Mensagens

A mostrar mensagens de Novembro, 2017

"Se um dia partires... não te esqueças que me amaste"

Imagem
Se um dia fores... só quero que saibas que continuarei aqui... Pronto para te abraçar, para te amar - como da primeira vez. Se fores... e se não me poderes levar contigo, Leva-me no teu coração. Leva-me no teu pensamento. E recorda sempre aquele momento... em que fomos um do outro. Se um dia partires... deixa-me uma carta escrita, Um poema em que fales do nosso amor,  Um pequeno bilhete em que digas que me amaste. Se ires... vai na certeza que eu espero o teu regresso, Que choro a saudade que me causas, Que vivo na solidão do que é amar-te sem te ter. Se um dia fores...agarra-te a mim.  Abraça-me. Limpa-me as lágrimas e faz-me acreditar no amor, Porque estejas tu onde for, eu estarei contigo no meu peito, Neste imperfeito sentimento. Porque se um dia fores sem mim... será o meu tormento, O fim de tudo aquilo com que sonhei,  Ser apenas eu... eu sem nós os dois. 



"Por mais que tentes... os verdadeiros amores nunca se esquecem."

Imagem
Se um dia fores… leva-me contigo no coração, Na memória de tudo o que vivemos, dos beijos que demos, dos abraços que nos juntavam um ao outro.
Se um dia partires… não partas sem mim,
Sem este coração que te ama, sem este homem que luta por nós – 
Em todas as horas da sua vida.
Se um dia decidires ir… não te esqueças do que fomos,
Das promessas que fizemos, das noites em que nos amamos, do desejo que sempre sentimos.
Porque não existe histórias que se apaguem, 
Porque existem amores que ficam para sempre cravados no nosso coração.
E o nosso amor é um desses, daqueles que vivem para além do nosso próprio viver.
Que resistem a qualquer barreira que possa surgir. 
Se um dia fores… lembra-te de tudo o que te disse,
Dos nossos olhares, dos nossos lugares, dos nossos segredos.
Lembra-te que estarei contigo, por mais que me tentes apagar da tua memória,
Por mais que sigas com a tua história…
Existem tempos em que a saudade vem nos abraçar.
Por isso…
Se um dia partires… eu irei contigo,
Segurarei na tua mão, cu…

"Dói-me o coração..."

Imagem
Dói-me o coração...  Enquanto me deito nesta cama,
No silêncio da noite em que morro por dentro,
Vivo o arrependimentos... de ter perdido tudo o que me fazia feliz.
A saudade é maior do que eu,
Maior de que qualquer recordação que me tente reanimar e devolver à vida.
Despeço-me de cada lágrima perdida,
E peço para que o destino se lembre de mim... um dia, talvez.
Conto até três... e desisto de tudo.
Por fim... sinto que me dói o corpo,
A pele que já foi amada, nesta cama que agora não é mais nada,
A não ser a solidão que engulo de um só vez..
A ausência de ti causa-me isto...
Perco-me no meio das memórias, das histórias que se apagam,
Nestas noites que amargam, que me rasgam por dentro.
Se tu ao menos soubesses o quanto me dói o coração...
Poderias voltar e tentar curá-lo,
Porque ele agora só sabe morrer aos poucos,

Assim como os meus sonhos... morrem em mim...



"Amo-te deste meu jeito imperfeito, mas amo-te... como nunca ninguém te amou."

Imagem
Nem sempre é fácil dizer-te... Parece que o ar não quer sair, ou então a saudade apodera-se de mim - fazendo-me calar.
Nem sempre consigo dizer-te tudo o que sinto por ti.
Tudo o que me causas, o tanto que a minha vida mudou depois da tua chegada,
O que aprendi... desde o instante em que te amei com todo o meu coração.
Nem sempre é fácil provar-te...
Também erro como qualquer humano, também falho ao tentar, também magoo ao querer dar-te mais, também me firo a mim mesmo.
Nem sempre posso estar presente...
Mas na verdade vives em cada segundo no meu pensamento,
Desde o instante em que acordo, até à hora em que me deito - na esperança que me invadas em sonhos tão verdadeiros.
Sinto-te em mim como um pedaço de tudo aquilo que sou,
Como a metade que sempre me faltou... e que eu procurava em caminhos que não me pertenciam.
Foi desde que te beijei que passei a acreditar neste sentimento que me invade,
Que me rasga por dento, que me dilacera sempre que tu não estás perto.
Nem sempre é fácil expressar-me...

