Mensagens

A mostrar mensagens de Novembro, 2015

"A paixão que nos mantém vivos..."

Imagem
Talvez sejam as palavras que ficam, a saudade que sinto de ti e a vontade de abraçar-te: neste instante. Talvez sejam as recordações, as memórias, as histórias, que me arrastam para a falta que me causas, para a certeza de que te amo, para a firmeza deste meu sentimento. Talvez sejam as horas que passam, os minutos que correm e eu aqui… à espera que o destino nos enlace (para sempre). Talvez me sinta incompleto, incompleto na ausência da metade que tu representas, do meu coração que só tu tens, dos meus sonhos que apenas sonho… contigo. Talvez é na noite que me sinto despido, despido destas barreiras que crio, destes sorrisos que disfarçam o que quero, que atenuam o que espero, que desesperam ao pedir por ti. Talvez, jamais, seremos um fim, porque este nosso amor é mais forte do que a distância que nos separa, é mais guerreiro que qualquer medo, é mais intenso do que qualquer segredo. Este nosso amor… é a paixão que nos mantém vivos.
Talvez precise de ti agora, sem qualquer demora, se…

"Enquanto eu respiro... por ti"

Imagem
Gosto de te ter nos meus braços, de amar-te no silêncio destas quatro paredes, destes lençóis marcados pelo querer. Enquanto o teu corpo se deita na nudez da tua própria pele… fico a admirar-te, a olhar-te como um sonho que vivo, como um destino que agarro com toda a força: nas minhas próprias mãos. Dás sentido a tudo, a este caminho que se enlaçou ao teu, a esta noite que cai fria – enquanto nos aquecemos nesta nossa paixão. Levo horas a contemplar-te, a contemplar cada recanto do que és, a viver-te em todos os segundos em que respiro, em que te respiro. Rendo-me a ti vezes sem conta, rendo-me ao teu sorriso, aos teus olhos, aos teus beijos. Gosto tanto de sentir-te em mim, de me completar nos teus braços, de me envolver nos teus jogos de sedução, nos teus segredos: confessados. Amo-te com uma intensidade que não consigo explicar e… agora, enquanto estás a dormir, eu escrevo-te. Escrevo cada memória do que vivemos, cada história que repartimos, cada minuto em que nos entregamos. Somo…

"Amar não é bater!"

Imagem
Enquanto choras e finges que tudo está bem, onde está o amor? Onde estão os sonhos que tinhas dentro de ti? Onde está o teu sorriso? Enquanto disfarças as marcas de uma dor que não acaba, onde está a paixão? Onde estão as fantasias que criaste? Onde está a esperança num novo amanhã? Enquanto te prendes, onde vive a tua liberdade? Onde habitam as tuas vontades? Onde crescem as tuas verdades? Enquanto te negas, o que vives? O que sentes dentro de ti que te faça ficar ao lado de quem não te respeita? De quem não luta para te proteger? De quem não cuida do teu corpo, do teu coração? Enquanto estiveres nessa prisão, quem te pode salvar? Quem te pode ir buscar se tu te escondes de tudo? Se tu dizes ser a pessoa mais feliz do Mundo (mesmo não o sendo)? Não fiques! Não te esqueças que o amor primeiro vive dentro de ti, vive dentro de tudo aquilo que te faz viver, de tudo o que te faz sorrir, de tudo o que te faz querer. Não te anules. Não esperes por quem partiu, por quem te mentiu ao dizer q…

"Por maior que seja a saudade..."

Imagem
Somos os laços… aqueles que nos unem a um mesmo lugar, a um lugar em que a distância termina num abraço, em que a saudade morre… num beijo. Somos esse tempo, esses quilómetros que nos afastam mas que fazem intensificar o amor, que nos dão a certeza do sentimento, que nos revelam a força do nosso querer. Somos as memórias… as histórias que guardamos dentro de nós, os momentos que foram vividos – repartidos num mesmo coração: que se completou nas nossas imperfeições. São esses laços, esses pedaços que não se vêem e que apenas são sentidos. Que são vividos nos braços que seguram, nas promessas que se comprem, nos olhares que falam: em silêncio. Nós somos esse silêncio, aquele das quatro paredes do nosso quarto, aquele em que nos fundimos um no outro, em que o tempo parece tão pouco… para vivermos a paixão. Somos a recordação… aquelas canções que ecoam no nosso peito, que nos elevam para um outro estado que passa o do sonho (que sonhamos deitados). Somos essa vida, essa vida que nos é tão…

"Sou o homem mais feliz do Mundo!"

