Mensagens

A mostrar mensagens de Fevereiro, 2016

"Quero amar-te o corpo!"

Imagem
Vem pertencer-me… Agora! Neste momento! Quero amar-te o corpo, desejar-te a pele, Enquanto te beijo, enquanto te amo, Numa cama. No chão. Quero sentir a tesão do orgasmo, A vontade de pedir por mais, No meio dos “ais”, no meio do prazer, Em que se quer… uma foda capaz de nos saciar. Vem agora! Nesta hora em que o corpo grita de fome, Em que a vida vive no limite, No pulsar da vontade, no agarrar de verdade, Marcando o corpo em arranhões, Em chupões – tão profundos. Depois disso, que se lixe o Mundo, Nós queremos é viver aquele momento, As horas em que nos matamos, Em que nos damos, Ao sexo, ao amor, Ou seja o que for… Desde que seja saciada a nossa vontade.



"Destino..."

Imagem
Sei que foi o destino, que foi nesse caminho que nos cruzamos os dois, No dia em que nos demos, em que entregámos o coração, Sem medo de falharmos, sem receio de errarmos - foi nesse instante que soube o que era amar. Em cada palavra descobri o que era sentir, nos abraços apertados e... Naquelas despedidas que pareciam durar uma eternidade. Nós já fomos saudade, uma saudade maior que tudo, maior que o Mundo, Aquela que nos fez lutar, ficar ancorados a um mesmo caminho, A um sonho que parecia tão pequeno e que... cresceu em tudo aquilo que somos. E batalhamos, lutamos que nem uns loucos, para guardarmos aqueles segundos tão poucos, Para esgotarmos toda a falta de tínhamos um do outro. E eu sei, eu sei que por mais que vivamos, tudo será tão rápido, Tudo será tão repentino - para que possamos dar e viver o que habita no nosso coração. Sei que foi o destino... Ou então algo que nos agarrou, que nos juntou e nos cruzou, Para nos fazer esquecer o passado, curar as feridas de tantos caminhos errados, E tu…

"Existem dias em que parece que a dor é maior..."

Imagem
Existem dias em que parece que a dor é maior, Que a saudade nos rasga o peito e apodera-se do nosso coração. As lágrimas escorrem sem razão, e acabamos envoltos na solidão de um quarto. Parece que tudo se esgota, que as palavras parecem poucas, E o destino teima em esquecer-se de tudo aquilo que sonhamos. Existem dias que mudam o rumo de tudo, que alteram o Mundo, E que nos fazem acreditar naquilo que antes nem sequer víamos.  São nesses instantes que sentimos que somos menores que os nossos medos, Que caímos nos nossos próprios segredos, esperando que alguém nos venha levantar. Existem momentos que nos revelam o que é amar, amar para além da dor, Daquela que não é nem nunca será amor, e muito menos um futuro. É nessa altura que temos de saber partir, porque desistir não nos faz cair na fraqueza, Na tristeza de abandonarmos uma história - que nem momentos bons tinha para contar. Por isso... Não passem ao lado da vida sem ser para amar, e amem quem cuida de cada pedacinho de vós, De quem luta ao voss…

"Despe-te..."

Imagem
Despe-te e seduz-me...
Faz-me pedir pelo teu corpo, amar-te que nem um louco.
Faz-me ser teu... por inteiro.
Beija-me enquanto eu te seguro contra o meu peito,
Enquanto os nossos desejos pedem mais,
Enquanto somos "animais" e nos amamos: como selvagens. 
Despe-te...
Deixa-me admirar-te sem roupa, tocar-te a pele,
Enquanto nos fundimos, enquanto nos vimos,
Os dois. Em sorrisos cúmplices,
Em lençóis desfeitos.
Somos tão imperfeitos, mas no sexo alcançamos a perfeição,
A tesão que não se esgota, 
Aquela pequena vitória... de prolongarmos o orgasmo.
E é assim, assim que nos entendemos,
Assim que nos resolvemos.
Numa cama usada,
Numa confissão ousada,
Que pede para que nos amemos... só mais uma vez.



