Mensagens

A mostrar mensagens de Março, 2013

Descomeço...

Imagem
Deixa partir, Deixa que o tempo passe fazendo de ti outra pessoa, Muda de rumo, muda de direcção, Enfrente a tempestade, fomenta a paixão. Agarra o mundo num olhar teu, Permanece firme, o caminho é em frente, Arrasta histórias, rasga capítulos, Mas não desistas de tentar, de sonhar. Vê o que é real, não vás nas palavras que não mostram solução, Sê livre, forma-te como homem que sabe o que é a paixão. Segue o teu caminho, enfrente o teu destino, Pega na vida com intensidade, ainda te lembras do que querias ser nessa tua mocidade? Não olhes para atalhos, não substituas o coração, Podes sim esquecer, ninguém morre de amor e ainda menos de desilusão. Agora continua a ser quem és, Homem seguro da cabeça aos pés, Se caíres voltarás a levantar-te, Porque um lema que tens de ter na vida é não ser cobarde. Ama o que tens, o que te faz viver, Todo o resto são momentos que podem ou não acontecer, Fica sempre a recordação, aprendizagem que te compõe, Olhares que te serenam, uma vida que se constrói. A lugar é o mesmo,…

Tudo dito...

Imagem
Hoje fiquem com estas palavras, com estas frases que falam de vidas, que contam histórias, que expressam sentimentos. Beijos e Abraços e Boa Páscoa :)
Não sejam de meias palavras, De meios amores, De meios sim´s De meios nãos.

Via-te ao longe, com aquele brilho característico de uma mulher decidida. Nas ondas do mar escutava o som que emanava do meu coração, sabia que era o dia, que amanhã partirias rumo ao teu destino e a distância voltava a separar-nos. Era uma despedida que eu não queria ter, uma partida com tanto por dizer, com tanto por contar. Sentia a pulsação do meu coração em compassos descompassados, a adrenalina aumentava e a vontade era de correr na tua direcção. - Maldito pensamento que me atrasas os passos – gritava em gritos mudos para mim mesmo. Um homem vive de amor mas não resiste sem segurança e é essa que eu tanto prezo. Sabia que tudo dependia de mim mas que de ti também, sabia que era a última noite, que era a noite em que tanto se podia dar ou então que tanto se cala…

Sorri...

Imagem
Sorri, fecha os olhos e deixa-te guiar pelos caminhos desenhados pelo coração. Em passos seguros enfrenta medos, rompe barreiras, entrega-te à vida esperando o resultado das tuas acções. Não esperes, não desesperes, a tua sobrevivência é feita de segundos e esses encontrarás nos momentos em que te sentires vivo(a). Embarca em ti mesmo(a), explora as tuas fragilidades e ressalta as tuas virtudes, fomente o que em ti tens de melhor e verás que a vida segue um rumo paralelo ao teu querer. Sonha mesmo de olhos abertos, agarra a oportunidade e não fujas de ti mesmo(a). Enfrenta fantasmas, quebra espelhos e rompe com as grades que te tornam prisioneiro(a) do teu próprio receio. Sê pássaro livre, sê o que nunca ninguém foi. De mãos e pés firmes agarra o teu mundo, ergue a tua história e reinventa o significado de amor. Não partas sem lutar e não tentes substituir. Nesta vida tudo tem um lugar, nada se pode mudar. Arrepende-te do que fizeste e nunca do que deixaste por fazer, tenta mais, tu p…

Desistir...

Imagem
Hoje deixo-vos um texto diferente, algo que fala de desistir. Será que deveremos desistir ou insistir? Ficar ou partir? Não desistam do que vos faz bem mas também não façam alguém desistir de vocês, somente, porque o vosso silêncio é maior que a vossa vontade. Hoje é um bom dia para serem felizes, não concordam? (Texto ficcional, não é real)
Desisto de ti mesmo tão pouco fazendo, Desisto de ti, desisto de mim, desisto de nós, Desisto desta vida meio vivida de palavras em nada sentidas, Desisto de sinais porque esses teimam em não aparecer. Desisto do sorriso que outrora me colocavas no rosto, Desisto da tua forma de ser, Desisto dos sonhos que um dia coloquei em nós, Desisto dos silêncios que tanto falavam, do início de uma paixão silenciosa. Desisto, apenas desisto, e isso torna-me fraco, Desisto sem mesmo tu saberes, desisto partindo, desisto para não voltar, Desisto das horas de espera por uma palavra tua, Desisto da procura de ti, da procura de um toque teu, Desisto de tudo, desisto porque não…

Mas porquê?

