Mensagens

A mostrar mensagens de Fevereiro, 2011

Um balão ao vento...

Imagem
Uma folha rasgada voou pelo ar, um sentimento, um sonho, uma sina voou com ela também, o menino com as lágrimas nos olhos despediu-se dela como se de um balão se tratasse dado em dia de festa por aqueles que lhe querem bem. Assim foi mais uma história que parece terminar, mas o problema de todas as histórias é que nunca desaparecem, que perduram no tempo e que parecem ficar agarradas ao nosso coração como se de ele fizessem parte. As coisas, os lugares, as pessoas não se esquecem e quando são especiais ainda perduram por muito mais tempo atravessando esta vida simples e mortal e agarrando-se a nossa alma para toda a eternidade. Já disse que não esqueço, apenas não o demonstro ou até mesmo o tento negar, mas na realidade as coisas ficam aqui, eu sinto-as, elas magoam, fazem-me sorrir mas na verdade ali estão ancoradas em mim como navios atracados em dias de mar revolto. Quem me dera que a minha folha de papel voasse, quem me dera que tudo se limpasse e que pudesse escrever de novo, com…

Fantoches ou pessoas reais?...

Imagem
Nada melhor que sermos nós, nada melhor que colocarmos algo nosso, apenas sentido por nós e não por outras pessoas que escreveram certamente a pensar diferente do que pensamos. Existem por aí milhares de frases, milhares de sentimentos inculcados nessas mesmas frases, uns verdadeiros e outros apenas fingidos e escritos com o intuito de vender e continuar constantemente a lucrar com essas mesmas farsas. Por isso escrevo por mim, porque melhor do que ninguém sei o que sinto, o que penso e o que sai do meu coração em formato de letras e textos que para mim não me são indiferentes. Acredito que é bonito colocar frases que parecem chamar a atenção de todas as outras pessoas, mas onde está aquele pedacinho de nós? Onde está o nosso sentimento lá? Apenas está ali um espelho daquilo que sentimos, mas não passa disso, de um espelho, que reflecte, que imita mas que não somos nós, não é o nosso coração a falar mas sim uma cena que se adapta a uma parte da nossa vida e apenas isso. Posso escrever…

Quando está bem feito não se mexe nem se altera...

Imagem
Comecei a ver que nem sempre algo é o que parece, comecei a querer mais um pouco, apenas mais um pouco daquilo que tenho. Não me poupo em palavras quando quero defender aquilo que quero, aquilo que sou. Apenas sou um ser humano, com os meus defeitos e as minhas virtudes, com os meus dias piores e os meus dias melhores. Às vezes é no meio do silêncio que descubro as palavras por dizer e noutras vezes só a musica e a recordação fazem a caneta deslizar por um papel e de um rascunho formar uma história e dessa história transparecer sentimentos que jamais conseguirei prender. Hoje estou assim, quero apenas ser eu, não quero pensar em nada, em ninguém e muito menos voltar a viver um passado que lá atrás ficou. Sou uma pessoa que apenas vive uma vez algo e que nunca irei viver a segunda, acredito que a vida dá e tira, que as coisas se vivem ou não se vivem, se lutam ou se abandonam e quando se vira as costas já não se olha para trás, apenas se segue para a frente levando a recordação e a liç…

Quantas vezes nos sentimos incompletos?...

Imagem
Quantas vezes nos sentimos incompletos? Quantas vezes sonhamos com algo e ao mesmo tempo esse algo parece inalcançável? Somos assim e penso que nunca iremos mudar, queremos isto, aquilo, e até mesmo o mundo. Perdemos tempo, perdemos vontades mas acima disso oportunidades e há algumas que jamais voltam. Há um tarde sim, não me digam que vamos sempre a tempo de recuperar algo que não foi nosso porque isso não é verdade, o tempo passa, os sentimentos mudam e as pessoas acabam por moldar e alterar a sua forma de ver e estar na vida. Acredito que já me preocupei mais com o tempo, que já me preocupei mais com o amanhã e que o sentimento de impotência relativamente ao comando da minha vida já foi maior. Agora é assim, luto por o que quero, vivo, construo e vou esperando por o que a vida me dá, por cada instante de felicidade, de diversão e de sentimentos mais difusos. Sempre me foi dito que o que é nosso fica aqui de uma forma ou outra mas fica e o que não é apenas surge e desaparece entre o…

Porque por vezes pode ser tarde...