"És tudo... meu amor"

Imagem
Conto as horas de um tempo que parece ser tão pouco, de uma vida inteira, Em que o desejo é maior do que qualquer barreira, em que a verdade... Pede um pouco mais de tudo, pede por nós os dois. A vida é isto mesmo, os beijos que damos e as promessas de ficarmos, Abraçados durante uma infinidade de minutos, durante eternidade do nosso respirar, Do batimento do nosso coração - que grita a paixão que se expressa no olhar. A intensidade de tudo o que somos vive nos pequenos momentos, Nas histórias que guardamos em nós, que perduram na imaginação, Nos sonhos que fomos realizando, no cuidado que fomos tendo, Para o que sentimento sempre se alimentasse de sorrisos. De verdades. Somos quem somos, quando temos quem temos. E disso eu não duvido, quando te segredo ao ouvido que a paixão vive dentro do nosso peito, No olhar que se incendeia de desejo, nas noites frias deste inverno, Que se aquece entre mordidas e apertões. A verdade é que nem sempre vivemos de ilusões, que podemos ser maiores que o próprio son…

"Amo-te tanto..."

Imagem
Existem dias em que me deito sobre esta cama... e procuro por ti, No silêncio deste quarto, destas quatro paredes que parecem tão vazias. O vazio destes dias é tão maior do que eu, maior do que este meu peito, Que pede por um beijo, por um abraço apertado, Capaz de romper com esta saudade que sinto. Não te minto... quando digo que não suporto um dia sem sentir a tua pele, Sem juntar o teu rosto contra o meu peito, enquanto nos amamos em silêncio, Enquanto nos perdemos na respiração que nos mantêm vivos. Amo-te tanto... Tanto que não suporto a tua ausência, enquanto o teu cheiro perdura na minha roupa, E entranha-se no meu corpo, pelos poros que te conhecem tão bem,  Que se alimentam de todos os nossos momentos de prazer, De toda a cumplicidade que criamos na verdade daquilo que somos. Existem estes dias para me provarem que o nosso amor é tão grande, Tão mais intenso do que a chama que arde neste nosso olhar, Nesta nossa forma de amar, e de ver no amor... A única forma de, verdadeiramente, sermos fel…

"Partimos a cama!"

Imagem
Deixa tudo lá fora... hoje quero amar-te o corpo, Quero ser louco, quero enlouquecer na tesão de te agarrar junto a mim. Quero romper tudo, rasgar-te a roupa, morder-te o pescoço, Enquanto tu gemes e pedes por mais, Enquanto eu mato os meus "ais" e te penetro contra a parede. Que se lixem as boas maneiras! Existem dias em que só queremos alimentar a carne, Em que procuro por ti, em que te lambo, em que te vejo com esse olhar safado, Enquanto eu te agarro em todo o lado, enquanto tu te despes para mim. Quero dar-te das melhores fodas da tua vida! Daquelas em que gritas e eu abafo a tua voz, Em beijos molhados, em linguados, Em olhares trocados - capazes de dizer ao Mundo que é naquele dia que... "Partimos a cama". Quero que os lençóis fiquem suados, que fiquemos derreados,  Os dois. Só os dois. São nessas horas de sexo que vemos que é assim que nos entendemos, Enquanto nos "comemos", enquanto nos perdemos... nos orgasmos, Nos lábios mordidos e doridos (com tanto prazer). E d…

"Só nós dois"

Imagem
Por mais voltas que este Mundo der... é a ti que eu pertenço,
Aos abraços em que nos abraçamos, às promessas em que nos perdemos,
No sonho de sermos maiores que o amor, de sermos um só coração.
Por mais que tudo acabe... é a teu lado que quero acabar os meus dias,
Na certeza de que enfrentamos o medo, de que fomos mais fortes que a saudade,
Que sempre fomos verdade, aquela em que nos deitamos e fizemos amor.
Por mais que tudo um dia seja escuro... sei que teremos sempre a nossa luz,
A memória que nos faz lutar, a certeza de que queremos ficar,
Para lá das horas tardias em que nos deitamos numa mesma cama,
Em que nos encontramos nas frases feitas, sussurradas ao ouvido,
Despidas de pudor.
Por mais voltas que este Mundo der... sabemos sempre onde ficar,
Naquele porto-de-abrigo em que decidimos atracar,
O sentimento que nos corre nas veias, a chama que nos incendeia,
Na paixão dos corpos, na vontade de beijar e marcar nos lábios,
Hoje e sempre,
Eternamente...
Só nós dois.




