Mensagens

A mostrar mensagens de Maio, 2012

Homem quem é Homem ama sem desculpas...

Imagem
Fascina-te pelo brilho mas não te ofusques na luz, não encenes e vive sem guião que te ampare as palavras. Não cresças de mais, não tentes ser um adulto antes do teu tempo, nunca deixes a criança dentro de ti perder-se. Dá as mãos ao sentir, acredita nas histórias que ouvias em pequeno e continua a sonhar sabendo que os sonhos podem não passar disso mesmo. Sorri e não prendas o sorriso, vive sem medos, sem receios que alguém seja melhor que tu, que alguém possa ter algo que nunca tiveste. És tu assim, feito a tua medida e, certamente, terás o teu tempo, viverás a tua história. Não desistas de nada sempre que alguém te diga que não és capaz, ignora palavras de quem não te conhece, de quem pensa que és bem mais pequeno do que na realidade és. Enche a vida de amigos, daqueles guerreiros que lutam a teu lado todos os dias e não apenas quando se lembram de ti. Fomenta os bons sentimentos, persiste no que parece impossível e vive o mais improvável. Não te abales por quem diz não gostar de t…

Poema? Não apenas um rascunho de mim...

Imagem
Momentos marcam, músicas recordam, pessoas sentem, amores vivem-se, instantes recordam-se. Se não forem momentos chegam as partidas, se não houver músicas perde-se a banda sonora, se não existirem pessoas não há história, se não forem amores são mentiras irreais, se não repararmos nos instantes acabamos por passar ao lado da vida. Tudo parece simples, mas tudo se torna complicado, as pessoas fogem do sentimento, aprisionam-se ao passado e refugiam-se nas músicas como resolução de problemas. Hoje abram a janela, respirem o ar que vos rodeia, amem quem vos ama e reparem em cada pormenor, em cada olhar, sintam muito mais do que as palavras que aqui vos deixo, que aqui vos entrego...


Caminhos...

Imagem
Seguidos caminhos antes esquecidos, caminhos que afastam duas almas, que separam dois corações. Instantes em que se perdem de si, em que se entregam a um esquecimento que não chega, a um lutar que não tem força. Lutar contra o coração é lutar contra nós próprios, é ignorar um viver, é afastarmo-nos do nosso próprio sonhar. Momentos marcam, pessoas ficam e o que é verdadeiro permanece por entre a ausência, fica mesmo que os dias passem, que o mundo gire e as paisagens alterem-se. Fica sempre o sentimento, o sentimento bom, o mau, e isso torna tudo eterno, nem que sejam nas memórias que ficam, nas melodias que ecoam ou nas feridas que permanecem tatuadas pelo corpo. Fica e ficará sempre a saudade, a saudade do que se fez, do que se deixou por fazer, dos poemas escritos escondidos nas gavetas de casa, nos baús de recordações antigas, marcantes. Falam hoje da efemeridade do sentimento, da instabilidade do amor mas nunca procuram o verdadeiro, aquilo que não se entrega à primeira, que não …

As histórias da gente...

Imagem
Percorrera aquele caminho antes, era jovem aventureiro, presente e real, vivia o sonho de ser feliz e lutava com a força que lhe vinha do coração. Chamavam-lho livre e era assim que era, corria mundos reais, vivia histórias verdadeiras, amarrava-se ao mais certo e voava sempre que algo encontrava o fim, sempre que de amor não eram feitas as palavras. Repleto de tudo, vivia de pouco, sorria com a simplicidade de um olhar, chorava com a história de quem se esqueceu de si. Sempre igual a ele, sempre diferente de todos os outros, de sombra se tornou luz da sua própria história, de espectro fez um castelo de projectos em que se refugiou, em que guardou o coração para, posteriormente, entregar a quem lhe fez feliz, a quem ele nunca enganou. Amante, amigo, guerreiro, marinheiro, percorreu tantos mares, atravessou tantos terrenos pântanos que lhe prendiam os passos, que nunca lhes apagaram os sonhos. Seguidor de um amor intenso, vivo segundo as melodias alegres que ia colecionando no decorrer…

Hoje falo do meu EU...

Imagem
Sou o espelho do meu lutar, carne que sente, homem que ama, um sonhador por excelência. Vivo de sentimentos, alimento-me de sorrisos e construo a minha felicidade sobre convicções e verdade que se vêm repercutidas nos gestos ternos que tanto admiro. Gosto da simplicidade, gosto dos pormenores que fazem a diferença, e repúdio tudo o que excede o que a própria pessoa é. Amo com força, luto com garra, não me engano e seria incapaz de enganar alguém. Cada pessoa tem o seu valor, encontro em cada amigo bem mais do que simples ser humano, tudo para mim é insubstituível e jamais conseguiria ocupar lugares que faltam com pessoas que não eram as mesmas que tinham partido. Construo castelos sobre bases firmes e vejo nos obstáculos aprendizagens e formas de me tornar um homem mais forte, mais vivido, mais maduro. Entrego-me às palavras como forma de expressão, se digo é porque sinto, se escrevo é porque amo, se mostro é porque sinto a necessidade de o fazer. Tenho defeitos, tenho virtudes, já er…

Insiste, persiste...