Imagem
A força de uma frustração rasga as folhas ainda escrita de uma linda história de amor, as mãos de uma forma descontrolada e ferida vai se livrando de um livro que acreditava que iria publicar com um final feliz. A sala estava vazia, apenas ele e toda aquela melancolia de um dia de inverno que acabou por ser bem mais gelado do que o normal. Ela saiu, bateu com a porta e apenas deixou um bilhete em cima da mesa, um bilhete que ele levou algum tempo para abrir, pensou em tudo o que poderia ser, uma surpresa, uma carta de amor, um recado, uma lista para ir as compras, mas no fim e lá no fim ainda vinha a ideia de uma despedida cobarde, escrita e não falada, escondida e não olhos nos olhos. Com as mãos geladas começou a abrir aquele papel, simples, desbotado e escrito com uma letra tremida e que mostrava alguma pressa na forma como foi ali pintada. Os seus olhos começaram a correr sobre aquele pedaço de papel, e a frustração começou a ser maior, não conteve o sentimento de culpa e dos seus…

Hoje penso que é mesmo assim a vida...

Imagem
Vida, apenas vivemos esta única vida, este único presente e passado e um futuro que nem sabemos como vai ser. Hoje vivemos assim, com paixões dentro de nós, com frustrações, com sonhos, vitorias, derrotas e uma série de outros sentimentos e episódios que vão completando o nosso ser e moldando a nossa personalidade. Aprendi que cada segundo é precioso, que cada minuto é valioso e que a soma de algumas horas de frustração ou receio de arriscar no final vão originar dias, dias esses perdidos entre choros e nervos ou mesmo entre impasses e medos de falhar. A vida é bem mais complexa do que acreditamos, mas nós também por vezes subjugamo-nos e não vemos que acabam por passar ou nosso lado oportunidades de sermos felizes, oportunidades de nos sentirmos mesmo vivos, mesmo alegres e com vontade de acordar por mais cedo que seja e por mais que o despertador nos enerve. Não percamos tempo, não nos preocupemos com um amanhã que nem sabemos como irá ser, viveremos apenas um hoje, o que se perder …

Será mesmo assim, ou apenas uma ficção errada?...

Imagem
Amar é bem mais complicado do que parece, precisa-se acreditar, precisa-se respirar, viver e correr atrás do que se quer na realidade. É dar e receber é sentir, é olhar, é abraçar. É sentir o calor dos corpos mas o bater dos corações. Assim posso descrever o amor, entre palavras simples e sentimentos complexos, entre verdades inquestionáveis e mentiras absurdas. Tudo vale, tudo conta, e quando se trata em amar buscamos muitas vezes uma força inimaginável, tão imaginável que vai para alem dos nossos sonhos de criança e da nossa enorme vontade de sermos felizes. Acredito e continuo a acreditar sempre, porque esquecer e como nos matar-mos é como matar sonhos, é como nos afogar-mos mesmo antes de chegar ao porto e é deixar-mos que nos matem com uma lança mesmo sabendo que temos escudo de protecção. Por tudo isto e por saber que afinal tudo vale a pena quero apenas viver e com o tempo ver se tudo vale a pena, se é mesmo tudo verdade ou se apenas uma simples ficção que dispenso viver. Será …

Voltar a minha VIDA...

Imagem
Sinto saudades, umas saudades de largar tudo e voltar a correr para aquele sítio que me faz feliz, palco de grandes aventuras, local de grandes recordações e ao mesmo tempo de grandes alegrias. Assim é conto as horas para voltar de novo aquele meu cantinho, onde me sinto mais livre, em que os dias são maiores e as surpresas vão acontecendo ao passar das horas e ao virar de mais uma rua. Saudades de almoços cheios de conversas “parvas” mas ao mesmo tempo bem animadas, saudades daquelas noites bem vividas, saudades de ser eu, de me sentir solto e de poder comandar a minha vida pensando apenas em mim e naquilo que mais quero. Hoje é assim, apenas espero que o tempo passe rápido pois as saudades já começam a apertar, conto as horas, os segundos e até mesmo desejo voltar a viver aquilo que lá ficou por uns dias, umas semanas, mas que me parecem uma eternidade. Espero agora conseguir, seguir aquilo que quero, pensar que a vida são dois dias e que tenho de olhar cada dia como se fosse o últi…

Porque a voz muitas pessoas têm igual mas o sentimento não...

