Mensagens

A mostrar mensagens de Fevereiro, 2013

Sognu...

Imagem
Hoje leiam, com atenção, com amor, com vontade. Depois coloquem o vídeo, sinta a música e vem o quão podem viver e o tão pouco que vivem. Beijos e Abraços
Não deixes de sonhar mesmo que te digam que é impossível, Não deixes de sonhar mesmo que tudo pareça perdido, Não deixes de sonhar mesmo se o sonho pareça esquecido, Não deixes de sonhar se o sonho te engana, Não deixes de sonhar mesmo nos dias que queiras partir, Não deixes de sonhar mesmo quando tudo seja injusto, Não deixes de sonhar mesmo que te larguem a mão, Não deixes de sonhar porque é isso que te forma, é isso que te faz viver...
Faz desse sonho vida, uma vida vivida, de pessoas escolhidas e de risos rasgados. Faz de ti sonho, um sonho possível de alcançar, que te move, que te faz acreditar. Sonha com um amor, agarra a vida com fulgor, vive o teu sonho, nunca abdiques de o fazer. Encontras no sonho significado para avançar, amor para recordar, força para lutar. Enquanto o sol banhar-te o rosto, enquanto a história for escrita por ti…

Versus...

Imagem
Ventos que arrastam mesmo sem saber, Marés de amor que o teu corpo vão banhar, Sentimentos dispersos presos ao meu ser, Vida vivida em sinónimos de amar.
São sonhos voláteis de um só existir, Telas pintadas que retratam o querer, Dias coloridos e outros por colorir, Vozes caladas que sabem escolher.
Dias a fio e horas passageiras, Vontades ancoradas a um só pensar, Sentimentos escritos em formas brejeiras, São fados da memória que te querem abraçar.
Aqui o intervalo chega para ficar, A cortina fecha-se para uma nova vida, A peça muda e tudo volta ao lugar, O coração guarda e a memória torna-se esquecida.
Chega ao momento em que passamos a viver, Em que o passado é guardado num só lugar, O peito cria vontade e passa a correr, Nesse dia tornas-te livre no teu próprio avançar.
A paixão que vês dá lugar a algo mais forte, Passas a querer como se o mundo fosse acabar, Deixas de estar ancorado a um passado de morte, E tornas-te tu mesmo, na tua forma de amar.
Nunca haverá nada melhor do que viveres por ti, Sentires…

M(Eu) Viver...

Imagem
Não sou eu quando saio de casa sem correr atrasado pelas escadas a baixo, não sou eu quando falo de amor sem o sentir, não sou eu se não sonhar mais um dia, não sou eu se partir esquecendo tudo o que foi um dia vivido. Não me sinto eu se dizer que esqueci, não sou eu se correr sem querer, ficar sem desejar ou até mesmo viver sem sentir. Não sou eu se não escrever, não sou eu se fingir o que não sou, não sou eu se calar o coração, não sou eu se não responder ao que me inquieta a alma. Não sou eu se não me descalçar quando chego a casa, não sou eu se no meu dia não rasgar um sorriso, não sou eu se não me afastar do que faz mal, não serei eu se me resignar a uma vida que não quero para mim. Nunca serei eu mesmo se abdicar do que sonho, se descurar o que quero, se desejar o que não posso ter. Não sou eu se arriscar sem sentir segurança, não sou se mentir dizendo que amo, não sou eu se permanecer no passado que me prenda os passos. Não sou eu se não for livre, não sou eu se não me sentir v…

Efémeras Tormentas...

Imagem
Hoje calem as vozes ao redor, baixem a luz, coloquem a musica e sintam amor, respirem amor. Sejam felizes e não será hoje o dia de arriscarem? Fiquem com vocês mesmos e com o vosso coração. Sejam felizes... Não haverão oceanos maiores que o nosso amor, tormentas que nos façam perder, que da tua mão me façam largar. Nunca irão existir as maiores montanhas debruçadas sobre os nossos dorsos, nunca existirão espectros e as melodias serão a imagem translucida de um sentimento vivido. Nunca haverá tempos perdidos, horas padecidas em que o brilho do teu olhar se dissipará, nunca existirá vazio porque esse encontrará uma casa cheia de nós, repleta de uma cor emanada de dois corações que batem em conjunto. Nunca as distâncias irão separar o que o sentimento juntou, nunca uma partida será o presságio de uma perda, nunca uma perda será o fim do caminho para os passos que damos em conjunto. São destinos e vidas traçadas, espelhadas em fragmentos escritos na humildade reluzente de dois corpos amant…

Meras palavras escritas...

