Mensagens

A mostrar mensagens de Julho, 2017

"Amores que não se apagam"

Imagem
Há dores que nos matam, Que nos dilaceram a alma, a vida, o sonho.
Dores que se apoderam do nosso coração,
Que escorrem pelo rosto e nos marcam a face, 
Que nos fazem gemer em gritos de saudade
(em temores e terrores calados).
Há amores que se choram,
Que ficam cravados no nosso destino, 
Num fado de tristeza e de alegria,
Incapaz de ser controlado por nós e por todos...
Amores que não se apagam.

Ó minha dor que me atormentas em vidas passadas,
Em ruas esquecidas, em vozes despidas - 
De quem nunca conseguiu esquecer a distância.
Larga-me o caminho e mata de vez este sofrimento.

Há dores que nos trespassam,
Que nos rasgam a pele, que nos deixam sem razão,
Na solidão de um quarto que nos impede de seguir,
Que nos prende a um caminho de ilusão -
De uma ilusão que nos mata, que nos empurra,
Para um lugar em que esquecemos de sentir...
Tudo aquilo que sempre sentimos com toda a intensidade,
Com toda a verdade que agora não passa de ser... uma simples mentira. 



"Se fores... leva a certeza de que sempre te amei."

Imagem
Se fores... leva-me contigo, Nas memórias de tudo aquilo que fomos,
Das noites em que fomos loucos - em que fomos poucos.
Em que fomos... só tu e eu.
Se fores... leva a certeza de que sempre te amei,
Mesmo nas vezes em que errei, em que voltei atrás,
Em que não soube ver que o amor é mais forte do que qualquer problema.
Se fores... leva cada pedaço de mim no teu coração,
Lembra-te da paixão em que fomos livres,
Das horas em que os sorrisos se desejavam nos nossos rostos.
Se fores.... apenas leva-me contigo,
Para onde tu fores, para onde tu quiseres voar.
Porque os sentimentos não são prisões, e o nosso amor não tem falta de verdade.
Por isso... eu sei, dentro do meu peito,
Que te encontrarei sempre do mesmo jeito, assim como tu me entregarás a mim,
Neste fim que nunca acaba, 
Neste amor que é capaz de viver muito para além do nosso toque,
Muito para além da saudade... 
Da distância que surgiu entre nós. 



"Amo-te muito para além deste meu coração."

Imagem
Amo-te muito para além deste meu coração, Do que esta paixão que me invade o peito,
Que me torna imperfeito - sempre que não me entrego a ti.
Amo-te muito para além de mim,
Dos medos que tenho do passado, de ter caído, de me ter magoado,
De ter sentido carinho... por quem nunca me soube dar valor.
Amo-te em cada olhar, em cada lugar, em cada pedaço de nós,
Que guardo em mim e que se esboça nos sorrisos que damos.
Amo-te em cada noite em que somos prazer, 
Em cada olhar em que largamos tudo, em que nos esquecemos do mundo... 
E somos mais humanos.
Amo-te em cada palavra dita, em cada silêncio,
Nas noites em que a saudade nos abraça, em que a vida se enlaça,  
em que procuramos um pouco mais de tempo.
Amo-te muito para além deste meu coração,
E é assim que eu te amo sem qualquer resistência,
E é assim que te dou tudo aquilo que tu... fazes crescer em mim.




"Se tu puderes... ama-me assim como eu te amo."

Imagem
Ama-me... Se puderes... ama-me devagarinho.
No silêncio dos nossos olhares,
Nos beijos que vou dando na tua pele molhada,
Enquanto não pensamos em mais nada - e somos verdade.
Ama-me...
Se puderes... não partas agora...
Fica no abraço de quem te adora, 
De quem te ama muito para além do infinito.
E não minto...
Sempre que entrego tudo aquilo que eu sou,
Sempre que não tenho medo de falhar,
E sou teu... sem qualquer resistência.
Ama-me...
E nada mais importa do que o verdadeiro amor,
Do que aquele sentimento que une muito para além da distância,
Que acaba com qualquer saudade que nos invade o peito.
Se tu puderes... ama-me assim como eu te amo,
Vive-me assim como eu te vivo,

Liberta-te do passado... e constrói comigo um futuro feliz. 



"Amo-te deste meu jeito imperfeito, mas amo-te... como nunca ninguém te amou."

Imagem
Nem sempre é fácil dizer-te... Parece que o ar não quer sair, ou então a saudade apodera-se de mim - fazendo-me calar.
Nem sempre consigo dizer-te tudo o que sinto por ti.
Tudo o que me causas, o tanto que a minha vida mudou depois da tua chegada,
O que aprendi... desde o instante em que te amei com todo o meu coração.
Nem sempre é fácil provar-te...
Também erro como qualquer humano, também falho ao tentar, também magoo ao querer dar-te mais, também me firo a mim mesmo.
Nem sempre posso estar presente...
Mas na verdade vives em cada segundo no meu pensamento,
Desde o instante em que acordo, até à hora em que me deito - na esperança que me invadas em sonhos tão verdadeiros.
Sinto-te em mim como um pedaço de tudo aquilo que sou,
Como a metade que sempre me faltou... e que eu procurava em caminhos que não me pertenciam.
Foi desde que te beijei que passei a acreditar neste sentimento que me invade,
Que me rasga por dento, que me dilacera sempre que tu não estás perto.
Nem sempre é fácil expressar-me...

