Mensagens

A mostrar mensagens de Abril, 2011

Muito mais é aquilo que nos une do que o que nos separa...

Imagem
Senti o arrepio frio de uma noite que pensei que fosse quente, sai de casa apenas de manga curta porque pensei que o casaco me iria atrapalhar. Ao chegar a porta senti frio mas não quis subir porque jamais consegui tirar os olhos de ti, estavas como sempre linda e deslumbrante entre roupas bonitas e um jeito de ser que me cativou desde o inicio. Sabia que tudo iria ser como sempre, apenas olhares, sorrisos mas que jamais passaria disso porque todos nós conseguimos prender vontades, calar palavras, fugir de situações e virar as costas aquilo que temos receio de enfrentar de frente. O silêncio pairou e de repente a vida estava mesmo á minha frente, entre sorrisos rasgados, piadas que surgiam, pessoas que se revia, situações que se recordava, brindes que se tinham e acima disso tudo amizades que jamais se perdiam por entre o passar do tempo. Lá estavas tu e eu sabia que isso aquecia o meu coração nem que fosse por simples segundos em que os nossos olhares se cruzavam e a vergonha nos faz…

Mais do que partires foi levares contigo algo meu...

Imagem
Abri os olhos com um barulho estrondoso, acordei no meio de roupas rasgadas, de uma cama desfeita, de um espelho escrito com aquelas palavras que ficaram para sempre na minha memória. Tinhas saído daquele lugar onde tinhas sido feliz e bateste a porta deixando para traz uma recordação esquecida e um perfume em todas as minhas roupas que se cruzavam com as tuas. Corri assim que nem um louco para a janela e vi que o teu carro já lá não estava, que as flores que outrora te tinha oferecido acabavam por deixar cair as ultimas pétalas pelo passar do tempo e pela efemeridade que elas representam. Fugiste e assim levaste contigo o meu coração que neste momento tanta falta me faz, refugio-me naquelas pequenas recordações e num sorriso que jamais irei encontrar igual, quiseste partir e eu assim te deixei porque acima de tudo somos livres nem que seja livres na nossa própria mentalidade visto que vivemos constantemente com condicionalismos impostos e jogos do faz-de-conta. Agora aqui estou, sent…

Expressões de uma história que parece não ter um fim...

Imagem
Finalmente os pés conseguem pisar o chão, finalmente as mãos conseguem agarrar a terra molhada e sentir a fina areia a escorrer por entre os dedos. Pensei assim em correr mas o corpo apenas pedia um pouco mais de tempo para aproveitar aquele momento que se distinguia de todos os outros, pedia que ficasse naquele estado de liberdade e de força autêntico por mais uns segundos. Vi-te ao longe e logo o coração acelerou de uma forma que parecia querer romper a carne e saltar para fora do meu corpo que apenas era embalado pelo compasso do teu olhar e pelo teu jeito de ser, ao mesmo tempo natural, ao mesmo tempo mascarado por uma vergonha típica de que sabe o que quer e de quem se entrega aos sentimentos. Parei ali então entre o ruído de todos aqueles que me rodeavam e a imagem que tinha de ti, aquela imagem capaz de me prender mãos e pés e de me levar ao limite daquilo que sei que são as minhas formas de pensar e agir. Tens esse poder e não o consigo negar, tens o poder de me tirar as palav…

Confesso que é bem mais que um simples amor...

Imagem
Podia te confessar que apenas é amor, podia te confessar que não me sais da cabeça mas acima de tudo do coração, podia admitir que jamais saberei que irei conhecer alguém como tu. Mas do que me vale? Se te considero bem mais do que uma simples paixão, algo mais, algo que não sei explicar e muito menos colocar por estas simples palavras que aqui escrevo e que esperam que sejam lidas. Há vezes que a hesitação toma conta de mim, que o receio invade e não me deixa apenas ser eu, simples, verdadeiro mas acima de tudo sentimental no que toca a estes assuntos do coração. Não te esquecerei e muito menos irei esquecer tudo aquilo que simples olhares simbolizam, que simples silêncios representam e que simples pessoas que marcam. Hoje apenas sei o que quero mas também sei claramente o que a vida me pode dar e tudo aquilo que na realidade mereço…

Porque todos nós acabamos por querer esquecer algo do passado...

