Mensagens

A mostrar mensagens de Dezembro, 2012

Um novo ano...

Imagem
Nesta mudança de ano, neste começo de um novo ciclo, não se pede muito porque esse mesmo muito somos nós que o temos de construir. Sendo assim, que este ano traga mais sorrisos, mais amor, mais sonhos, mais projectos, mais dias de praia, mais noites com amigos, mais sentimentos partilhados, mais pessoas com bom coração, mais verdades que nos façam bem, mais aventuras, mais histórias, mais músicas e muito mais sabores. Que tudo venha em conta, sem demasia, mas também sem carência também. Que este ano revele vontades, que este ano dê coragem de corrermos atrás do que, verdadeiramente, queremos. Que este ano me faça crescer, me faça ver, me faça te ter, me faça acreditar que os caminhos que traço sejam os mais reais. Peço para que o erro seja menor, para que o brilho do olhar aumente, peço beijos, abraços, peço e vou na busca de um conto em que nós dois possamos ser felizes. Neste ano, dispo-me das velhas roupas, dos velhos vícios e daquelas mágoas que por aqui decidiram ficar. Que este …

Hora de mudar...

Imagem
Não cales o sentimento que te corre por entre o brilho do teu olhar, não fujas de ti, não te agarres a algo que não és. Forma em ti o mundo que te irá alimentar, bebe sorrisos, alimenta-te de verdades. Não partas se a tua vontade é ficar e nunca fiques se partir é o caminho certo. Não te percas no tempo, não te esqueças do passar das horas. Agarra com força, vive hoje e não esperes que o amanhã te dê algo sem tu nada fazeres. Erra e aprende, ninguém nasceu ensinado mas todos nós podemos tentar ser melhores. Não chores pelo que partiu, não te agarres a algo como um dado adquirido. Aqui fala-se de pessoas, e pessoas de verdade, conquistam-se todos os dias, amam-se sempre e não apenas num início de uma história de amor. Cuida do que te faz sorrir, preserva o que dá sentido à tua vida, deita-te feliz e acorda com uma vontade de vencer. Não ignores o que te faz recordar, não aprisiones o que de melhor tens, porque amar jamais será um erro, lutar por um amor já mais será perder tempo de um …

Descontínuos fragmentos...

Imagem
Fragmentos desfragmentados de um amor vivo em utopias, sentimentos dispersos, palavras difusas. Mundos trocados entre caminhos erguidos nas mãos de quem luta, são simples palavras, palavras antagónicas de quem se contradiz. Amores dispersos na neblina de velhos espectros, imensidão de mar, tudo condensado em simples beijos, em eternas histórias. Coração escárnio,  vermelho, escarlate sangue que corre por entre as vontades mudas de gritos internos. Mudanças presentes, recordações ausentes, passados remetidos para amores proibidos, amores erguidos sobre castelos feitos de cartas. Presente que vive de imensidão, palavras misturadas em sentimentos que se afastam, que te tocam, que o teu corpo beijam. Não são mais do que irreais contos, contados por um contador, narrador de prosas e aventuras, de versos que falam de amor. Aqui padece o que de mal existe ao olhar de quem vive num mundo ausente, aqui o sentimento vive nas pequenas memórias, nas grandes atitudes esquecendo-se de contemplar as…

A simplicidade de amar...

Imagem
Na vida, nesta vida, dás por ti a amar, a querer, a pedir, a sonhar. Independentemente da tua vontade começas a sorrir com um olhar, a sentir com mais intensidade, a dormires mais agitado(a), a saberes ainda menos de ti. Chega sem bater à porta, o amor, invade o teu peito, fazendo-te chorar, fazendo-te sorrir. Começas por duvidar, por sentir emoções que desconhecias, por rires que nem um perdido(a) e por corares mesmo sem querer. Podes nem saber o que é paixão, podes nem conseguir exprimir o que é amor mas quando dás por ti, estás apaixonado(a). Engraçada esta forma de vida, engraçado como descobres por ti o que antes desconhecias, quando começas a sentir um turbilhão de sentimentos e aquele frio na barriga que tantos te diziam que eram “borboletas”. De um instante para o outro começas a conjugar tudo de outra forma, começas a ver outras cores, a olhar outros pormenores e, nesse instante, encontras-te em ti, encontras-te numa outra pessoa também. Começam assim a não existir desculpas,…

O passado presente de um futuro em construção...