Imagem
Soou entre as folhas já caídas do Outono, soou num sopro húmido de inverno, soou numa bela flor de primavera mas também soou por entre o calor e a adrenalina de um verão quente, assim foi, a tua voz soou mas o que eu ouvi não foi ela mas sim o sentimento que transmitias entre palavras soltas e sorrisos envergonhados. Assim é, podes-me ligar e dizer para reconhecer a tua voz, podes gritar na rua o meu nome, podes cantar uma musica e até mesmo declamar um poema mas o que eu sinto e sei não é o timbre da voz e muito menos a intensidade das palavras mas sim o sentimento delas, mas sim aquilo que esta por detrás do som e que se sente não nos ouvidos mas sim no coração. Quando se quer luta-se, quando se ama cuida-se, quando se deseja sonha-se mas se por outro lado apenas nos colamos às palavras, muitas vezes traiçoeiras, acabamos por viver a um faz de conta, a uma brincadeira de crianças mas acima disso tudo a afastar invés de aproximar. Por isso deixaremos de palavras e apenas focalizemo-n…

Mais vale viver um “verão” com pedacinhos de “inverno” do que apenas um “inverno” que não teima em passar...

Imagem
A chuva bate na janela do meu quarto e o mar parece agitado nesta “minha” praia, o que antes eram ruas cheias de gente, agora apenas são ruas cheias de nada, vazias e molhadas por uma chuva que teima em não passar. Nestes dias apetece ficar em casa, pensar, estar aconchegado no meio dos edredões e ouvir musica que me faça abstrair de tudo o que se passa lá fora. Tenho saudades dos dias de sol, dos passeios pelo campo, pela praia e até mesmo aquelas tardes em que chegamos a casa, tomamos o nosso banho e saímos para mais uma noite quente que promete ser preenchida de sorrisos e boa disposição. Agora apenas resta esperar, agora apenas resta ser invadido por estes pensamentos e esperar que todo este temporal passe para poder de novo sair para a rua. Olhando deste ponto posso comparar estes mesmos dias ao amor, por isso associo o verão aquele amor mais despreocupado, aquele amor que vai para alem das coisas fúteis e banais, normais que se vê a toda a hora. Este é um amor livre onde na base…

Porque nem tudo tem de ser da mesma maneira...

Imagem
Ela sorriu, e ele de uma forma ou de outra prendeu-se ao olhar dela, agarrou-lhe na mão apesar de envergonhado e levou-a para fora dali e mostrou que afinal viver faz sentido e é das melhores coisas da vida. Trocaram palavras tímidas e ao mesmo tempo verdadeiras, ele admitiu que os sentimentos por ela eram verdadeiros e ela por outro lado mostrou que já a algum tempo que não o tirava do pensamento e que este começava a ocupar também um lugar no seu coração. Partiram os dois em direcção aquele ponto que sabiam que o nascer do sol seria mais bonito e ali ficaram encostados um no outro a trocar gestos de cumplicidade e ao mesmo tempo a contar o que gostavam e tudo aquilo que sonhavam. Fizeram promessas, agarraram as mãos e juntos atiraram uma moeda aquele rio, que serviu de pano de fundo para toda aquela historia e que ambos acreditavam que iria dar sorte. O sol nasceu e ambos, apesar do frio da noite e da roupa húmida que assim ficou da chuva que caiu sobre as tábuas de madeira daquele …

Acreditem amar vale a pena sempre...

Imagem
Peguei na minha caneta e sentei-me em frente a uma janela que estava carregada de gotas de água desta chuva que cai sobre esta terra, coloquei uma música e comecei a escrever o que me vai no coração. Não sei se é por estarmos a viver este dia, ou até mesmo por o meu coração pedir mais um pouco de amor, mais um pouco de felicidade. Escrevi de amor, escrevi de uma paixão que já foi vivida e que acabou por ficar num passado que eu não consigo esquecer e que saberei que acompanhará para sempre todas as minhas recordações e os recortes daquilo que um dia foi uma história feliz. Não devemos ter medo de amar, não deveremos ficar sentados à espera que algo nos aconteça, isso significa passar ao lado da vida, esquecer de viver e acima disso esquecer de lutar por uma felicidade que eu penso estar ao alcance de todos nós, basta dar de nós, abrir o nosso coração, não ter medo de chorar mas também não ter vergonha de sorrir para aquela pessoa que nos enche o olhar de luz e provoca aquele brilho tã…

Arrependimento ou apenas uma consciência pesada?...