Imagem
Entrega-te à paixão das palavras, vive a verdade de cada promessa, entrega-te ao amor e constrói a tua felicidade. Perde e ganha mas nunca desistas, luta pelos sonhos e sonha acordado(a). Corre por mundos, experimenta o que queres, vive o que desejas, arrepende-te do que fizeste e não do que deixaste por fazer. Acredita em ti, acredita na força que deténs dentro do teu coração, sorri nas alegrias e chora nas tristezas. Sente a música e o que ela te diz, olha nos olhos de quem amas, repara em tudo o que esse olhar te diz. Não deixes de ser tu porque alguém te criticou, quem te ama de verdade ama-te como tu és e não como espelho de um outro alguém que te queiram tornar. Não te tornes fútil, porque a futilidade não te leva a lado nenhum, aposta na simplicidade, na partilha e verás que nesse momento serás muito mais real. Não encenes o que não sentes, não digas o que não queres, perdoa e pede perdão, erra mas aprende com esse mesmo errar. Agarra as oportunidades mais intensas, esquece out…

Segmento da descontinuidade...

Imagem
Sentimentos inversos, fome de infinito, instantes verdadeiros e uma utopia pela frente. Fragmento de história, amor desigual, palavra dita, sentimento rasgado, tudo contemplado num viver, tudo presente num querer. Sonho infinito, lutar disperso, tudo nas mãos de quem agarrou, tudo perdido na fraca vontade de pessoas que desconhecem a realidade, que ignoram o sentimento. Força veloz de um correr, espectros de luz presentes no peito de quem os ilumina, futuro seguro, passado guardado. Aprendizagem de vida, garra de vencer, de correr por mundos ingratos, por versos gastos e por canções que reinventam o amor. Descomeço de um começo esquecido, desconhecimento do poder do sentimento, do brilho da diferença, da importância da origem. Essência de um viver, amor debotado nas folhas que caíram pelo chão, de forma tão brusca, de forma tão repentina. Passo em frente, folha nova diferente de todas aquelas rasgadas, melodia alegre, claridade nesta sala em que a luz trespassa as cortinas e banha o r…

Perdoa-me...

Imagem
Perdoa-me se não consegui dizer que eras tudo para mim, perdoa-me cada despedida, cada partida sem olhar para trás, sem me lembrar mais de ti. Perdoa-me por cada falta de gestos, por cada sentimento inverso, por cada saudade que nem existiu. Perdoa-me por amar de mais, por me enganar de menos, perdoa-me por ser eu, perdoa-me por te ver partir sem te agarrar na mão. Perdoa-me, perdoa-me entregar às letras a falta de coragem que tenho, perdoa-me sonhar de mais, perdoa-me deixar de mim pedaços espalhados em tudo o que faço. Perdoa-me não te amar mais, não sentir em ti firmeza mas sim dúvida, perdoa-me as palavras não serem para ti, perdoa-me ter escrito a minha história numa direcção contrária da tua. Perdoa-me cada lágrima derramada, cada sorriso que escondia dor, cada olhar que perdeu o brilho. Perdoa-me se não sei mais te amar, perdoa-me se me esqueci do que eras, perdoa-me se segui em frente continuando a escrever a minha vida. Perdoa-me se não lutei por o que não acreditava, perdoa-…

One night only...

Imagem
(Hoje entreguem-se à história, liguem a música, passem pelas letras, retratem elas nas fotografias. Espero que gostem, um texto diferente, hoje complementa-se tudo, a audição, a visão e o sentimento que percorre cada linha deste texto...)
Cantava as melodias de um amor perdido, cantora de voz infindável, de uma paixão incontrolável. Ele, ele vivia nas ruas daquela grande cidade, perdia-se por avenidas e travessas, por becos e ruelas. Sofriam no silêncio das noites e no calor dos dias, ela cantava no bar em que sempre eles se cruzavam e ele? Ele vivia na solidão de um sentimento inverso, de um amor difuso. Queriam apenas mais uma noite, mais um dia de desejo em que se entregavam para se amar, para se sentir, para se recordar. Gritavam ao mundo gritos mudos que vinham do coração, esperavam as estrelas brilhantes mas apenas tinham os holofotes da ingratidão de uma vida, do desprezo de um destino. Caminhavam sem saber onde parar, onde recordar, esqueciam-se de si e entregavam-se as persona…

A pertinência de ficar...