Imagem
Hoje deixa-te guiar pelas palavras, tira um tempo e vive, vive hoje porque amanhã pode ser sempre tarde demais...
São cardos, são prosas, poemas meus, sentimentos livres e um sorriso no olhar. São o seguir do seu rumo, a construção de um destino, o sentir de um pequeno mimo. São o querer com uma força sobrenatural, são o ficar, são o amar. Instantes são estes, instantes em que tudo se quer, em que nada se esquece, em que a recordação fica no presente e o passado transforma-se numa lição. É assim que sou composto, de pequenas coisas que formam uma grande história, de pequenos pormenores que tantos ignoram mas que, para mim, tanto dizem. Gosto da simplicidade de olhar querendo ver, de ver agarrando, de abraçar as palavras e de saber que o futuro será o resultados das procuras e das acções que tenho. Vivo falando de amor e não poderia ser de outra forma, falo de sentimento e cada linha que aqui possa ser lida, guia-nos para a força interior que todos temos e que, por vezes, esquecemos de ap…

Pedaço de Mim...

Imagem
Agarra o que queres, vive o que desejas, luta pelo que sonhas, ama o que te faz sorrir. Não percas tempo apenas vendo o tempo passar, não te aprisiones ao medo, não receies errar. Forma no erro uma aprendizagem, da queda uma forma de te mostrares forte e, do querer, forma a estrada que te levará a um futuro feliz. Faz de ti uma pessoa diferente, não te iguales a ninguém, não te subestimes mas também não subestimes os outros. Não te enganes, não enganes os outros, o amor nasceu para ser vivido e as histórias avançam no tempo, fazendo-nos perder o que não agarramos, fazendo-nos viver aquilo pelo qual tanto lutamos. Sorri, chora, agarra com força, beija, olha, partilha, a vida é feita mesmo assim, para ser vivida, todos os dias, a todas as horas, sem desculpas, sem intervalos, sem tempos, sem barreiras. Sê livre, fomenta a liberdade das tuas escolhas e não sigas por atalhos, somente, por estes serem mais fáceis. Nunca te esqueças, o que facilmente se consegue, facilmente se perde. Não d…

Intervalo...

Imagem
Hoje deixo uma história, real, irreal, nunca se sabe. Tenham um bom dia... Decidi mudar, o meu olhar perdeu o brilho e há algum tempo via o sorriso desvanecer perante as minhas mãos. Parecia chegado a um beco sem saída, a um beco em que me perdia, em que me sentia perdido do meu próprio sentir. Eram partidas sem chegadas e um sorriso que estampava somente para camuflar os gritos mudos do meu coração. Escrevia como refúgio das minhas hesitações, como escape para um mundo em que não me encaixava. Falar de amor era a forma que sentia de fugir de mim mesmo, de fugir da realidade que me tirava mais que dava, que me roubava os sonhos que ainda ia sonhando. Chegou o momento em que tive de alterar tudo, em que tive de mudar a forma de ver, de falar e até mesmo a forma que de escrever, aquela forma simples em que, humildemente, falava de sentimentos para que todos os lessem. Hoje já não falo mais de nada, já não falo mais de mim, porque em mim me perdi, perdi esta vontade que tinha, este sorris…

O meu Natal

Imagem
Poderia falar de tanto neste dia, poderia falar de sorrisos, do calor do lar e do aconchego da família. Neste dia, que tantos acreditam ser mágico, poderia falar na comida, nas pessoas à volta da mesa e até mesmo da curiosidade em abrir os presentes. Poderia falar em tudo isso, poderia falar em tudo mais, se este texto tivesse sido escrito há algum tempo atrás. Aprendi a dar outro significado a este dia, aprendi a ver ele de outra forma, despido de presentes, despido de objectos que não significam o propósito deste dia, nem a razão do mesmo existir. O que sabe bem, o que sabe bem nestas horas é o abraço apertado daqueles que mais nos são próximos, neste dia, o que sabe bem é pedir um desejo, pedir a realização de um sonho ou até mesmo de projectos que parecem não querer avançar.No dia de Natal, vejam mais, agarrem mais, digam mais, sintam mais, vivam o que querem e não apenas olhem para a nova roupa que ganharam. Não sei, mas tudo o que via antes no Natal já não vejo, o que via antes …

Um dia como tantos outros...