Imagem
Lembras-te da primeira vez em que te segurei a mão? Em que o meu corpo termia, em que o meu nervosismo tanto se via, em que não sabia o que fazer? Lembras-te quando os meus lábios tocaram os teus? Quando nos perdemos no olhar? Foi nesse instante que soube o que era amar, foi nessa mesma hora em que nos perdíamos a ver o mar… que pude dizer que era feliz, que pude saber o que era sentir-me completo. É esse mesmo momento, esse momento que jamais consigo esquecer, em que nos demos ao prazer, em que nos findamos no querer. A espera já tinha sido tanta, tanta que eu não me lembrava do que era esperar, do que era contar os segundos para que os meus impulsos não fossem mal interpretados, para que os meus sonhos não fossem mal sonhados. Recordo tanto daquilo que vivi contigo, de um passado que parece tão recente, mas que já conta tanto daquilo que somos. Enquanto passava as minhas mãos pelo teu cabelo, passava os meus lábios nos teus, sentia o sabor dos teus beijos, a textura da tua língua… n…

"Vazio"

Imagem
A cama sem ti é tão vazia… tão vazia de sorrisos, tão cheia de saudade. Aqui onde me encontro deitado, onde as memórias vagueiam na mente. Aqui onde o cheiro da terra molhada me faz sentir dormente. Carente. Sozinho… A vida sem ti é apenas o calar, o abandonar de mim mesmo, o esquecer do sonho que voou contigo – rumo a um outro destino, a uma série de quilómetros que não me canso de percorrer. Nem sequer consigo olhar para trás, para o tempo em que me marcaste o corpo, em que me fizeste esquecer o medo, em que me libertaste das amarras que me prendiam a um mesmo lugar. O meu olhar sem ti é tão despido… é tão vulnerável à carne que só se sacia no sexo, é tão complexo como o firmamento que nunca me soubeste explicar. A minha cama sem ti… não pode ser nossa, não pode conhecer o teu cheiro, não pode tapar-te a pele – enquanto me afundo no teu charme. A verdade é que a dor nestes dias é maior, a grandeza da saudade é tão sufocante que me deixa partido. Gasto. Usado! Tão abandonado que deix…

"Por maior que seja a distância..."

Imagem
Sei que poderão passar tantos anos, tantas vidas… que este sentimento será sempre o mesmo, que este amor continuará a fazer bater o meu coração, este amor que trespassa o meu peito e que me faz ser tão teu, que me faz amar-te… sem qualquer pudor. Por maior que seja a distância, que as ruas não nos vejam passar, por mais que o meu mar seja tão distante do teu, eu sei que é este sentimento que nos alimenta, que é este fogo que nos aquece – por mais frio que se possa sentir. Sei que é a teu lado que não me sinto morto, que vivo a vida na plenitude de tudo aquilo que somos, dos beijos que damos e de quando nos entregamos… ao prazer daquilo que sentimos. Pudesse eu largar tudo neste instante, saltar para os teus braços e dar-te tudo o que mais precisas, pudesse eu agora perder-me no teu sorriso, deixar de ter juízo e ser louco pelos nossos abraços. Pudesse eu agora pedir mais um momento, apenas um só desejo, que pedia para que entrasses por esta porta, que me libertasses deste impasse e me…

"Aperto no coração"