Imagem
Hoje deixo-vos um texto diferente, espero que gostem desta “faceta” que ainda não tinha colocado neste blog (Aviso que é um texto imaginado). Aproveitem para descontrair, rir e ao mesmo tempo ver que têm de seguir, que têm de dizer. Abraços e Beijos e sejam felizes Este é o primeiro texto de dois que irei deixar hoje 
Pode-se nunca ter dito nada, nem mesmo falado sem ser um simples “olá”. Mas não sei se já te aconteceu identificares-te demais com uma pessoa e com isso começas a interessar-te por ela? Sim, sim é isso que me aconteceu. Surpreendentemente, damos por nós a pensar tempo demais, a encostar a cabeça a noite e a pensar na pessoa, a lanchar e a pensar na pessoa, a jantar e a pensar na pessoa, a escrever e a pensar na pessoa e até mesmo procuramos ela no meio de todas as outras que estão “disponíveis” no chat do facebook. Nesses momentos pensamos “Mas porquê? Porquê que não consigo eu falar com a única pessoa que interessa no meio de isto tudo?” Muitos chamam amor, atracção, eu p…

Ouve-me...

Imagem
Hoje lê-me, hoje enche-te de coragem e vive o que tanto queres...
Fomenta a tua liberdade, coloca a mala às costas e percorre o mundo. Saboreia, sorri, chora e vive mas não estagnes no tempo. Percorre ruas, conhece pessoas, abraças momentos, cuida do que tens em ti mesmo(a). Não te venças pelo medo, não te afastes do sentimento, não cales o coração e nunca te enganes esperando que o momento certo chegue sem nada fazeres. Solta o grito, arrisca de forma consciente, mostram quem és, dá o primeiro passo se a tua vontade é essa. Não te entristeças se falhares, se caíres, tornaras-te mais forte, se perderes, mais tarde voltarás a viver algo que, verdadeiramente, era para ti. Não desesperes com perguntas, tenta encontrar respostas, quebra com receios, salta abismos mas assenta os teus pés em chão firme. Não tenhas medo do desconhecido, almeja a mudança, tudo pode ser inconstante mas depende de ti formar uma consistência que te deixará seguro(a) das tuas escolhas. Fala o que sentes, diz um po…

Soberbo desejo...

Imagem
Palavra, Saudade expressa em sentimentos reais, São instantes de desassossego de uma alma pedinte, Olhares transparentes de quem fomenta caminhos reais. É a vida na palma da mão, O sonho crescente entregue na melodia de uma canção, Pássaro livre de mil sois, Corpos unidos em bailados dançados a dois. Escárnio desejo revestido de mim, Beijos partilhados num romance sem fim, Subtileza de quem segura uma flor, É um jardim plantado em pomares de amor, Vozes caladas em silêncios triviais, Antagonismos ligeiros de quem se distingue dos demais, Declamação de um poeta altruísta, São telas pintadas pelos horizontes de um artista. Vontade de ter em olhar subtil, Cama desfeita numa manhã primaveril, Um mar pela frente sentido tão perto, Dois corações latejantes entregues ao momento certo...

Não há momentos, não há sentimentos, não há história, sempre que se vive o sentimento numa única memória.


A life goes by Romantic dreams will stop So I bid mine goodbye and never knew So close was waiting, waiting here with you.…

Segredo...