Imagem
Olhei para o vulto daquilo que era eu, olhei para uma sombra que já de nada tinha a ver comigo, deixei tudo para trás e parti em direcção a minha felicidade. O tempo perdido saberia que não o voltaria a possuir mas achei que seria a hora de voltar a ser feliz, peguei numa mala, coloquei os fantasmas de um passado, limpei as lágrimas com um papel que coloquei nessa mesma mala e despi todas as roupas que tinham o cheiro de tempos que queria esquecer, fechei a mala e coloquei no fundo do guarda-fatos onde saberia que não iria voltar a mexer, e onde tudo ficaria esquecido nem que fosse numa memória selectiva que prima por esquecer o que não se gosta e recordar o que de melhor nos aconteceu. Sai para a rua e sorri apenas, corri pela praia e sentei-me perto de um rocha a ver o mar, sei que aqui é o meu canto, o meu refúgio, aquele lugar em que gosto de estar nem que seja apenas por um dia, por uma hora mas onde consigo colocar todas as ideias no lugar e todos os sentimentos se tornam bem ma…

Fazes-me falta...

Imagem
Reconheço-te em cada sorriso, em cada expressão, em cada olhar é até mesmo em cada palavra de pessoas que passam pela minha vida. Não sei se serão saudades mas assim vou colmatando a falta que tenho de ti, a falta do teu cheiro a saudade do teu olhar mas principalmente vou acalmando o coração e fazendo com que este aguente até te voltar a ver. Não estou a teu lado, mas sei certamente que essa seria a minha maior vontade, poder te agarrar, poder te sentir, mostrar que o mundo e que os sonhos vão para além do preto e branco e podem ter as cores que eu e tu os dermos. A minha vontade é correr, passar dias e noites a andar, saltar barreiras, destruir muros, acabar com fronteiras e no final poder te pegar na mão e fazer de ti a pessoa mais feliz do mundo. Escrevo assim os sentimentos que transbordam por entre a pele e saiem de uma forma natural, escrevo aqui hoje aquilo que é fruto de uma realidade vivida e não apenas sonhos e histórias onde todos nós nos revemos. Há dias em que temos de s…

Porque o amor nem sempre é mau, e porque amar é mais um sentimento com que vivemos...

Imagem
Quantas vezes gritas? Quantas vezes aprisionas as tuas vontades com medo de falhar? Pega-me na mão e eu levo-te a descobrir o que mais há de verdadeiro, agarra-te a mim, não me largues, que eu conduzo-te com os meus sentimentos e certamente eles não me irão falhar. Fecha os olhos e confia em mim, alguma vez te enganei? Não engano aquilo que eu tenho de mais verdadeiro, e não desisto daquilo que eu acho que me possa fazer feliz. Descalça-te e sente as areias finas da minha praia, do meu refúgio, daquele local que deixa de ser meu e passa a ser nosso, larga as sandálias e corre comigo para o mar, sente o bater das ondas nos teus pés, sente o pulsar do meu coração e sente a segurança da minha mão que agarra na tua como nunca agarrou na de ninguém. Corre comigo pelo areal, deita-te comigo e conta as estrelas do céu, encosta-te em mim e aquece o teu corpo no meu na noite fria que se faz sentir. Sabes que comigo tudo pode ser diferente como eu contigo sei que o meu mundo tem outra cor, outr…

Tudo é diferente porque és diferente...

Imagem
Quantas vezes queremos olhar mas a dor é maior? Quantas vezes queremos amar mas o medo de arriscar apodera-se de nós? Quantas vezes queremos esquecer mas o coração não deixa? Quantas vezes queremos partir mas não o conseguimos? Vivemos sempre assim, com um pé em terra firme e outro no ar, suspenso da realidade, agarrado aos sonhos que temos e a uma vontade incontrolável de sermos felizes. Somos humanos e logo temos os nossos receios, não acredito em pessoas que dizem que não têm medos, que tudo é normal e o mais certo é irmos vivendo. Tudo isso é mentira, temos medos, temos receios, temos sonhos, os dias são diferentes, as pessoas são diferentes e nós não temos o poder de prever o que irá acontecer amanhã e muito menos as oportunidades que irão aparecer nas nossas vidas. Vivo assim, sabendo que tenho receio de arriscar mas que se não o fizer apenas sobrevivo e não vivo e se eu nasci, se cresci, se me tornei no homem que sou hoje é para viver, cada dia, cada hora, cada minuto e até mes…

Saber que apenas sinto...

