Mensagens

Medo de falhar...

Imagem
Se este meu peito arde... é porque te amo. É porque respiro este sentimento que me arrasta,
Que me gasta os passos, que me tolda em sentimentos dispáres.
Enquanto pertencer-te -
Nem que sejam em devaneios 
Em anseios de um homem perdido de paixão - 
Não haverá imensidão...
Que me arraste e me afaste de tudo aquilo que me prende a ti.
Se este meu peito explode em desejo,
É porque anseio o beijo,
Aquele capaz de me devolver a vida,
De me arrascar da saudade que fica...
Na solidão de amar-te em silêncio

(com medo de falhar).

Corpos, desejos e uma noite...

Imagem
São segundos em que as horas se perdem... Nos nossos corpos despidos,
Nas nossas almas vadias - 
Gastas pelas mãos de quem nunca nos conseguiu segurar.
São roupas rasgadas,
Espalhadas pelo chão do quarto,
Perdidas pela casa, marcadas no abraço...
Que se envolvem em prazer e desejo.
São beijos e promessas de ficar,
Mesmo que a despedida surja a meio da noite - 
Em que os corpos arrefecem,
Em que o desejo se vive,
No orgasmo de um momento.
Naquele em que a liberdade nunca foi uma prisão,
Em que continuamos a ser os dois... almas do mundo.

Se eu pudesse... trazia-te de novo à vida...

Imagem
Se ao menos ainda te pudesse ver... Agarrar-te junto a mim e escutar-te o coração.
Abraçar-te por forma a não te deixar ir...
Segurar-te bem nas minhas (agora fracas) mãos.
Se ao menos pudesse fazer com que o tempo voltasse atrás,
Viveria contigo tudo aquilo que não vivi,
Dir-te-ia que tantas vezes sorri com o teu sorriso,
Que muito do que aquilo que hoje sou devo-te a ti.
Ai se eu pudesse...
Se eu conseguisse parar o momento naquele dia em que te despediste,
Em que partiste para nunca mais voltares,
Em que levaste contigo tanto da minha alma...
Do meu coração.
Se ao menos ainda te pudesse ver...
Pediria perdão por não ter estado presente,
Pediria perdão por tudo o que guardei no meu silêncio, 
Tudo aquilo que calei e que nunca te disse.
Se pudesse pedir algo...
Pediria só mais uns minutos, só mais um sopro,
Mais um respirar que te trouxesse à vida,
E que não te roubasse nunca mais de mim.

"Amo-te para além do teu corpo."

Imagem
Amo-te para além do teu corpo.  Dessa pele em que me perco, desse teu sorriso em que me encontro.
Amo-te para lá de tudo aquilo que eu sou,
Muito para além de tudo aquilo que tu és.
Amo-te na simplicidade de um beijo dado à luz do teu amar,
Na esperança de que a saudade irá morrer num abraço,
Num regresso apressado, numa mão cheia de sonhos.
Amo-te para além de tudo aquilo que tens,
Desse olhar que me faz pedir mais, dessas mãos que deslizam sobre o meu rosto,
Desse teu jeito de me mostrares que a vida é feita para se aproveitar,
Para se sentir... em cada momento só nosso.
Amo-te para além de mim mesmo,
Por tudo aquilo que me fazes ser contigo, por tudo aquilo que não deixamos por dizer, por cada história que temos por contar.
Amo-te em cada noite em que nos perdemos nas horas,
Em que nos amamos sem qualquer demora, em que somos bem mais do que o prazer.
É desta forma que te amo...
Sempre que dás tudo de ti, sempre que eu te dou tudo de mim,
Sempre que não somos o fim...
De um princípio que nunca se es…

Não consigo aceitar que a morte pode fazer de nós... saudade...

Imagem
Não vale a pena tentar encontrar respostas... Para saber a razão pela qual te perdi,
Naquele momento em que mais precisei de ti,
Em que fui e em que nunca mais vi...
O teu rosto colado ao meu.
E assim dói...
Como cada lembrança que não consigo esquecer,
Como o teu cheiro que fica aqui sem se perder...
Sem conhecer o que é sentir a ausência da saudade.
Não vale a pena tentar calar o meu sofrimento...
Porque ele é maior do que o vento,
Do que a brisa que me arrasta os pensamentos
E que me empura, de novo, para a falta que tenho de ti.
Um dia, eu sei, que poderei encontrar-te,
Mas agora resta-me esperar-te....
Esperar que o destino se lembre de me levar... E assim juntar-me...

A tudo aquilo que aprendi a ser... só contigo.



Não me ames agora... agora que eu vi que tu nunca me amaste.

Imagem
Não quero que agora fiques... Agora que segui sem olhar para trás,
Agora que nem sequer tive medo de me magoar.
Não voltes...
Se eu aprendi a seguir sem ti,
Se eu aprendi a amar-me antes de amar-te,
Se aprendi a seguir os meus sonhos sem os colocar nas tuas mãos.
Chega de sofrer e de não acreditar em mim!
De achar que o amor só serve para ser vivido a dois,
Que só conseguirei ser feliz ao lado de alguém.
Não quero que agora me ames...
Porque passou tanto tempo e as mentiras foram sempre as mesmas,
Aquelas desculpas. Aquelas culpas. Aqueles enganos.
Agora... eu quero viver por mim.
Quero amar-me. Respeitar-me. Olhar-me ao espelho e ver muito mais do que uma sombra,
Aquela sombra que era a tua,
Aquela pessoa que te amava...
Mas que tu nunca soubeste amar...



"Nunca desistas de ti!"

Imagem
Nunca desistas de ti... e muito menos dos sonhos que sabes sonhar.  Por maior que seja o medo, por mais dores que o passado tenha deixado no teu coração... 
É e sempre será no teu peito que vive a liberdade.
A vontade de poder ir mais além dos que as tuas próprias barreiras,
Do que os teus piores fantasmas.
Não percas tempo em hesitar, em ficar num mesmo lugar - 
Naquele que conheces e em que sentes que nada vai mudar.
Nunca desistas de tentar...
Mesmo que caias. Mesmo que erres. Mesmo que te arrependas.
A vida é tão curta...
Curta como um simples respirar, um pedaço de ar que nos entra no corpo, que nos rasga um sorriso no rosto, ou uma lágrima que nos faz recordar.
Não desistas de ti!
Não te acomodes a uma vida só porque "sim". 
Não deixes nada por viver. Nem por dizer. Nem por acontecer!
Deixa a tua marca naquilo que melhor sabes fazer. 
Num abraço apertado. Num beijo prolongado... ou até mesmo numa parede em que escreves todo o teu sentimento.
Não vivas o arrependimento. 
A mágoa de tere…