Imagem
Espero-te aqui… de braços abertos, com uma saudade maior do que eu, com um aperto no coração. Espero que voltes, que me abraces e que me beijes – para que possamos viver este amor, para que possamos respirar… novamente. A verdade é que sou tão incompleto na tua ausência, que sou a sombra de um sonhar que só sonho contigo, de um futuro que habita… bem na palma das nossas mãos. Esta saudade é maior do que qualquer distância, maior do que este peito que se incendeia de desejo, maior do que este homem que luta tanto para que a espera morra: na tua chegada. E eu… eu espero-te aqui… nesta cama em que já nos amamos tantas vezes, entre estas quatro paredes que viram o nosso querer, que nos abrigaram das tempestades que conhecemos: no passado. Confesso-te que tantas vezes procuro por ti no escuro deste quarto, que reviro os lençóis na esperança de sentir-te, de tocar a tua pele, de matar-me em prazer. Espero tanto mas tanto que voltes, que deixes o teu cheiro no meu corpo, que deixes a tua mar…

"A morrer de saudades"

Imagem
Trocava tudo por um segundo só nosso. Por um toque em que o meu corpo sentia o teu, por um tempo em que o meu coração se enlaçava no batimento… do teu. Sinto tantas saudades, tantas que o meu peito explode de vontade, que o meu rosto conhece as marcas das lágrimas que escorrem – mesmo sem eu querer. Hoje, trocava tudo de mim só para sentir o teu abraço, para me perder nos teus olhos e para beijar-te… como se o mundo terminasse naquele mesmo instante. A verdade é que as horas já me doem, e que os dias não passam e eu aqui estou… nesta vontade que não se apaga, nesta paixão que só te procura, neste meu amor que não consegue deixar de crescer. Trocava tudo… tudo por um segundo de verdade, pelos nossos abraços em que nos amamos mesmo em silêncio, pelos nossos silêncios em que nos confessamos sem que sejam necessárias palavras. Sinto falta de ti, uma falta que não se apaga, uma falta que só se ateia – mesmo que eu minta a mim próprio que irás entrar naquela porta amanhã. Não consigo mais m…

"Para todo o sempre."

Imagem
Guarda cada instante de mim… cada momento em que nos amamos, Em que entregamos tudo o que tínhamos em nós, tudo o que era tão nosso. Antes de ir… não posso perder a memória do que guardamos, Das horas em que nos despíamos, em que nos riamos, em que nos… dávamos. São tantas as histórias, as memórias que nos juntam, os destinos que nos enlaçam, Aquelas saudades que não passam. Que ficam - no que ainda queremos viver, Na nossa sede de sonhar, de sonhar com tudo o que nos faz felizes. Guarda em ti tudo o que te disse… as palavras que nem sempre foram fáceis de dizer, As lágrimas que escorriam, sempre que a despedida aparecia, sempre que partíamos sem querer. Recorda tudo o que lutamos, as batalhas que travamos, Sempre lado-a-lado. Enfrentando todos os nossos medos, confessando-nos em segredos, Em beijos que demos no silêncio de uma paixão que gritava de vontade. Guarda cada verdade… cada vez que te olhei nos olhos e disse que te amava, Que tudo te dava, que tudo por ti fazia – até ao dia… em que morre…

"Fazes-me acreditar... no amor."

Imagem
Não me interessa onde estás… nem onde eu estou. O que eu quero é que saibas que te amo. Que te amarei por toda uma vida, em todos os dias em que o meu peito bater, em que o meu sonho for maior que os meus medos, nos dias… em que viver esta paixão. Não me importa onde estás, se onde estás é onde eu estou, se quem és é quem eu sou, se o que sentes… é o que sinto: em mim. Nunca te esqueças que eu espero-te, que eu luto todos os dias, que eu ainda consigo acreditar em fantasias – mesmo que tantos me chamem de louco. Sabes? Não me interessam as roupas que me cobrem o corpo, se eu amo-te na nudez de tudo aquilo que sou, de tudo aquilo que, realmente, me pertence. Escrevo-te tanto, e sabes porquê? Porque não quero deixar nada por dizer, não quero deixar nada por fazer – porque posso ter de partir hoje mesmo. Não me interessa nada do que já viveste antes de mim, de um passado em que não estive, de um passado em que não te amei. Agora, eu sou o teu presente, quem te segura na mão, quem te abra…