Imagem
Pegar na bagagem e partir em direcção a outro caminho, assim foi, ele partiu depois de tanto lutar, a força já não era a mesma, a vontade parecia se desvanecer no meio de palavras mudas e de sentimentos calados, o amor parecia não existir e a falta do mesmo magoou-o e deixou-o com o coração partido em pequenos pedaços que agora o mesmo tenta colar com o passar do tempo. Não irá olhar para trás, porque se olhar irá recordar de novo episódios que apenas quer esquecer, não ouvirá as mesmas músicas, não irá sentir os mesmos cheiros mas acima disso vai tentar esquecer e virar a página de mais uma etapa da sua vida. O mundo pareceu pesado nesse dia, mas ele conseguiu se erguer e agora não quer cair no erro de depositar o seu mundo em mãos que acabaram por não o suportar, mostrar sentimentos e apenas apanhar um vazio de sentires que o deixaram um pouco mais frio, ele agora quer viver e disso não vai abdicar nem que seja por pequenos instantes. Mais do que textos escrevo estados de alma, uns …

História de um verbo Amar...

Imagem
Olhou ele para ela, ela com um olhar envergonhado apenas sorriu e de novo voltou a olhar para o horizonte, ele chamou-a pelo sentimento e ela respondeu com o seu coração, ele pegou na mão e ambos fugiram para um lugar onde estivessem apenas os dois. Ela sorriu de novo e ele sorriu para ela também, ambos trocaram beijos numa noite um pouco diferente das outras e ali permaneceram, impáveis e serenos a ver uma ria que acompanhou a história dos dois. As madeiras daquele pontão estavam molhadas devido a humidade que se fazia sentir, mas ele despiu o casaco que trazia e envolveu ela com aquele calor material mas acima disso com o calor do seu coração. Falaram, contaram receios, sonhos e até mesmo trocaram simples promessas características de um casal que se ama e que projecta sonhos e vidas em conjunto. Não se sabe o que se vive amanhã por isso o mais importante mesmo é vivermos o presente e apenas o presente, construindo barreiras, derrubando outras e no fim fazer daquele dia um dos melhor…

Porque são importantes...

Imagem
Queria partir mas tinha os pés atados, queria não ver mas os meus olhos continuavam abertos e não se queriam fechar, queria não ouvir mas a tua voz entrava pelo meus ouvidos como uma música que nunca tinha ouvido, queria dormir mas não o conseguia. Estava assim, sentado á espera que me conseguisse desatar, estava sentado no chão frio de um inverno que teimou agora em voltar após os primeiros raios de sol quentes de uma primavera que há muito tempo desejo, os meus olhos brilhavam pois revia-me nos teus e a minha vontade era poder partir em tua direcção. O medo prende-me, o receio não me deixa avançar em frente, não sei se assim será melhor mas penso que sim e com isso vou vivendo. Sabes que não gosto do que é fácil, não gosto daquilo que me cai nas mãos mesmo sem antes o tentar ter, gosto de algo que seja verdadeiro e a verdade não se encontra em facilidades e muito menos em palavras proferidas sem sentimento. O vidro estremece pelo vento que faz lá fora e sei que aqui em casa estou be…

Não sou o único a olhar o céu...