Imagem
Que saudade humilde que fica, que ponta de recordação que permanece. Ancorado a este peito ficam as fotografias espalhadas pelo chão, a réstia de um amor que ainda se alimenta de mim, que ainda se revê em nós. Caminhos difusos, sonhos dispersos, ficou o presente de um futuro envenenado, ficou o querer de um lutar apagado. Água que cai, lágrima que escorre pela face de quem aqui permaneceu, amante de horas reais, cavaleiro sem espada, lutador de brilho no olhar. Destino singelo esquecido de nós, fragmento de batalhas, sorriso das estrelas. Caminhos seguidos sem rumo, cantigas que falam de amor, amor cantado em fados tristes que correm por entre as veias de quem agarra o coração. Amores vivos, amores injustos, esquecidos de quem os plantou, de quem os viu crescer. Partidas e chegadas, ficou o pó nos livros antes abertos, a tinta escorreu pelas folhas e a história ali parou na esperança que alguém lhe pegue de novo, que alguém agarre naqueles poemas, naquelas prosas em que de palavras sa…

Amor, a vida de um amor...

Imagem
Toque suave em pele macia, corria por entre as folhas daquele jardim na tua direcção. Fina tarde de primavera em que se vivia o amor resplandecente daquele sentir, a emoção do toque, a verdade do querer. Sonhos sonhados, presentes reais de um batalhar constante. Deitados naquele toalha de puro algodão, junto aquele riu, entregues a paixão dos minutos que por nós passavam e que em nós deixam a marca de um verdadeiro amor, do nosso amor. ouvia-se o barulho da natureza, o cantar dos pássaros que faziam o hino daquele nosso momento, daqueles instantes em que o mundo eramos apenas nós, o bater do meu, do teu coração e o sabor dos lábios que se tocavam que se sentiam. As horas passavam a uma velocidade galopante e a noite caiu, entregues ao desejo ali nos amamos, ali nos entregamos um ou outro sobre promessas cumpridas, sobre o toque, aquele que fala no silêncio, que se compreende na intimidade. Passava a mão pelo teu cabelo, passavas as tuas pelos meus olhos e sem palavras, sem gestos sent…

Uma carta, um só sentimento...

Imagem
Procura em ti o que de mim falta, tem um monólogo com o teu coração e sente o quanto amor ele um dia possuiu. Esquece-te de ti, encontra-te nas palavras que em ti desenhei, ama a intensidade do querer, respeita a força do amar. Reinventa em ti os sonhos que ficaram esquecidos, apodera-te da tua vontade, faz de ti guerreira, faz de mim o teu herói. Toca o céu com os dedos suaves que tens, toca-me a alma com o abraço apertado, com o olhar despido de fantasias. Beijo-te a pele, toco-te no peito em que guardas as recordações deste amor, tatuagens que te percorrem o corpo, que se cravam na tua alma. Bailamos nos batimentos descompassados deste sentir, reencontramo-nos nas vielas desprovidas de cor, nos becos esquecidos de luz. Iluminaremos aquela sala, aquele refúgio dos sentidos, aquele forte em que tiramos a roupa, em que damos tudo de nós, sem pedir de mais, ganhando tudo aquilo por o que se luta. Para vivermos tal história acreditaremos em vans promessas, em despedidas que surgiram sem…

Reinventa a tua mudança...

Imagem
Procura o instante dentro de ti, pequena folha de rascunho em que escreves as tuas recordações, onde gravas os teus amores. Entrega-te à paixão de um sorriso, vive a intensidade do momento, a verdade do gesto. Torna-te espelho dos teus sonhos, pessoa crente das forças que tem, amor vivo no peito de quem te recorda. Ouve a canção do coração, melodia que ecoa num mundo que se preenche de uma cor intensa, chamativa e jamais ofuscante. Sorri nas entregas, dá nas retribuições, partilha o amor e rende-te aos gestos cúmplices de um olhar que toca, de um abraço que aperta. Não fales o que não sentes, não mostres o que não queres, apenas luta por o que acreditas e não te enganes com falsos desejos que não têm continuação. Vive histórias em que te tornas personagem principal, pessoa real que tem desejos, que tem vontades, que é única na forma de pensar, na forma de sentir. Não tenhas vergonha de amar quem não te merece, ama mas não dês mais do que aquilo que recebes, não deixes de acreditar em …

Acreditar...

Imagem
(Hoje leiam o que de mim deixo, hoje sejam felizes e acompanhem cada palavra. Vale a pena hoje sentar, ler e reflectir cada palavra. Amanhã irei passar pelo cantinho de quem me tem vindo a acompanhar mas o tempo agora parece tão curto e há tanto por fazer. Beijos e Abraços e sejam FELIZES sempre...) Guiem-se por sentimentos, respeitem o coração e entreguem-se ao verdadeiro. Amem sem barreiras, digam o que sentem, mostrem por gestos o que cresce dentro do vosso peito. Temos apenas estes viver e temos de o seguir de forma intensa, agarrar oportunidades, esquecemo-nos dos fantasmas do passado. Temos de ser fortes e descobrir força em nós, temos de acreditar nos sonhos, temos de ser bem mais do que simples personagens. Respeitem cada vontade vossa, não façam nada obrigados, acreditem nas pessoas que são de acreditar e afastem-se de quem ilude com brilho, um brilho artificial. Olhem para o interior da pessoa, reparem em cada pormenor que faz a pessoa ser diferente, aquela pessoa ser única. …