Imagem
Tirem um tempo, coloquem a música e percorram as palavras. Hoje aqui narra-se uma história de vida, algo que pode ser sentido, crido, sonhado, vivido. Tirem um tempo hoje, acredito que sairão com vontade de amar. Beijos e Abraços... Os passos eram firmes, firme era a vontade que residia no corpo, que ainda habitava a alam. A distância, seria a distância a causadora desta saudade permanente? Seria esta distância que os levava ao padecer de um grande amor? Questões permaneciam sobre aquele manto de sombras distorcidas e de destinos atraiçoados. Prosas escritas, dedilhadas teclas em que emanavam as melodias que percorriam quilómetros na busca de respostas. Estava ali ele, sentado, esperando um sinal para que conseguisse seguir, libertar-se do medo e agarrar um amor sentido há tanto tempo, um amor escondido mas nunca perdido na ascensão da palavra e do que outrora tivera confessado. Tudo estava igual, tudo permanecia igual na espera constante de um avanço mútuo, na espera de uma insanidade…

São palavras, são vontades...

Imagem
Tenham um bom Sábado, sejam felizes e vivam esses sonhos que têm em vocês. Beijos e Abraços
Toca-me, toca-me ao coração dedilhando as feridas de outrora. Sente-me, sente o escarlate sangue que por mim corre, esta paixão que tem nome, este infinito de prosas escritas que almejam a presença do teu ser. Debruça-te sobre a vida, sobre esta história erigida na vontade que tenho de te ter, esta música de passos descompassados e de minimalismos literários que expressam apenas uma parte deste meu querer. Agarra-me, prende o olhar fixamente no meu e deixa-te guiar pelos devaneios repentinos, por esta insanidade que te fala e que tantas vezes esquece-se, levando-me ao silêncio da minha voz. Não questiones, apenas observa o decorrer dos factos vividos, os pequenos alicerces da memória que te arrastam neste labirinto de sentimentos, nestas emoções envolvidas em contemporâneos bailados que a tua alma beijam. Forma história, desnuda o teu corpo e deita-te a meu lado, hoje exploramos o toque da pele, …

Sentidus...

Imagem
Encontros e desencontros, vidas perdidas e horas alcançadas. Vivemos na correria dos dias, no olhar sem ver, esquecemo-nos do amor, e ele? Será que ele se esquece de nós? Preocupamo-nos com pequenos pormenores, com horas perdias e com histórias ultrapassadas. Preocupamo-nos tanto que acabamos por perder o que a vida nos oferece, os sorrisos presentes, os amores que nos habitam e os destinos que, delicadamente, vão se cruzando com os nossos. Sobrevivemos demais e vivemos de menos, somos a mistura de ter e não ter, copos cheios de tanto e vazios de uma série de coisas. Amamos silenciosamente, sonhamos e cortamos o sonho, fugimos em distância mas será que isso faz a recordação dissipar-se? Não, certamente, a resposta será “não” quando o sentimento cresce em vez de diminuir, quando sentimos a saudade de um olhar, de uma presença que está tão perto mesmo que o toque seja adiado. Acredito que tudo tem um tempo mas, que somos nós que o criamos, que o vivemos, que o cuidamos e que fazemos com…

Talvez...

Imagem
Hoje tira um tempo, não leias estas palavras sem música, coloca a música que te deixo e deixa-te ir pelas frases que questionam. Beijos e Abraços e sejam felizes... Clica na música
Talvez um dia viverás o que queres, Talvez seremos apenas um em vez de dois, Talvez a voz do coração fale mais alto, Talvez os beijos que trocamos sejam reais, Talvez o destino nos cruze a alma, Talvez os sorrisos tenham significado partilhados por nós, Talvez o medo quebre e arrisquemos uma vez, Talvez a tua voz seja igual à minha, Talvez a vontade seja de agarrar o mundo, Talvez a verdade seja apenas nossa, Talvez a distância seja um pormenor num grande amor, Talvez o momento surja e tu nos meus braços ficarás, Talvez algum dia mostrar-te-ei este nosso mar de outra forma, Talvez sejamos o que nunca ninguém foi, Talvez ficaremos juntos provando um final feliz, Talvez sorriremos ao ver filmes numa noite de Inverno, Talvez serei o homem que se faz falta, Talvez serás a mulher que me faz acreditar, Talvez as horas cheguem a nós,

Veemente sentimento...