Imagem
Hoje tira um pouco de tempo, coloca uma música e deixa-te guiar pelas palavras, pelas palavras que falam de amor. Se todos tirássemos um pouco de tempo, todos os dias, para ouvir, ler e sentir amor, certamente, seriamos bem mais felizes. Beijos e Abraços São prosas, prosas que falam de amor, de um amor vivido, sentido, sonhado em cada dia que me levanto e luto por mais um querer. São horas em que sorrio, em que sinto, por entre as telas pintadas e as músicas que dedilho neste meu piano. E o querer amar, o conhecer o amor como as linhas das minhas próprias mãos, como resultados dos caminhos que escolho. Dias de amor, dias de vida presentes naquelas histórias que vou escrevendo, que vou erguendo sobre batalhas que travo na busca daquilo que me faz bem. Foi o crescer não só por fora, foi o explorar outra forma de vida, o sentir de forma diferente, tornando-me narrador do meu próprio viver, contador de histórias que utilizo para me embalar. Falo do que me faz feliz, falo do que me enche de…

A minha forma de amar...

Imagem
São nos momentos em que nos encontramos, são nas horas em que revemos todo o nosso viver, em que sentimentos sem presas, em que amamos sem motivo. São momentos que nos compõem, instantes que nos definem num bailado entre o ter e não ter, entre o ficar ou o partir esperando não encontrar, novamente, o passado. Somos a nossa própria história, um livro aberto de segredos que almeja um final feliz, que sonha com uma vivência feliz. Somos compostos de tanto, de tanto que nos define que, por vezes, esquecemos que tudo isto, que este destino que tanto falamos, é resultado do que fazemos, do que amamos mas, mais importante, da força que temos em arriscar, vivendo mais um sonho, erguendo mais uma vitória. Somos sorrisos e abraços, somos bem mais do que os outros vêem porque, este nosso corpo, é apenas a moldura de um fotografia tão rica, de uma imagem que nem todos conseguem decifrar. São nestas horas que vemos que a vida passa num sopro, que vemos que o tempo não pára e que nós não devemos pa…

O que em mim sinto...

Imagem
Sento-me aqui, nesta cadeira que tanto me acompanha, neste meu refugio que conhece todos os meus segredos. Tomo um golo de café e vejo a vida passar perante os meus olhos, veja o que ficou e tudo aquilo que se desvaneceu pelas horas que por este meu corpo passaram. São dias bons e dias maus, tudo contemplando num só viver, tudo contemplado numa história que se escreve todos os dias, que acrescenta mais um capitulo a cada momento em que me levanto vivendo mais um pouco daquilo que quero. São nestas horas destas, nestas horas de restrospetiva que vemos o que nos agarra, que vemos aquilo que nos compõe. Sou assim, chego à conclusão que sou um ser humano errante, um ser humano que sonha mas, sobretudo, um ser humano que aprendeu a ver a vida de uma forma diferente tentando habituar-se ao ritmo do mundo que o rodeia. Acredito nas minhas verdades, naquilo que o meu olhar vê e não noutras palavras, noutras formas de distorcer a realidade ao proveito de cada um. Sou sonhador e não me canso de s…

O futuro em olhar presente...

Imagem
Há um dia em que assumimos a mudança, em que vestimos a coragem e lutamos pelo que verdadeiramente queremos. Há momentos assim, em que existe uma ausência do medo, permanecendo apenas, a vontade que temos de viver, a vontade que temos de ser felizes. É nesses dias, nessas horas que temos o mundo na nossa mão, que vemos com claridade o que queremos, o que nos faz bem mas, sobretudo, o que nos dá sentido a vida. De um momento para o outro passamos a ser heróis, heróis do nosso próprio viver, sonhando e escrevendo uma história tão nossa, uma história que será sempre o orgulho dos nossos olhos, a razão do nosso sorrir. Tão pouco custa viver se dos erros formarmos lições, tão pouco custa lutar se aprisionarmos o medo antes que o medo nos impeça de avançar. Eu aprendi, com este tempo que vos falo, que tanta coisa é efémera e que, não devemos, em situação nenhuma, abandonar os desejos que temos e os projectos que, afincadamente, vamos juntando a nós, ancorando ao nosso querer. Esta vida não …

O viver nas tuas mãos...