Imagem
Os dias passam e este fantasma continua a perseguir a vida daquele que um dia errou e arrependeu-se desse mesmo erro. Ele não sabe o que fazer procurou desesperadamente uma solução, solução essa, que teima em não aparecer e as noites deste tornaram-se em voltas constantes na cama e numa vontade de dormir que não é realizada visto que a realidade tornou-se dura demais para ele e para o que acreditava ser uma verdade. Agora não sabe o que fazer, mudar a vida? Ou apenas continuar a viver desta forma? Nem ele encontra resposta para isso mas de momento só quer que tudo passe na sua cabeça e que consiga voltar a viver da forma como vivia. Não sabe de onde o arrependimento veio mas este veio de um sitio e apoderou-se do seu corpo e sobretudo da sua mente, não consegue de momento viver apenas sobreviver e isso deixa-o assim num mar de angustia e com falta de um porto seguro em que se pode abrigar e voltar a se sentir ele próprio. Por agora só pensa em esquecer, em remediar aquilo que ficou ma…

Apenas uma amarga recordação...

Imagem
Não escolhemos por vezes os caminhos certos, corremos riscos e acabamos por errar e voltar a cair no erro. O tempo é tão curto e nem sempre olhamos os caminhos da melhor maneira, não vivemos segundo aquilo que acreditamos e pior do que isso acabamos por nos afastar daquilo que na verdade somos. Há sempre volta a dar, há sempre maneira de se voltar atrás e nesta hora é o mais correcto, é o mais certo e aquilo que estou disposto a fazer, abdicando de tudo o que tem de ficar no passado e voltando a encontrar aquilo que acredito. Sempre preferi arrepender-me do que faço do que daquilo que deixei por fazer mas nesta altura vejo que não é bem assim e que tenho falta de ser mais racional e não me guiar tanto apenas pelo sentir. A minha alma está magoada, o meu coração machucado e o meu pensar pesado. Irei então prosseguir este caminho, após estes erros espero pelo menos não errar tanto e apenas ver o que faz falta e abandonar o que na realidade só me faz feliz por umas horas. Viverei apenas …

Um dias em que fui só eu...

Imagem
Pensei de novo em escrever os sentimentos nesta folha de papel, pensei em escrever para ti, pensei em apenas deixar que a tinta desta minha caneta corresse sobre este papel amachucado de ter vindo no bolso de trás das calças, mas depois aqui fiquei sentado, a olhar o mar e a pensar que nem sempre podemos ter aquilo que queremos, nem sempre conseguimos realizar sonhos. Mas será que tudo isto é sinónimo de desistir? Acredito que não, a vida é uma e não há tempo para desistir e muito menos a vida não permite que percamos tempo invés de viver. Por isso peguei deste papel e apenas escrevi aquilo que me vinha na alma naquele momento, e o que surgiu foi uma enorme vontade de ser feliz, uma vontade tão grande que me fez encher o peito de ar e largar uma breve e contida gargalhada, daquelas que damos em dias muito mais claros e em dias felizes. Assim foi, escrevi o que tinha de ser escrito, e pensei apenas em mim, por uma vez na vida apenas em mim mesmo e no que queria fazer desta minha vida e…

Passar ao lado da vida...

Imagem
Vou sair por esta avenida, cantando o outro lado desta vida, buscar em cada esquina um abraço, um olhar, viver a minha sina e voltar a poder sonhar. Tudo foi um amor sem medida, um amor que encheu o meu coração de uma forma que eu próprio desconhecia, que eu próprio não acreditava ou então algo que acabei por esquecer e acreditar que não existia. A minha alma agora assim está, mas de uma coisa tenho a certeza, jamais é tarde para amar, jamais é tarde para perdermos a esperança num novo amanhã. Agora guardo a recordação daquilo que os meus sonhos me mostravam, guardo a vontade de te pegar, a vontade de correr contigo por este mundo a fora, a vontade de mostrar que afinal não és aquilo que pensas de ti mas sim aquilo que me faz feliz. Apenas não me peças para viver sem ti, porque isso não consigo, apenas não me peças que te esqueça por isso jamais o conseguirei fazer. Hoje apenas quero deixar aqui algo que saibas que será sempre teu, algo que te possa voltar a colocar um sorriso no rost…

O último suspiro de um bater de um sonho...

Imagem
Saberei que este é último, saberei que a partir deste momento irei virar as costas a tudo isto e deixar de olhar a vida deste prisma. Será o último, mas não o ultimo sentir, o ultimo viver e muito menos o ultimo bater do coração. Apenas as palavras acabaram por ir e deixar em mim apenas a recordação de todos estes rascunhos que deixei nesta página e que de um modo ou outro fez rever pessoas em historias e por minutos que seja lhes estampei um sorriso no rosto ou até mesmo uma lágrima no canto do olho. Escrevo apenas hoje porque decidi que assim o vai ser, as palavras ficarão guardadas para mim e os textos fechados dentro de gavetas que me arrumem as ideias e me limpem o coração. Hoje escrevo desta forma, despreocupado, sereno e com alguma nostalgia de uma partida ou até mesmo de uma decisão que acabei por tomar. Todos nós somos amor e disso não podemos fugir, podemos enganar as nossas vontades, enganar-nos, matar os nosso próprios sonhos mas de uma coisa nunca podemos fugir e isso é o…

Será que não é bem mais fácil assim?