"Ama quem te ama!"

Imagem
Ama quem te ama. Quem luta por ti, quem luta por um "nós". Enfrenta todos os teus medos por quem te dá segurança, por quem é capaz de sarar as feridas do teu passado, fazer de ti muito mais do que um simples pecado... 
Fica com quem te deseja para além do teu corpo.
Ama quem te faz sorrir, quem te faz seguir, quem respeita o teu tempo e te ajuda a realizares cada um dos teus sonhos.
Fica ao lado de quem te mostra o valor que tens, de quem partilha contigo todos os teus problemas, de quem tem um sempre um tempo para te abraçar - enquanto o mundo parece ruir.
Ama quem te respeita, quem te aceita (tal e qual como és), quem te dá muito mais do que desculpas, do que promessas vazias, do que noites frias.
Abraça e cuida de quem cuida de ti, de quem vive as maiores loucuras a teu lado, de quem não tem receio de gritar ao mundo que vive contigo um desejo realizado. 
Não desistas de quem te dá segurança, de quem te mostra que ainda existe esperança... nas pessoas que sabem amar.
Não tenhas m…

"Nunca desistas de ti!"

Imagem
Nunca desistas de ti... e muito menos dos sonhos que sabes sonhar.  Por maior que seja o medo, por mais dores que o passado tenha deixado no teu coração... 
É e sempre será em no teu peito que vive a liberdade.
A vontade de poder ir mais além dos que as tuas próprias barreiras,
Do que os teus piores fantasmas.
Não percas tempo em hesitar, em ficar num mesmo lugar - 
Naquele que conheces e em que sentes que nada vai mudar.
Nunca desistas de tentar...
Mesmo que caias. Mesmo que erres. Mesmo que te arrependas.
A vida é tão curta...
Curta como um simples respirar, um pedaço de ar que nos entra no corpo, que nos rasga um sorriso no rosto, ou uma lágrima que nos faz recordar.
Não desistas de ti!
Não te acomodes a uma vida só porque "sim". 
Não deixes nada por viver. Nem por dizer. Nem por acontecer!
Deixa a tua marca naquilo que melhor sabes fazer. 
Num abraço apertado. Num beijo prolongado... ou até mesmo numa parede em que escreves todo o teu sentimento.
Não vivas o arrependimento. 
A mágoa de t…

"Quando a saudade é maior do que nós..."

Imagem
Quisera ter-te agora aqui... nos meus braços... Nesta noite que cai fria - assim como a saudade que gela o meu coração.
Quisera poder-te segurar na mão, mostrar-te que a vida pode ter outro sentido,
Que não as despedidas que são forçadas, 
Que não aquelas distâncias que nos separam muito para além deste mundo.
Quisera eu ter-te só mais uma vez... ter só mais uma oportunidade,
Para te mostrar que o amor de verdade é capaz de viver para lá da eternidade,
De tudo aquilo que os nossos olhos conseguem ver.
E se eu tiver de te perder... que me perca a mim também no meio da imensidão,
Desta vontade que tenho de te ter nos meus braços,
De te envolver em tudo aquilo que sinto e sempre sentirei por ti.
Quisera que entre nós jamais exista um fim...
Porque assim será o meu final, porque não quero ficar neste mundo que mal...

Sabe dar-me uma intensa história de amor. 



"Se um dia partir... quero que saibas que foi ao teu lado que vivi os melhores dias da minha vida."

Imagem
Se um dia partir... quero que saibas que sempre te amei. Desde o primeiro momento, desde o primeiro dia.
Que foi ao teu lado que descobri o verdadeiro amor, 
Muito mais do que aquela força que pensava ter dentro de mim.
Foi ao teu lado que vi que as histórias não têm um fim...
Mesmo que se tenha de ir, de voar muito para além do abraço de quem tanto amamos.
Se um dia partir... quero que saibas que te levo comigo,
Que guardo tudo aquilo que fomos, todas as aventuras que vivemos,
Toda a cumplicidade que construímos - na base da confiança que criamos um no outro.
Quero que saibas que foi ao teu lado que vivi os melhores dias da minha vida,
Que o destino contigo é muito mais sorridente.
Se um dia partir e tiver de te deixar...
Quero que fiques com a certeza que te levo para qualquer lado para onde for...
Porque foste tu que batalhaste ao meu lado por todos os meus sonhos,
Por todas as minhas ideias - que tantos colocaram em causa.
Se um dia partir... sei que sempre fomos um bonito sentimento,
Aquele que …