Imagem
Um texto real, irreal, um texto meu, teu, nosso ou de um outro alguém. Um texto que te mostra tanto ou que nada te revela. Um texto, um começo, um final. Um texto apenas...
Quero-te não pelos que os outros vêem mas pelo que eu vejo. Quero-te de forma simples, sem raízes quadradas ou até mesmo complicados poemas. Quero-te simplesmente, e isso faz-me sorrir. Quero acordar contigo, com o teu mau humor, com um sorriso nos lábios ou com o stress de um atraso provocado pelo despertador que não tocou à hora certa. Quero-te, quero-te sem maquilhagem, quero-te de meias rasgadas, de t-shirts desbotadas ou até mesmo despenteada. Quero-te nos dias bons, nos dias maus, quero-te nas noites a ver filmes ou nas festas de Verão em que nos divertimos até que nasça o sol. Quero-te simplesmente, sem mascaras, sem discursos programados, sem desculpas, sem tempos, sem barreiras. Quero-te e não quero mais ninguém, não quero imitações, não quero réplicas, não quero farsas, quero-te a ti e sei que tu tens o te…

Palavras vivas...

Imagem
São devaneios, estados da alma que se expressam em palavras. É um homem, um sonhador, é um lutador de causas impossíveis, um errante, um amigo. Escarlate vontade expressa num sangue corrente, é o sorriso, a lágrima, o dia de hoje, o futuro de amanhã. É tanto e tão pouco, é um recado largado ao vento, uma melodia que exprime muito mais do que o som que dela emana. Piano dedilhado em dedos cheios de vontade, prosas e poemas escritos com um fim, com um objectivo tão claro ao olhar de quem sente. Dias e noites de desapego, uma cumplicidade e uma chávena de chá quente a acompanhar um serão. São momentos vividos, noites insanes, mãos apertadas, caminhos traçados e uma mala à porta esperando ser usada. Vontade de aventura, aventura num mundo em que as pessoas não param para ver, em que o amor fica por acontecer, em que as palavras se tornam mudas numa torvidade de tudo o que se vê e daquilo que o pensamento faz distorcer. Olhar verdadeiro, enganos e desenganos, roupas guardadas, sapatos calç…

Desafio "Anónimo"

Imagem
Como por vezes não é dito aquilo que é sentido, e como raramente coloco um desafio neste blog, decidi pôr este e ver o que acontece. Hoje todos têm a liberdade de dizer o que acham, o que sentem, o que gostam e até mesmo o que não gostam.

Este desafio foi "roubado" do blogue da Cláudia
E em que consiste este desafio? Em que as pessoas/seguidores comentem este post em anónimo. E, nesse comentário devem dizer/comentar algo que nunca me disseram (sobre mim; sobre o blog; podem insultar; podem elogiar, o que quiserem...) ou porque não tiveram coragem ou, simplesmente, porque nunca calhou.
Regras: - ser o mais sincero possível
- comentar em anónimo (comentários com identificação serão eliminados)
- dizer o blogue que vos passou o desafio

Espero que se divirtam! E, digam tudo o que vos vier à cabeça.
Passo a todos os meus seguidores

Fico à espera dos vossos comentários!








Mudanças...

Imagem
Acabei por partir, Agarrar as malas e fugir, Larguei tudo para trás, Agora vivo esta vida, respiro esta paz.
Deixei o destino me levar, Entrei no jogo, aprendi a amar, Desejei e lutei, Sorri com o verdadeiro, aprendi com o que errei.
Fascinei-me com a simplicidade, Com gestos ternos de quem quer de verdade, Nas melodias disse tanto de mim, Nas letras falo de histórias que não encontram fim.
Segui caminhos que me fizeram ver, Que o que tem força acaba por acontecer, Chegou o dia e acabei por mudar, Na vida ou se luta, ou acabamos por deixar escapar.
Não fui para voltar, Se parto é para novos caminhos traçar, Acredito que tudo tenha uma justificação, Mas ou se ama de verdade ou então não me falem de coração.
Agora sei que o tempo passa, Que tudo se dissipa sem que nada se faça, Que as oportunidade são efémeras como o vento, Ou as palavras são ditas ou tudo acaba em esquecimento.
Os sentimentos devem amadurecer, Ser regados com firmeza para tudo crescer, Mas para que se viva uma história a dois, Ou se vive no pres…

O Saber que és tu...