Imagem
Sentir, apenas sentir e não saber pensar, saborear, apenas saborear e esquecer tudo aquilo que de mal aconteceu, amar e apenas amar sem palavras, sem gestos, apenas com o olhar, apenas com o coração. Percorro esta sala pensando o que será mesmo a vida, se amar vale a pena, se sentir é bem melhor do que apenas pensar. O chão torna-se gasto pelas passagens e pelo rastejar dos meus pés cansados após mais um dia de trabalho necessário, o sol já não bate na janela e o vento parece agora acalmar e deixar assim que eu caia num sono merecido. Quero dormir mais não quero fechar os olhos, quero adormecer entre os lençóis mas falta-me algo, faltas-me tu para dormir descansado e com isto fazer com que os meus sonhos de criança se tornem realidades vividas. Não procuro grandes coisas, também não peço muito apenas quero sorrir e sei que isso depende de pouco, de um pouco capaz de mudar a minha vida e de fazer de mim alguém muito diferente daquilo que fui ontem. Encosto a cabeça a este sofá que me a…

Guia-te por aquilo que tenho para te dar...

Imagem
Ser livre é das melhores sensações do mundo, ao mesmo tempo algo tão simples e natural e por outro lado algo difícil de se conquistar. Sonhamos com a altura de sermos livres, com o sair da casa dos pais, com o viver a vida de forma só nossa, com a vontade de descobrir e conhecer novas coisas, e com uma serie de outras experiências que acabam por invadir o nosso imaginário. Assim é e procuramos constantemente esta liberdade, desprendendo-nos das amarras que a vida nos coloca, das prisões que a sociedade nos inculcou e da separação entre certo e errado que os nossos pais no ensinaram às suas maneiras. Ter e não ter, possuir ou então libertar, vivemos com estes dilemas, com estas questões que acabam por nos deixar assim, sem saber o que fazer e acima disso sem saber o que na realidade é o mais certo. Amar é assim, acredito que não é prender, é ser livre, é saber estar, saber agir, saber sentir mas especialmente saber respeitar aquela pessoa que nos completa e que faz dos nossos dias, dia…

Será que olhas como eu?...

Imagem
Sempre consegui ouvir a tua voz, entre pessoas a correr e outras que apenas falavam e trocavam promessas de amor numa noite que parecia apenas mágica. Não esperei nada, não esperei mesmo nada mas sempre soube que tudo isto tinha uma razão de ser, que tu tinhas de entrar na minha vida e que eu tinha de entrar na tua por mais que tentamos lutar contra isso. As palavras surgiram de forma clara como não poderia deixar de ser, a simplicidade deu lugar a algo mais verdadeiro e não aquilo que antes nem se sabia bem o que era. Sempre lutei e tu sabes bem disso, nunca desisti nem por um pequeno instante, espero e continuarei a esperar entre palavras mais animadas e histórias que apenas escrevo na esperança que um dia leias. Todos estes textos são fantasias, outros pequenas verdades e outras histórias em que todos nós nos gostaríamos de rever nem que fosse por pequenos instantes desta nossa pequena e efémera vida. Não acredito que tudo tenha um fim sem um princípio, que tudo acabe mesmo antes d…

Peças, simples peças de um puzzle ainda em construção...

Imagem
Após uma noite atribulada e um sono que acabou por me invadir a alma, acabei por dormir tendo a certeza que assim iria poder me lembrar de tudo aquilo que apenas me faça sorrir e saber que tudo isto vale a pena. Acordei e pisei o chão do meu quarto ainda quente pelo sol que nele batia, dirigi-me ao baú de recordações e fui revivendo pequenos fragmentos de uma vida passada, na certeza porém, que tenho saudades de um futuro e não de um passado que acabou por ficar esquecido, entre memórias mais íntimas e músicas já não ouvidas. As minhas mãos tremeram e com força segurei num álbum que apenas era mais uma das tantas recordações, abri e de ele saíram sentimentos, cheiros e até mesmo vidas que já tinham sido sentidos e saboreados. Assim sei que não passo ao lado da vida e que sei que estou mais vivo que nunca, os meus pés pisam o chão sem receio, a minha mão procura a tua por mais tímidos que sejam os sinais, o meu olhar não se afasta do teu porque não o consigo fazer e o meu sentimento nã…

Não são apenas simples palavras...

Imagem

Nem tudo tem uma explicação...