Imagem
Corpos despidos em cama ardente, Paixão intensa de um ser eloquente, Prosas, promessas e roupas rasgadas, Vidas vividas, outras penduradas, Paixão intensa depositada num respirar, São gestos ofegantes de quem sabe amar, Olhares trocados à luz de uma vela, Caminhos traçados nas mãos dela, Magia vivida compartilhada a dois, Momento presente sem pensar no depois, São riscos cometidos, frutos proibidos, Muralhas caídas em desejos vividos, São apenas palavras que debitam razão, Vozes que emanam de um mesmo coração, Noites em que dois se tornam num só,                                      Gestos, cumplicidades que formam um nó, Vida expressa em recordações sentidas, De quem não espera, vive sem barreiras construídas...




Confissões à média luz...

Imagem
Hoje deixo uma mistura de palavras que nada falam, que falam por tanto. Sejam felizes e hoje passarei pelos vossos blogs. Beijos e Abraços
Mantos de neblina em tela pintada. Fragmentos desfragmentados de dois corpos abraçados, duas almas beijadas. Sorrisos espelhados em escarlate vontade de um amante presente. Horas vivas, vivas histórias que te banham a vontade. Amor em formato de letras, letras vivas na imensa utopia alcançada pelas mãos de quem luta incessantemente. Vontade de ter, agarrar de um mundo que se dissipa nas noites em que os sonhos chegam ao teu cais, se ancoram ao teu peito. Pequena gosta do oceano que te banha, compasso descompassado de uma melodia que te corre nas veias, que se alberga no teu ser. Sede de infinito, infinito peculiar que se constrói no teu acto de amar, no sentimento que em ti renasce nas linhas que reinventas em cada novo projecto. Vida vivida, projecto em forma de gente, fado cantarolado na luz de um sol diferente. Serás tu diferente? Passos firmes n…

Incógnitas...

Imagem
Tirem um tempo, hoje vale a pena ler, pensar, agir, reflectir. Tirem um tempo para vocês, tirem um tempo antes que o tempo vos tire o momento que podem viver...
O que se procura realmente na vida? O que nos faz querer mais? o que nos faz sonhar mais? O que será que fazemos sem amor? O que somos se vivermos pelos outros? O que levamos se desistirmos de lutar? O que ganhamos se partimos sem ficar? O que aprendemos se nem sequer sabemos escutar? O que vemos se nem paramos para olhar? O que a vida se torna se tentarmos esquecer? Como é a história se nem capítulos sabemos viver? O que acontece quando acobardamo-nos aos nossos medos? O que fazemos se querermos é amar? O que crescemos se soubermos arriscar? Qual é o primeiro passo que deveremos dar? O que nos faz seguir sem olhar para trás? O que nos faz sorrir sem razão? O que procuramos numa outra pessoa? Quem realmente somos nós descritos por nós mesmos? Quem é a pessoa com que sempre sonhamos? Será que a pessoa conhece o nosso sentir? Os …

Séquitos da alma...

Imagem
Tirem um tempo e leiam as palavras que hoje aqui ficam. Tenham uma óptima semana. Beijos e Abraços
Nas prosas fala-se de vida, vida vivida, prosa sentida. São amores em que me perco para me encontrar, carne humana que me compõe, sonhos que me fazem avançar. Sou a mistura de um mundo em construção, repleto de partidas e chegadas formo-me homem, homem que encontra no amor a razão do seu próprio caminho.

Horas acordado, olho para um passado que lá ficou, hoje, sei que o caminho é em frente e que tanto há por viver. Mudanças que chegam, esperança num novo amanhã, naquele futuro idealizado pelos meus dedos desenhado. Sinto-me em casa, agora o simbolismo é diferente de outrora, espectros dissipam-se e a vontade é de agarrar cada minuto de uma existência em constante mutação.

Perde-se aquilo que não se cuida, morre aquilo pelo qual não se luta e as segundas oportunidades são desculpas que colocamos a nós mesmos para não arriscarmos uma vez na vida. Defendo que tudo tem um início que surge de …

Em nome de uma só memória...