Imagem
Coloquem a música e deixem-se guiar pelas palavras, pela força que temos de dar em toda a nossa vida... Somos pequenos, nesta vida somos tão pequenos. Podemos viver, podemos sentir, agarrar e sermos felizes mas tanto tempo perdemos perdendo tempo naquilo que nem sequer sabemos se é real. Vivemos na inconstância dos dias, vivemos a fraca força do querer e partimos sem ficar. Vivemos dias sozinhos, dispersos na imensidão das pessoas, sentindo o que queremos e guardando o que sentimos. Esta vida, a cada dia que passa, mostra-me, cada vez mais, que deveremos viver o que desejamos, arriscando, porque nunca se saberá se amanhã é tarde demais. Vivemos sonhando e tantos partem com os bolsos cheios de sonhos, com o coração cheio de histórias que nem foram vividas, que nem foram sentidas, tornando-se apenas recordações que perduram, recordações que nos fazem pensar. Deveremos viver a intensidade, deveremos ser insanos no arriscar, corajosos no querer e humildes no amar. A vida, a vida passa com a …

A tua presença...

Imagem
Hoje deixo-vos uma história de amor, nem real, nem irreal, algo que podem sentir, que podem viver, algo que pode ser meu, mas que pode ser teu também...
As palavras falavam-me da tua presença, os dias contemplavam o teu sorriso e a tua imagem pairava sobre todo o meu sonhar. Hoje sentia-te perto, perto de mim, perto do meu coração que se entrega ao sentir nas mais variadas formas. Este amor que me preenche hoje fala no silêncio da tua voz, fala na ausência de tudo, na presença apenas do teu ser. São horas em que o caminho revela mais um encontro, mais um desencontro, mais um capítulo a uma história que deseja ser agarrada, que nasceu para ser vivida. Instantes marcantes, horas revoltas, um mar de emoções, um único sentir capaz de derrubar barreiras, de acender chamas e de despertar um brilho no olhar, aquele mesmo brilho que temos sempre que cruzamos os nossos corpos. É o pedir mais, o querer mais, o viver mais, tudo isto contemplado em nós, ancorado a este nosso viver. Há perguntas que …

Porque viver é o melhor remédio...

Imagem
Quem não sonha viver uma história? Quem não guarda em segredo um grande amor? Quem não ambiciona ter uma verdade? Quem não almeja um princípio sem fim? Quem não gosta de ganhar? Quem não gosta de amar? Quem não gosta de ser amado? Quem não gosta de sonhar acordado? Quem não sorri apenas ao ver uma imagem? Quem não recorda com o ouvir de uma música? Quem não espera pelo seu momento? Quem não imagina viver um grande amor? Quem não quer um abraço apertado? Quem não gosta de um beijo apaixonado? Quem não projecta uma vida a dois? Quem não quer ser feliz sem intervalos? Quem não espera encontrar respostas para as suas dúvidas? Quem não fica com um brilho nos olhos quando sente saudade? Quem não cala querendo falar? Quem não arrisca com medo de errar? Quem não parte querendo ficar? Quem não fica querendo partir? Quem não espera querendo viver um presente? Quem não se prende ao passado com medo de voltar a magoar o coração? Quem não pára e bloqueia quando não sabendo o que fazer? Quem não er…

Mais que um amor, uma forma de amar...