Imagem
Hoje tirem um tempo, coloquem a música, sintam o momento e sintam toda uma vontade. Hoje tirem um tempo para vocês, leiam com alma e não só com o olhar, isso faz diferença. Sejam felizes, façam alguém feliz também. Beijos e Abraços... Eram nove da manhã e a chuva já se fazia sentir na janela do meu quarto. Era o princípio do dia, o mostrar de mais um momento em que o meu penar arrastava-me nas ruas e vielas desta terra. Sentia a vontade de escrever e, com ela, surge a melodia que me acompanhava com o chá quente que me aquecia o corpo. Horas infindáveis de sonhos sonhados, tudo ali, num bailado imaginário de passos descompassados ou de toques sentidos. O coração guiava toda a história, tudo era descrito ao mais pequeno pormenor porque, a recordação, alimenta-nos e a memória forma em nós história. Amor descrito em poesias e poemas, canções penduradas nas paredes do quarto esperando ser tocadas pela melodia da viola que as tuas mãos conhecem. O sentimento alterava-se, o sentimento crescia…

Meias Palavras...

Imagem
Gastas, Gastas são as palavras quando se fala de amor, O tempo avança e envolve-nos na saudade do que foi vivido.
Amor, Amor revestido de mim mesmo, construído nestas muralhas de histórias, O tempo avança e, com ele, deixo-me ir na correnteza da vontade.
Dor, Dor que se dissipa no meu próprio olhar, aqui não existe ausência mas ela também cá não reside, O tempo avança reinventando caminhos e traçando destinos.
Sonho, Sonho que me alimenta os passos, que fomenta o desejo, que me constrói como homem, O tempo avança e com ele ergue-se o meu sonhar.
Vontade, Vontade que me compõe, que o meu sorriso faz rasgar, O tempo passa e a certeza cada vez é maior.
Mãos, Mãos entrelaçadas em gestos cúmplices de um amor vivido, O tempo passa e os pequenos momentos formam grandes capítulos.
Risco, Risco que faz avançar, saltar o abismo, agarrar o que se quer, O tempo passa e, com ele, aprendemos a ver o que nos faz bem.
Felicidade, Felicidade que se constrói nas bases firmes de uma certeza, O tempo passa e o que fica são as …

Corpus...

Imagem
Hoje fiquem com mais uma história, uma história que pode ser minha, vossa ou de quem vive de amor. Amanhã passo aqui para sentir e responder às vossas palavras. Beijos e Abraços, sejam felizes...
O olhar permanece o mesmo, o mesmo que outrora tão bem conhecera. Expressões fugidias, palavras meio ditas e um caminho traçado com destinos cruzados. A insegurança apoderou-se de tanto e esse tanto acabou em nada. São fracções de vida desenhadas sob o areal daquela praia conhecida. Figuras passam, pessoas permanecem mas as letras continuam escritas, continuam presentes nos encontros e desencontros, no tremer do corpo, no sorriso gasto de quem sorri sem sorrir para quem quer. Histórias trocadas, distâncias entrelaçadas que não apagam destinos, que fomentam as memórias presentes em fotografias ou até mesmo lembranças traziam pela melodia de uma canção. Ter e não ter, voltar para agarrar e partir sem nada levar. Assim são retratos vivos e laivos de fantasias criadas em calçadas tatuadas. Aqui, n…

Tu, será que lutas?

Imagem
Se estás a ler estas palavras é porque acreditas no amor, estou certo? Se percorres todos estes textos é porque ainda tens o dom de sonhar, não tens? Se por aqui passas e porque acreditas em ti, porque sabes que o teu coração vive de amor, não é? Então hoje mergulha em ti, percorre todo esse sentir, toda essa pessoa que és e que tanto ambiciona ser feliz.
Amas? Então porque não dizes? Queres? Então porque não demonstras? Sonhas? Então porque não agarras esse sonhar tornando-o em realidade? Por vezes sentimos tanto, mas tanto que acabamos por fugir desse sentimento e, com isso, acabamos por perder a oportunidade da nossa vida. Acredito que nós temos alguém, alguém que nos complemente, alguém que nos alimenta, alguém que faz com que o sorriso que rasgamos seja o mais verdadeiro do mundo. Se estás aqui porque ainda não saíste por essa porta? Porque ainda estás agarrado(a) a esses medos que te impedem de avançar? Tens tudo tão perto mas tornas tudo tão longínquo. Sabes? A vida ensinou-me uma…