Mensagens

A mostrar mensagens de Janeiro, 2017

"Enquanto grito... sinto-te dentro do meu peito."

Imagem
Enquanto grito... sinto-te dentro do meu peito, sinto o teu abraço que não consigo esquecer. Dói-me o corpo. A minha alma despe-se no desespero de não te ter,
De saber que partiste e deixaste o meu peito inflamado pela saudade.
Arde esta falta que me causas, esta distância que sei que não termina, estas barreiras que nos criaram...
No momento em que te roubaram... de mim.
Enquanto grito... as lágrimas escorrem pelo meu rosto,
O sufoco toma conta do meu rosto - e eu olhando-me ao espelho só vejo memórias em cada traço que me leva até ti.
As memórias por aqui não têm fim... têm uma continuação que me rasga a pele, que me marca o sorriso. Que me impede de sorrir.
Sei que por mais que o tempo passe, que por mais horas que respire... nada mais se compara desde o momento em que partiste.
E eu grito! Grito de forma desesperada,
A minha voz fica, por momentos, calada e adormeço no sonho de te ter junto de mim (só mais uma vez).
Mas tudo se parte. O sonho deixa de o ser,
Eu acordo na esperança de te ver..…

"Posso ter errado... mas amo-te!"

Imagem
Posso ter errado... Falhado. Tentado. Esquecido. Posso ser proibido. Empurrado para a vontade de não ficar.
Ser então terra em vez de mar. Um chão esquecido de sentir.
Posso fraquejar... 
Entregar-me à saudade que sinto no meu peito - 
Mesmo sendo imperfeito. Mesmo não tendo estado presente.
Posso ter-me entregue ao desconhecido. Vendido tudo o que tinha em mim. 
A alma. O coração. A razão! - 
Arrastando-me na multidão... sem sequer pedir piedade.
Posso ter passado... 
Sem olhar. Sem ver. Sem sentir.
Só pela vontade que tinha de sucumbir... à própria melancolia que tinha no meu peito.
E enquanto isso tudo era tão feito.
Feito de mentiras. Feito de ilusões. Feito de... esquecimento.
Mas o tempo...
Esse não passava. Ficava!
Só para me fazer lembrar ainda mais. Só para aumentar a dor dos meus mais silenciosos "ais". 
Das minhas confissões mais depravadas. 
Eram palavras erradas. Gestos adiados. Encontros forçados...
Uma mão cheia de nada - acreditando que tinha tudo.
Podia ser o mundo... mas não e…

"Nunca desistas de ti!"

Imagem
Nunca desistas de ti... e muito menos dos sonhos que sabes sonhar.  Por maior que seja o medo, por mais dores que o passado tenha deixado no teu coração... 
É e sempre será em no teu peito que vive a liberdade.
A vontade de poder ir mais além dos que as tuas próprias barreiras,
Do que os teus piores fantasmas.
Não percas tempo em hesitar, em ficar num mesmo lugar - 
Naquele que conheces e em que sentes que nada vai mudar.
Nunca desistas de tentar...
Mesmo que caias. Mesmo que erres. Mesmo que te arrependas.
A vida é tão curta...
Curta como um simples respirar, um pedaço de ar que nos entra no corpo, que nos rasga um sorriso no rosto, ou uma lágrima que nos faz recordar.
Não desistas de ti!
Não te acomodes a uma vida só porque "sim". 
Não deixes nada por viver. Nem por dizer. Nem por acontecer!
Deixa a tua marca naquilo que melhor sabes fazer. 
Num abraço apertado. Num beijo prolongado... ou até mesmo numa parede em que escreves todo o teu sentimento.
Não vivas o arrependimento. 
A mágoa de t…

"Quando somos um só..."

Imagem
Ao teu lado sinto amor... Um sentimento bem mais forte do que os nossos medos, Capaz de apagar fantasmas passados... e fazer-nos felizes. O nosso amor eu sei que é diferente... Capaz de guardar qualquer momento,  Fazer de nós um eterno sentimos - que dure por uma vida inteira. Vivo ao teu lado uma fantasia, Uma palavra tão intensa - sempre que unimos os nossos lábios, sempre que nos despimos e sentimos o toque da pele, Sempre que nos entregamos ao prazer. Ao teu lado sinto a paixão, A tensão dos nossos espasmos,  Sempre que nos entregamos aos devaneios, Aqueles simples beijos... que nos tiram a respiração. E a verdade vive sempre em tudo o que somos, Porque enquanto nos amamos com todo o nosso crer, Pode acontecer tudo. Porque continuamos juntos. Porque somos só nós.

"Sente o meu coração..."