Imagem
Por entre as teclas de um piano dedilhava ele um som que parecia tão vivo dentro de si. Por momentos o mundo parava, tudo em seu redor parava para se aconchegar com a melodia que daquele instrumento emanava. Era uma melodia que falava de amor, de um amor vivido na sua plenitude, de um amor que quebrava a barreira do tempo, que fazia-o acreditar na eternidade de um querer. Eram horas a fio, fotografias espalhadas que avivam a memória, que preservam a recordação de um passado que se vê no presente e pensando em repercutir-se num futuro tão sonhado. É o querer, é o agarrar de dois corações, o unir de dois corpos em gestos cúmplices, em segredos de ambos, em partilhas comuns deles e para eles. Apaixonados pelo que os movem seguem, juntos, de mais dadas, lado a lado e, não é assim que deve ser? O amor não deve ser cuidado na humildade de duas pessoas e não no mostrar a toda a gente? As coisas mais simples são as mais verdadeiras, as mais duradouras, aquelas capazes de se manterem uma vida,…

Por entre o meu e o teu olhar...

Imagem
Hoje escrevo o que do meu coração brota, sentimento que trespassa por entre as palavras, que se entrega nestas histórias que falam de sonho, que falam de mim. Há muito que acredito nos contos que me contavam em criança, nas histórias que, humildemente, ia guardando dentro do meu coração, histórias essas que me tornaram no homem que sou hoje. Por entre palavras e olhares, fui formando a minha forma de ver a vida, fui construindo o meu caminho, aquele composto de dias de sol e noites em que o escuro nos faz duvidar. Toda a vida é feita de ensinamentos, ou perdemos, ou ganhos, ou ficamos ou acabamos por partir recomeçando mais uma vez, voltando a acreditar em nós mais uma vez. Considero que somos bem mais fortes do que imaginamos, somos nós quem reconstruimos tudo quando tudo cai, somos nós que voltamos a sarar as feridas e a lutar novamente, somos nós que limpamos as lágrimas, colocamos um sorriso no rosto e reerguemo-nos após uma queda. Todos os obstáculos desta vida faz-nos fortalecer, …

O tanto que quero...

Imagem
São pedaços de mim, momentos meus sentidos e escritos em cada linha deste meu refúgio. São palavras, palavras que ganham vida no coração de quem as entende, na vida de quem segue na busca da sua felicidade. Aqui falo, humildemente, de sentimentos, aquilo falo de momentos que nos prendem o coração, que nos iluminam o olhar.  A felicidade estará sempre à distância de um arriscar, à distância de um beijo sentido, de um abraço apertado, de um conto de fadas realizado por nós, vivido por nós mesmos. Somos o motor de tudo o que possamos viver, somos carne que sente, coração que guarda, somos quem erra sabendo que o erro serve para nos fazer crescer. Avançamos nas ruas do nosso destino, somos espelho do que queremos e deixamos de ser espectro no dia em que agarramos o que temos, em que valorizamos o que possuímos, em que cuidamos de uma outra pessoa como se ela fosse o nosso próprio coração. Somos quem faz crescer um amor, somos quem faz permanecer uma história, tudo depende de nós, tudo depe…

São palavras, são prosas...

Imagem
São horas e horas, vontades que ficam, sonhos que se vêem vividos. São momentos marcantes, promessas cumpridas, abraços apertados, beijos dados. São mudanças de tudo, mudanças de caminhos seguidos, de pessoas contempladas, de vidas marcadas. É o reinventar da memória, o reabastecer do coração, o seguir olhando em frente, o esquecer recordando para sempre. Agora, aqui, habita outra forma de ver a vida, uma forma de encarar os projectos que humildemente projectamos,  os projectos que se vou construído segundo as vontades do meu querer. Longe ficam dias perdidos na neblina do questionar, longe ficam as aventuras que são causadoras de efémeros momentos de felicidade. As folhas rasgaram-se, a vida mudou, o querer alterou-se e tudo parece desvendado sobre o meu olhar. É o querer aqui ficar, o querer daqui sair, são sentimentos verdadeiros, verdades vividas, são a maturidade chegando ao meu lar. Tudo alterou-se, a importância alterou-se, o sorriso alterou-se, o viver alterou-se e as crenças …

Ao falar-te de amor...

