço porque aquilo que fiz, mesmo sendo um erro, ensinou-me algo, acabou por me fazer crescer…

Nem tudo é igual e muito menos nem tudo é sentido da mesma forma...

Imagem
Fujo daquilo que mais me perseguia, virei as costas e finalmente consegui fechar a porta, aquela porta que prendeu dentro de um quarto fantasmas de um passado, sons, cheiros e até mesmo sentimentos que me fizeram crescer mas que acabavam por me prender o futuro. Hoje sai de casa, deixei aquela porta bem fechada, sai descalço sobre a calçada daquele cantinho à beira mar, percorri as ruas, voltei a abrir os pulmões e senti assim novos cheiros, novas pessoas, novas amizades e assim um grande amor, aquele amor que até aqui desconhecia. Os meus pés estavam cansados mas a vontade de andar e de deixar aquele sítio para trás era bem maior, assim andei e sentei-me naquela rocha onde acabei por escrever o teu nome, onde acabei por contar os meus sonhos e por fim onde escrevi tudo o que seria a minha nova vida, coloquei numa garrafa de vidro ali abandonada e deitei ao mar, aquele mar simples, sereno, conselheiro e ao mesmo tempo um ombro onde recorro quando a minha vida mostra-se mais agitada. A…

Sentir e não mentir, amar e querer ficar...

Imagem
Hoje foi um novo começo, mais uma página virada, mais uma história acabada e agora apenas me resta andar na direcção do vento, acreditando nos sonhos que tenho e sabendo lutar por aquilo que verdadeiramente quero. Os meus pés deixaram de estar gelados e a minha vontade de correr e de fazer aquilo que já foi adiado há muito tempo é cada vez maior, cada vez tem mais força e sei que certamente não irei deixar a felicidade escorrer-me entre os dedos e acabar por cair em terra sem dar fruto e apenas contribuir para a areia se tornar cada vez mais árida e seca. O meu quarto agora tem luz, agora o sol pode entranhar entre as finas cortinas e banhar o meu rosto de calor e o meu coração pode agora se encher de outras cores, de outros sabores, de outros sonhos, onde havia a escuridão de uma casa que de nada me fazia feliz, agora existe aquilo que eu chamo de lar, onde tudo era um fio ou até mesmo uma corda bamba agora apenas é um porto de abrigo, uma verdade, uma realidade, uma segurança. A min…

Que sina, ai que amor...

Imagem
Peguei num rascunho que se encontrava ao fundo de uma gaveta, desembrulhei aquele papel meio amarelado pelo tempo e comecei a ler o que lá estava escrito. Os meus olhos não contiveram o sentimento lá transcrito, senti cada linha, cada cheiro, cada frustração e até mesmo cada anseio, aquele anseio que me tapava a vida e me impedia de ser feliz. Fez-me bem pegar naquela pequena folha, fez-me ver que o tempo avançou, que as pessoas passaram, que os sentimentos sofreram uma mutação mas acima de tudo que tomei a melhor opção quando deixei uma vida passada e comecei a viver uma vida que tanto me tem feito bem. Rasguei o papel, rasguei tudo aquilo que não queria mais recordar, a viajem naquele instante parou, voltei para aquilo que hoje conheço, que hoje tanto amo, que me faz sonhar e consequentemente me faz tornar mais vivo e capaz de derrubar murros e barreiras para aquilo que quero. Sentei-me no chão e decidi que era naquela hora que tudo deveria ser apagado, juntei recordações materiais,…

Sentir em vez de pensar...

Imagem
Quando amamos não olhamos para trás, apenas suspiramos o ar que nos matem vivos, apenas apertamos as mãos, abraçamos, beijamos, amamos, ouno fim de contas tudo se reduz a apenas sentir, esquecendo o resto, colocando tudo de parte e vivendo só de um amor capaz de nos saciar a fome e de nos matar o desejo. Amar vai muito para além de um sentimento de posse, de uma obrigação, de uma troca de favores e muito menos de uma ausência de sentimento, quando assim o é então não é amor mas sim uma confusão que nós próprios fazemos e que acaba por nos prender a vida e a vontade de sermos verdadeiramente felizes. Corremos assim em direcção aquilo que queremos, aquilo que merecemos, aquilo que nos desperta um brilho no olhar, um aperto no coração e um formigueiro no estômago, amar é apenas sentir, sem repressões, sem prisões, sem preocupações. Amar significa uma liberdade, uma leve brisa fraca que te atravessa o corpo e te atinge o coração, um simples sopro de vento que é capaz de libertar o teu cor…

Saberás ler para além das já ditas palavras?

Imagem
O meu coração apenas não é meu, o meu coração encontra-se em ti, separado do meu corpo e depositado sobre as tuas mãos tão frágeis e ao mesmo tempo tão únicas. Os meus olhos apenas existem para ver os teus e isso faz-me feliz, as minhas mãos procuram apenas as tuas e o meu sentimento apenas me arrasta para ti, não sei explicar e muito menos não sei ao certo o que tudo isto será mas assim vou vivendo entre uma alma com vontade de abraçar e um corpo com vontade de sorrir sempre que te aproximas e que pintas de cor toda a minha vida e que enches de alegria todos os meus dias. Não sei se te amo ou até mesmo se te odeio, não sei se te quero ver ou se apenas tenho vontade de fugir para não cruzar o meu olhar com o teu, esse olhar que me deixa assim, preso, estático mas ao mesmo tempo livre e feliz. Tudo não passa deste misto de sentimentos, desta montanha russa de paixões e ao mesmo tempo frustrações, do medo de saltar e da vontade enorme de arriscar, do anseio de te ter e do medo de te per…