Imagem
Sonhei que eras bem mais do que aquilo que és, apenas sonhei e assim passou uma noite de um sono atribulado mas ao mesmo tempo sentido. Acordei com as pernas a tremer e fui ao frigorífico na esperança que com isso conseguisse que aquele sintoma desagradável passasse. Comi e assim me sentei na varanda que tantas vezes me sento, naquela varanda onde escrevo, pinto e até mesmo canto. Não sabia o que tinha e o sonho apenas me continuava a invadir os pensamentos, sonhei que eras mais, mas eu não queria esse mais, porque é mesmo assim que te quero, com os teus defeitos, com as tuas virtudes e com a tua forma espontânea e ao mesmo tempo natural de ser. Não sei se tudo isto apenas é uma ficção ou até mesmo uma forma estranha de viver mas assim continuo com tudo isto guardado no meu coração e com o frio de uma noite que se avizinha. Sinto-me em casa e isso ajuda a entender que nem sempre as nossas escolhas são as mais acertadas, que pensamos conhecer algo que no final torna-se uma grande desil…

Porque apenas tu és importante...

Imagem
Caminhava descalço num chão frio em direcção a um lugar que nem sabia bem qual, caminhava entre passos apressados de pessoas que queriam partir e passos lentos daqueles que apenas queriam lá permanecer. O vento batia-me no rosto e o meu corpo era empurrado por aquela multidão que ali se encontrava. Olhava em redor e via contrastes, sombras de pessoas que já foram e apenas outras que se fantasiavam para poder comer e sobreviver neste nosso pequeno e irregular mundo. Pensava em tudo e os meus olhos olhavam na direcção daquilo que era mais belo, daquilo que era diferente de tudo o que tinha visto, vivido, cheirado e até mesmo sentido. Os meus pés apenas andavam e a minha vontade era de poder encontrar a tua cara espelhada em tudo aquilo que observava e desejava. Ia assim vivendo numa cidade cheia de magia e ao mesmo tempo cheia de nada, faltavas lá algo, faltavas lá tu. Cheguei então ao cimo daquele monte que percorri com todas as minhas forças e pela primeira vez, naquela cidade, fui li…

Não partiria sem te dizer isto...

Imagem
Sorri por instantes e vi também to teu sorriso entre gestos envergonhados e sombras daquelas que foram as outras pessoas que lá estavam. Olhei e voltei a olhar e nem mesmo o sabor quente e ao mesmo tempo amargo de um café desviou o meu olhar, tudo parecia diferente e ao mesmo tempo tão real, a vontade era grande mas o receio foi maior e o que poderia ter sido não foi e o que poderia ter sido dito acabou abafado por uma serie de risos e histórias cómicas. Olhei assim e peguei no meu porta-chaves que tem aquele símbolo especial que não esqueço, cheguei a casa e os pensamentos pareciam não querer acompanhar-me e apenas queria ficar contigo, abri a janela e respirei o ar frio de uma noite diferente de todas as outras, fiquei a olhar em frente a ver aviões a descolar rumo a locais que nem eu próprio sabia quais eram. Dei por mim a sonhar e a imaginar como tudo seria diferente, como tudo poderia ter-se dado de outra forma. O tempo passa mas nós temos o dom de poder voltar nem que seja a peq…

Uma manhã diferente de todas as outras...

Imagem
Ouvi uma música ao longe, não sabia se era realidade ou pura ficção de um sono por onde estava a passar, levantei-me apressadamente para a janela na esperança de te ver lá em baixo com o teu sorriso, entre roupas espalhadas pelo chão e fotografias rasgadas consegui me encostar ao vidro molhado pela humidade de uma noite que passou. Vi ao longe o reflexo do que parecia seres tu e a tua simplicidade de andar, não queria acreditar no que os meus olhos viam naquela simples manhã, despachei-me, vesti uma blusa que estava enramalhada em cima da cama, peguei nas primeiras calças que as minhas mãos agarraram e por último calcei uns sapatos que há imenso tempo na calçava. Corri assim para a porta da minha casa, despenteado, mal vestido mas o que interessava mesmo era te poder ver de perto, sentir a tua presença, o teu perfume, o teu amor, assim foi, consegui te alcançar e até mesmo sentir e tu com o teu sorriso melhoraste o meu dia. Não sabia o que fazer, o meu corpo termia e a minha vontade d…

Só voltarei se for contigo...