Imagem
Sente o meu corpo... Todo este sentimento. Tão ardente. Tão real. Abraça-te ao meu sonho mais intemporal. À saudade que sinto no meu peito... Imperfeito tal como eu sou.  A este coração que sempre te procurou - Nas noites em que sonhava ser bem mais forte do que o medo. Sente-me no nosso segredo... Na verdade de tudo o que somos. De tudo o que vivemos -  Nas horas em que somos... bem mais do dois corpos. Vem para me pertencer.  Para eu me entregar a tudo aquilo que tem de se viver -  Vem ser a metade do meu próprio existir. Sente o meu coração... A paixão que não tem medo de falhar. O meu próprio respirar, A minha maior vontade de te ter.  E vê que sou teu sem qualquer resistência. Vem para ser a minha menor distância... Sempre que rompemos as barreiras.  Sempre que nos abraçamos em promessas verdadeiras. Sente... todo o meu amor...

"Choro de saudade..."

Imagem
Choro a falta que no meu peito arde...
A força que me rasga o desejo. Que se despede num beijo...
E me faz chorar na noite que me invade.
Enquanto acreditar... nem o medo será maior do que eu,
Nem a tormenta me irá empurrar para o fundo.
Para um mundo... que se esquece de amar.
Sinto a dor no meu corpo. Na loucura de tudo o que sinto,
Sempre que não te minto... e te amo sem qualquer pudor.
Choro este amor...
Este amor que me leva sempre à falta de ti,
A este fim que encontro numa cama vazia,
Numa pele fugidia - que não consigo agora tocar.
Sinto esta falta que me arde no peito...
Que me mostra que tudo é tão imperfeito...
Sempre que estás longe. Sempre que a distância nos impede de tocar, sempre que me entrego a este mar...
A este mar agitado que me faz sentir... a saudade. 

~

"Por mais que o tempo passe... quero que saibas que te amo."

Imagem
Por mais que o tempo passe... quero que saibas que te amo mais do que da primeira vez. Que ainda conto até três sempre que te beijo, 
Sempre que me deito no sonho de te de ter - tendo-te em tudo aquilo que sou.
Ao teu lado sinto-me completo.
Muito mais do que um simples errante,
Naquela nossa paixão ardente - capaz de nos tonar imortais.
Por mais que o tempo passe... sei que te vou amar sempre mais,
Mais do que tudo aquilo que somos, mais do que este meu coração que bate na certeza de que te vive para além da saudade que sente em si.
És o meu princípio e o meu fim.
Onde me reinvento. Onde me encontro. Onde me perco.
Para ser completo na perfeição de todas as imperfeições que nos tornam humanos.
Por mais que o tempo passe... 
Será sempre este nosso amor que nos alimenta,
Que nos desinquieta quando nos entregamos à paixão, quando entregamos o coração... sem qualquer medo de falhar.
És e sempre serás o meu respirar. 

Aquele sorriso que tanto preciso para ter a certeza que o amor é capaz de nos fazer cr…

"Sinto falta de ti..."

Imagem
Sinto falta de ti... Neste momento. Neste abraço. 
Matar a saudade que tenho do teu corpo. 
Romper com a falta que me causas (sempre que não estás).
Preciso que o tempo volte atrás...
Que me faça ter-te só mais uma vez,
Onde possa segurar-te junto ao meu peito,
Jurar-te que farei de tudo para ser perfeito -
Mesmo na imperfeição de tudo aquilo que somos.
Sinto falta de ti...
Nesta cama. Nesta casa.
Onde as paredes choram com a distância,
Em que o meu olhar se perde nas memórias de tudo o que já vivemos.
De tudo o que sempre fomos.
E seremos sempre isto (eu sei!).
A verdade de tudo o que sonhei... e que tu fizeste acontecer,
A firmeza de um sentimento que se viu nascer...
No dia em que despimos o medo e fomos livres... para amar.



"Serei teu... por toda esta vida!"

Imagem
Serei teu... por toda esta vida. Por todas as vidas que podermos viver.  Serei o que sempre sonhaste, quem te segura nos momentos em que o teu mundo parece desabar, nas noites em que a saudade escorre pelo teu rosto num choro descontrolado.
Serei o teu herói.
O teu companheiro das aventuras mais loucas, daqueles momentos em que nem sequer se olha para trás.
Quero ser a tua paz. 
Quem aquece a tua cama nas noites frias de Inverno, quem te sara cada ferida do passado. 
Eu quero ser mais do que um simples namorado. 
Eu quero ser o teu porto-de-abrigo!
Serei o teu melhor amigo... 
A mão que te agarra. Quem te faz acreditar que podes viver os sonhos que tens em ti.
Quero estar contigo até ao meu fim... 
E sei que esse fim será sempre pouco tempo. Porque a teu lado tudo passa a correr. 
Os segundos não são sentidos e tudo o que mais peço é que as horas demorem a passar.
Serei o teu respirar. O teu acreditar. O teu mais altruísta acto de amar.
Porque contigo tudo é tão intenso. Porque contigo eu sou tão e…