"Não me deixes sofrer... "

Imagem
Não me deixes cair... nesta dor que tenho no meu peito, Neste medo que me abraça e me enlaça - 
em tudo aquilo que eu não quero reviver.
Não me deixes sofrer... 
Sozinho neste quarto, enquanto espero o teu abraço,
Calado naquilo que não partilho com ninguém,
Nesta agonia que me tira o sono, que me revolta e me faz, quase, desistir,
De todos os sonhos que um dia consegui sonhar - 
na inocência que tinha em mim.
Não me deixes aqui... enquanto o nosso amor for mais forte que tudo,
Enquanto o meu mundo cai e eu te peço pare me ajudares a segurá-lo,
Enquanto a vida se lembre de sorrir (de novo).
Por isso... 
Peço-te que não me deixes cair...
Assim como eu jamais te deixarei a ti. 
Porque só assim podemos ter a prova... 
De que o sentimento será sempre a melhor forma de superar tempos maus. 



"Preciso de ti... de nós..."

Imagem
Preciso de ti... de nós... Neste silêncio que me aperta. Nesta falta que é tão maior do que eu. Preciso do teu abraço... do nosso abraço... Daquele em que cabem os nossos sonhos. Em que os nossos medos são esquecidos... Preciso dos nossos segundos perdidos, Das nossas roupas espalhadas pelo chão, de rirmos até mais não. Preciso de tudo o que não tenho em mim... Preciso que chegues a casa... à nossa casa... Que te deites sobre o meu peito, que me mostres que tudo pode ser perfeito, Mesmo na junção das nossas imperfeições. Preciso que voltes... que voltemos... Que nos esqueçamos das nossas falhas, que nos libertemos de tudo aquilo que nos magoou. Preciso que tudo seja nosso... sempre nosso... As nossas noites vividas, o nosso desejo de querermos alcançar o mundo... O nosso olhar profundo - capaz de nos despir a alma. Preciso de ti... de nós... Neste momento! Nesta cama! Preciso de tudo o que somos... sempre que deixamos de ser... saudade. 



"Não esperes que aconteça. Faz acontecer!"

Imagem
O que esperas? Esperas que a vida passe ao teu lado? Esperas perder todo o teu tempo? Esquecer-te de quem és? Viveres uma mentira? O que, realmente, tu esperas? Que o destino se lembre de ti sem que lutes pelo o que queres? Que a vida te ofereça muito mais do que aquilo que tu fazes para ter? Que o dinheiro te encha o coração de amor? O que tu queres? Abdicar de ti para viveres a vida que alguém escreveu para viveres? Venderes a tua alma ao sucesso e esqueceres quem, na verdade, te ama? Caíres na cama e não teres um abraço que te faça sentir calor? O que esperas? Que o teu caminho seja vivido na solidão dos teus próprios medos? Que guardes em segredos o que queres gritar? Que te acobardes ao receio que tens de falhar? Vive! Ama quem queres! Agarra-te ao que poderes - e não te prendas a um só lugar. Atira-te ao mundo, mergulha num beijo profundo e comete todas as loucuras que quiseres (por amor). Atira-te ao desconhecido, quebra o proibido e não vás por caminhos que não queres caminhar. Esquece p…

"Ama tudo agora... para não perderes amanhã!"

Imagem
Se o tempo voltasse atrás... talvez não deixaria calado dentro de mim o amor que sempre senti, A paixão que ainda hoje me corre nas veias, que me incendeia o olhar 
- sempre que te vejo passar por mim (mesmo que não te veja).
Por mais vidas que possam passar... este sentimento que cresceu dentro do meu coração jamais se irá apagar.
Sinto a dor de te ter perdido para um destino que te fez caminhares para longe de mim.
Falhei no momento em que calei tudo aquilo que te devia ter dito, tudo aquilo que te devia ter confessado.
Foi errado ter tentado esquecer o amor, deixar de lado tudo aquilo que me fazia mover até ao teu encontro.
Enquanto estiveste, eu não estive - e foi quando partiste que senti  a falta que causas, ainda hoje, em mim.
Não sou mais do que a metade incompleta de tudo aquilo que um dia fui -
Talvez morto nesta vida sem vida em que me encontro agora.
A verdade é que não se ignora quem se ama, e não se deixa partir quem nos dá razão ao viver.
Se o tempo algum dia voltasse atrás... cer…