Imagem
Ao falar de amor, ao falar de amor reinvento cada sonho meu, avanço em cada caminho escolhido, sigo cada sorriso rasgado. Ao falar de amor mudo por dentro, cresço em sentimento, crio um castelo em que abrigo o coração. Falando de amor vejo os meus dias se construírem, ao falar de amor sinto os meus olhos brilharem, a minha alma aquecer e o meu peito sentir que tudo isto me faz viver. Ao ler amor eu aprendo comigo mesmo. Ao querer amar tudo toma um significado intenso, intenso dentro de mim, intenso ao olhar de quem sente. Ao percorrer cada linha que fala de amor, deito segredos meus ao mundo, conto projectos, almejo mudanças. Ao falar de amor, ao falar deste meu amor, vi o mundo mudar, vi a história mudar, vi que a mudança tinha chegado a mim. Ao crescer com amor mudei as prioridades da minha vida, descurei atalhos e encaixotei as aventuras em caixas que agora fazem parte do meu passado. Cresci, tornei-me forte e convicto daquilo que quero, aprendi que a minha verdade é e sempre será …

Caminho difuso...

Imagem
Hoje deixo-vos algo diferente do que escrevo, deixo-vos uma história de um amor perdido, porque a vida é mesmo assim, perde-se e ganha-se mas o importante é nunca desistir. Aviso que esta história não é do meu Eu apesar de ter algumas passagens reais mas um pouco alteradas. Coloquem a música e deixem-se guiar... Os caminhos tornavam-se difusos, os meus pés cansados pediam para parar, para parar mais um instante neste tempo perdido. Eram nas ruas e ruelas que me revia, neste mundo que não era meu, nestas pessoas que desconhecia o rosto. Faltava-me o sentimento, faltava-me o coração que perdera em tempos, num tempo que se esqueceu de mim, num tempo impávido à vontade que eu tinha de sonhar. Deixei de acreditar, deixei de acreditar nas histórias que me enchiam o olhar, que me rasgavam o sorriso que agora nem sequer me lembro como era. São dias e noites iguais a tantas outras, dias e noites que não adormeço para que o sonho não me invada, dias que padeço por dentro, que me deterioro por fo…

I Believe...

Imagem
Hoje coloca a música e segue as palavras, somente isso... Acredito, acredito em tanto, acredito na força que temos, no sonho que sonhamos, na vida que levamos. Acredito e vou acreditando nas grandes histórias de amor, nos grandes contos com princípio, meio e fim felizes. Acredito que somos o espelho do nosso querer. Acredito nas mãos entrelaçadas, nos abraços apertados e nos beijos que se perdem nas horas.Acredito que o tempo nos ensina a amar de verdade, que a maturidade no faz seguir caminhos em vez de atalhos e que com a vida, com o passar da vida, deixamos de parte as aventuras querendo viver uma história, uma história real.Acredito em mim, acredito nestas linhas que escrevo porque, se assim não fosse, não seriam lidas por mim, não seriam entendidas por ninguém, não seriam sentidas com o coração. Acredito em cada gesto cúmplice, em cada ternura partilhada, acredito no respeito, acredito na amizade. Acredito, e digo que acredito sim, num amor para toda a vida, acredito que nada se e…

Irreal confessar...

Imagem
Da próxima vez, não fiques por aí, fica em mim, recebe o que te dou. Da próxima vez, agarra a minha mão, segue os meus passos e eu far-te-ei sorrir. Fica aqui, permanece na minha história, escreve comigo os nossos próprios sonhos, lutaremos juntos por eles. Hoje sente a minha presença, sente a minha voz ecoando dentro do teu peito, dentro desse coração em que um dia ancorei, em que um dia vi para além das barreiras que possam existir. Não é verdade se disser que não te amo, não é verdade se disser que de ti não me lembro. Mentira minha, mentira nossa se partirmos em busca de algo que não sejamos nós mesmos, que não sejam aqueles sorrisos que nos fazem sorrir. Da próxima vez, olha-me nos olhos, despe-me a alma, e explora cada sinal calado, cada silêncio impregnado de mim, embebido deste meu amor. Recorda cada momento, cada pequeno momento que forma algo nosso, que nos entrelaça nas vielas das ruas que nos conhecem, das prosas que falam de sentimento. Procuremos juntos o porto de abrigo…