Imagem
Roubaram-me a alma, roubaram-me os sonhos e agora apenas ficou a saudade de uma pessoa que acaba por ser um conto de fadas, aquela pessoa que sempre pensamos que era um feliz sonho mas que existe na realidade. É nestas alturas que o mundo parece bem pesado para os nossos fracos braços, é nestes minutos que perdemos o folgo e pensamos se queremos continuar a respirar para acabar por nos desiludirmos. Quem disse que tudo isto era fácil? Quem o disse enganou-se, quem o disse não saberia viver ou então apenas viveu a margem do que é sentir e dar a sentir aos outros. Penso em dormir para de uma maneira ou outra voltar a sonhar e voltar a criar aquilo que de momento não passa de um baralho de cartas derrubado pela saudade que sinto e pela recordação que guardo. Não sei se tudo isto foi em vão ou se até mesmo fez me ver que afinal o perfeito não existe e que apenas resta o imperfeito e com isso é que tenho de viver. Guardo a voz da saudade dentro de mim e a vontade de um novo amanhecer. A di…

Apenas uma pedra...

Imagem
Hoje apenas sou um rascunho de uma história inacabada, uma alma que procura incessantemente a tua presença, um navio naufragado num mar agitado, uma pedra que apenas forma uma parede que nunca chegaste a tocar. Sou isso, sou isso e tudo mais o que de inanimado haja neste mundo. A minha alma voou com a brisa fraca de um sonho que acabou por cair em terra, com a minha alma acabou por ir o meu coração e a minha fonte secou, secou de uma maneira tal que agora onde havia vida apenas há um sofrimento e uma dor que não teima em passar. Ontem, porem, tudo tinha muito mais cor mas hoje tudo está a preto e branco, numa monotonia que invade todo este meu vale e que torna toda a música num fado que fala de dor. Só me resta aqui ficar á espera que melhores dias virão, que a chuva volte a reanimar esta fonte que sou e que por detrás das nuvens escuras surja um lindo arco-íris e que aí volte a pintar os meus dias de todas as cores possíveis e imaginários. Hoje apenas sou uma pessoa sem alma que acab…

Saudade...

Imagem
Saudade, palavra frágil, dolorosa, mas também que representa um sentimento e disso nunca se pode fugir. Somos um povo, somos uma pessoa e por vezes a saudade invade os nossos dias, deixando em nós uma mágoa ou até mesmo a vontade de voltas atrás e poder recuperar o que ficou perdido ou apenas viver algo que acabou por ficar esquecido entre as chuvas que caíram no nosso rosto. Assim é a saudade, uma palavras que nos acompanha para a vida, uma palavra que se encontra no fado do nosso país e nos textos daqueles que se atrevem a escrever sobre este sentimento, tão simples e ao mesmo tempo tão receado por todos. Acima da palavra saudade vem o sentimento, acima do sentimento vem a vontade e acima dessa mesma vontade acaba por aparecer um amor, um amor incondicional, um amor que desconhecemos. Represento a história de um pedacinho de saudade, do mito a verdade tudo se separa por uma linha imaginária que até mesmo eu não a consigo separar, apenas sei que vivo saudade, que vivo recordações mas…

Porquê o silêncio? Adoro a voz que vem do coração...

Imagem
São palavras de um fado, são a voz de uma gente, suspiros de um coração que ainda bate por amor, amor esse que acaba por persistir, amor que rompe barreiras, que enxuga lágrimas, que rasga sorrisos e que une duas pessoas que sonham ser felizes. São palavras, são sentimentos, são abraços de despedida e beijos apaixonados de chegada, amor, ai amor, que existes e que me fazes viver, jamais te conseguiria esquecer, jamais conseguiria apagar tudo o que fizeste de mim e a pessoa que me tornaste. As tuas palavras são música para os meus ouvidos que ainda ouvem a tua voz a toda a hora, os teus olhos são as cores que ainda pinto o meu céu de forma a me recordar sempre de ti, e o teu cheiro ainda continua agarrado a roupa que um dia te encostas-te. Não sei se saberás o que estou a sentir, não sei se conseguirás ver que afinal sempre há pessoas que te possam fazer feliz. Só sei que não conseguirei dormir sem ti, que não conseguirei acordar sem saber que estarás aí mas acima disso não sei se cont…