"Eu quero ser teu!"

Imagem
Entra devagar e deita-te a meu lado, encosta a tua cabeça ao meu peito, E sente este meu coração que bate por ti, este coração que sempre foi teu. Abraça-te nos meus braços, aninha-te no meu corpo e aquece-te na minha pele.  Eu quero ser teu!  Sentir que te pertenço, que tu me procuras para além das horas tardias, Das noites em que vivemos fantasias, em que nos despimos de pudor e nos amamos sem medo de errar. Entra devagar... beija-me os lábios e quer-me por inteiro, No escuro que nos envolve em mistério, que nos faz procurar um pelo outro, Nos lençóis que se gastam, nas roupas que se espalham pelo chão, nos actos de tesão, Daqueles em que nos damos, em que nos arranhamos, em que nos apertamos. Naqueles momentos de loucura em que somos... a verdade. Entra... Entra e fica em mim, fica nesta minha vida, nesta história que partilho contigo, No perigo que somos, na cama em que nos devoramos, Sem pensarmos no depois. Sendo, somente, amor.

"Conto as horas para te ter..."

Imagem
Conto as horas para te ter. Num tempo em que o tempo não passa,  Em que as horas parecem não chegar, em que a saudade abraça, Em que a vontade não passa. Em que somos... a distância. Conto o tempo para ser teu... Para dar-te um futuro que te faça feliz, Para apagar as feridas passadas, para ser mais do que dor. (Ser um pedaço de tudo aquilo que te faz sorrir.) Conto os dias para te abraçar... Para largar o medo, para ser teu em segredo, Numa cama desfeita pela vontade, pela ansiedade de ser maior, Maior que tudo aquilo que nos faz prender, Que nos faz esperar... por um destino que é tão nosso. Conto as horas para me perder no teu abraço, Para sermos, apenas, um coração, A paixão de dois corpos. A certeza de dois olhares. A eternidade de um grande amor.

"Esperei tanto por ti..."

Imagem
Esperei tanto por ti... tanto num tempo que parecia esquecer-se de mim,
Do sentimento que vivia no meu peito, deste meu coração que sempre foi teu.
Esperava-te nas noites em que a saudade era maior que o medo,
Em que pedia os teus lábios (em segredo), em que procurava por um sinal de ti.
Esperei tanto pelo teu abraço, por um presente que me fizesse esquecer o passado,
Apagar as feridas que ficaram, livrar-me dos fantasmas que permaneciam.
Foram tantas as horas em que pedia que chegasses, que me agarrasses,
Que me mostrasses que um homem também pode ser feliz ao lado de quem ama.
Esperei tanto pelo dia... por um simples sinal, por um querer maior que o normal,
Capaz de romper a distância, capaz de me fazer acreditar (de novo) no amor.
E tu chegaste, naquela hora em que as horas tão pouco passavam,
Em que revirava o destino, em que escrevia o meu caminho,
Sempre a certeza de que tu existias - para além dos meus próprios sonhos.
E eu amava-te, amava-te mesmo antes de te ter, mesmo antes de te sentir,

"Parte um do outro..."

Imagem
Por mais voltas que o destino der...
Iremos sempre ser parte um do outro, 
Parte de um mesmo caminho, de um mesmo amor,
De uma mesma vontade.
Seremos um só sonho, um só beijo,
Naquele em que tu te dás, em que eu me dou,
Em que tocamos o céu... e somos uma só caminho.
E tive tanta sorte, sorte em chocar contra ti,
Fazer da nossa solidão um fim,
E agarrarmos a vontade de irmos mais além.
Tudo o que é meu... será sempre teu...
Teu por inteiro, sem qualquer medo de errar,
E eu sei se falhar... terei sempre a tua mão.
O amor é tudo isto, isto em que somos, apenas, nós,
Em que nos procuramos nas horas sós,
E nos sorrisos... em que nos perdemos.
Por mais voltas que o destino der... é aqui que somos felizes,
Na simplicidade de amar sem tempo,
De darmos tudo num momento,
Num desejo que temos.
De sermos imortais... neste nosso amor.