Fiquei para sempre à espera de ti...

Não foi difícil deixar-te partir porque lá no fundo sabia que nunca foste minha, não foi fácil fechar os olhos mas virei assim as costas e contei até dez para que desaparecesses no horizonte, no meio da neblina daquele dia que jamais irei esquecer. Vi-te assim partir de malas e bagagens e com o coração vazio, disponível para ser ocupado de enganos ou até mesmo de amores que possas encontrar na tua caminhada que acredito que seja longa. Eu continuei a caminhar porque jamais me esqueço dos meus sonhos e das fantasias que ainda consigo criar por mais que a vida me mostre que a realidade é bem mais dura, bem menos colorida. Os pés sentiam o frio da areia daquela praia que um dia foi nossa, as ondas batiam com força e aquela maresia que acabava por se assemelhar a pequenas gotas de água batiam no meu rosto e faziam com que as minhas lágrimas custassem menos a cair, a força não era muita mas a vontade de continuar em frente era ainda maior que qualquer lamentação, que qualquer dor, maior que qualquer desilusão. Sei certamente que não te perdi, mas sim perdi um pouco de mim contigo, perdi um pouco daquilo que pensava ser uma historia contada a crianças e que as leva a sonhar com um final feliz, mas tudo mostrou-me a realidade, a verdadeira realidade que todos tentamos camuflar, entre paixões repentinas, gestos escondidos, palavras por dizer, olhares desviados e uma série de outras tantas coisas que nos permitem respirar um pouco e não vivermos com aquela constante falta de ar como se o mundo nos prendesse e nós apenas nos deixasse-mos prender. Quero que saibas que poderás caminhar para o teu lugar e eu poderei caminhar para o meu, as nossas pegadas na praia podem se apagar com o passar das ondas, o cheiro da nossa pele pode ser esquecido por outros perfumes, o sorriso substituído por outros tais mas o sentimento esse nunca se encontra igual, podem ser imitações construídas por ambos mas certamente nunca serão os mesmos e se tanto eu como tu imitamos aquilo que vivemos é que tudo não foi em vão mas sim teve uma razão de o ser, um pedaço de ti aqui ficou e um pedaço meu levaste contigo. Não é o teu pedaço, não é o meu pedaço mas sim pedacinhos de mim para ti...

Comentários