Imagem
Hoje coloquem a música e deixem-se guiar pelas letras...
Somos efémeros seres, Humanos de vidas vividas e de outras por viver, Somos flechas vivas de um sentimento em construção, Amor presente em tempo de paixão, Sonhamos de mais idealizando um futuro, Futuro em mãos fortes de quem segura o destino, Somos bem mais do que os outros podem ver, Detentores de voz, donos do seu próprio saber, Partimos na fraca força de sentir, Caímos e levantamo-nos sabendo resistir, Somos a palavra calada que fala mais alto, Por vezes vivemos e outras apenas nada somos, Perdemos porque o tempo por nós teima em passar, Depois do que resta, apenas fica o saudar, Somos um só sentir, coração feito de amor, Procuramos de mais na vida não vendo ao nosso redor, Pensamos que a felicidade vive apenas por nós, Passa a vida e vemos que afinal estamos sós, O tempo não espera pelo nosso viver, O que hoje é presente amanhã pode nem o ser, Se um dia me perguntarem se soube sentir, A minha resposta será apenas um só sorrir...

Hoje pensem na vi…

Hedónico poema...

Imagem
Meias palavras, palavras meias, Vidas vividas e outras por viver,         Sentimentos escritos e tanto por falar, Mãos que procuram, abraços a esperar, Sorrisos camuflados em mantos de neblina, Olhares trocados de um destino imperfeito, Erros cometidos e uma dor no peito, Horas de espera e uma luta constante, Histórias escritas em papel errante, Vontade de correr e o mundo abraçar, São horas de lucidez que tem fazem amar, Amor presente em dias cansados, Poemas escritos a ti endereçados, São apenas palavras e nada mais que histórias, São fragmentos de mim em forma de memórias...

Se há coisas boas no nosso viver, uma delas é, certamente, a intensidade que as pessoas dão a tudo aquilo que mais desejam. Amores vão e voltam, mas o que fica são os fortes, os fracos dissipam-se...






Palavra, vida embrulhada em querer...

Imagem
Não há vontades inexplicáveis e muito menos razões desconhecíveis. O que há são momentos, pessoas e sentimentos que apenas nos fazem agir de forma diferente, apenas nos fazem seguir caminhos nunca antes percorridos. Se é para vivermos, que se viva a verdade daquilo que queremos, se é para sentir, que se sinta sem intervalos, barreiras ou fronteiras. No amor tudo vale, tudo conta, mas nem tudo dá os frutos que tanto desejamos. Não esperem de mais, hoje vivam, arrisquem, se não for por vocês mesmos, arriscam pelo tempo que pelo vosso corpo passa. Há coisas que nos fazem perceber que a vida é tão efémera e que ao partirmos sem lutar acabamos por perder parte da nossa história, parte da nossa vontade de sorrir. Palavras apenas são palavras e gestos, gestos completam todo um imaginário de contos reais e de sonhos realizados.

Que sejamos aventureiros, narradores e cantores das nossas próprias vidas, que sejamos o abraço que aperta, o beijo que pede mais, a voz que grita a vontade, a pessoa q…

As palavras que te deixo...

Imagem
Hoje como é um dia especial, deixo um verso e uma carta, tirem um tempo e leiam amor...
Dizem que o dia é dos amores, De amores vividos e partilhados,       Dizem que é o dia de dar, receber, será que receberás?
Dizem que são dias diferentes dos demais, Em que pessoas largam vidas e se tornam mais, Dizem que hoje tudo tem mais brilho, E tu? Tu seguiste o teu trilho?
Dizem que é um tempo em que vivemos a vontade, Em que duas pessoas se beijam em cada verdade, Dizem que o amor se torna rei, tu? Tu serás o que eu sonhei?
Dizem que o destino é o nosso sentir, Que para se viver temos de saber persistir, Dizem que esperar é o mais certo tu? Tu será que estás por perto?
Dizem que o homem deve dar de si, Que a história mais real é aquele que não tem fim, Dizem que o primeiro passo é o mais arriscado, tu? Tu será que me queres a teu lado?
Dizem que deveremos sonhar, Que quem vive é quem sabe amar, Dizem tanto sobre o amor, tu? Tu saberás o seu sabor?
Dizem tanto mesmo sem saber, Escrevem-se letras mesmo sem s…