Imagem
Levantei-me da cama e pisei com os pés descalços o chão frio de uma noite diferente de todas as outras, debrucei-me na janela a ver o luar na esperança que este me trouxesse o sono de volta. Era uma noite inquieta e os pássaros não me deixavam dormir porque estavam a cantar na árvore que acabou por tapar toda a minha janela de um momento para o outro. Estava escuro e tive de ligar o candeeiro a óleo que se encontrava naquela casa perdida no meio do nada. Parecia um filme, aqueles filmes que apenas assistimos no cinema pensando que nunca acontecerá na realidade ou que apenas tudo não passa de uma ficção que os realizadores inventam. Os meus passos ouviam-se pelo estrado de madeiras ocas e ao mesmo tempo velhas daquele casario longe da civilização e perdido no meio do tempo, as horas não passavam e a minha vontade de ir era enorme. Tinha recordações e os fantasmas de tudo aquilo que passou começaram a me invadir de novo e eu sem forças para os deter, foi então que a primeira lágrima cor…

Porque quero e não conheço o verbo desistir...

Imagem
Vivemos ou até mesmo acabamos por sobreviver, não sabemos com o que contar, não sabemos por onde ir e muito menos não temos o dom de saber como irá ser o dia de amanhã, se apenas será uma réplica daquilo que já vivemos ou então, pelo contrário, um dia diferente, com pessoas diferentes, historias diferentes, desejos novos e sentimentos mais verdadeiros. Gosto de viver a novidade, gosto de sentir que apenas sou um ignorante e isso me torna feliz, gosto de ir aprendendo e não de pensar que já sei tudo e que a vida já não tem o poder de me ensinar mais. Aprendo aqui, ali, alem e até mesmo com erros que acabo por cometer, aprendo com a pessoa que está na rua, com aquela que está em casa e da mesma forma com quem tem o poder da palavra e o dom da sabedoria. Aprendi assim contigo, vivi, senti, perdi e até mesmo acabei por ganhar aquilo que hoje sou e aquilo que me faz viver e querer como quero e vivo. Amo assim as pequenas palavras e os simples olhares, amo saber que estou aqui e tu aí e que…

Nunca seria o mesmo sem ti...

Imagem
Olhei pela janela do carro, embaciado pela humidade de uma noite fria e vi ao longe um reflexo daquilo que pensei seres tu, nesse momento não sabia o que fazer, não sabia o que sentir, o meu corpo ficou estático e o meu coração parecia querer gritar o teu nome na esperança que olhasses para trás e que os meus braços agarrassem os teus e assim pudéssemos encostas os nossos corpos e estas nossas duas almas. Foi então que um clarão vindo de outro mesmo carro, deitou aquele meu sonho e aquela minha esperança por terra e vi que afinal não eras tu e isso entristeceu tanto o meu dia como a desejo de te poder encontrar numa qualquer esquina daquele local que sei que é teu e que não me importava que fosse nosso. Descobri que com a simplicidade e com a humildade de dias pacatos conseguimos ser bastante felizes, que dessa mesma simplicidade surge a verdade e não uma representação que costumo assistir sempre que vivo nestas pequenas cidades em que todos têm a ambição de ser melhores que os outros…

Simples beijo...

Imagem
Pedia-te apenas um beijo e isso chegava para me levantar e sair de casa para mais um dia de trabalho, ouvia o teu suspirar e sentia-te ali quente, viva e acima disso disposta a viver para sempre a meu lado. Tomava o pequeno-almoço apressado e saberia que a noite quando chegasse apenas seriamos os dois e mais ninguém, esquecíamos o que no rodeava e apenas nos alimentávamos de um amor incondicional, aquele amor que tão bem conhecemos mas que por vezes acaba esbatido entre sombras e até mesmo nuvens mais carregadas. Amávamo-nos entre os lençóis pintados das cores dos nossos próprios sonhos e as nossas mãos agarravam-se umas às outras e percorríamos todo o corpo em movimentos compassados, sentidos, fortes, desejados em que eu apenas te pedia para me matares o desejo e tu a mim me pedias o mesmo. Rasgava-mos sorrisos, despertávamos desejos e até mesmo fantasias mas no final de contas saberíamos que nos completávamos, que éramos a peça certa um do outro e que conseguiríamos viver simplesmen…