Saberás ler para além das já ditas palavras?

O meu coração apenas não é meu, o meu coração encontra-se em ti, separado do meu corpo e depositado sobre as tuas mãos tão frágeis e ao mesmo tempo tão únicas. Os meus olhos apenas existem para ver os teus e isso faz-me feliz, as minhas mãos procuram apenas as tuas e o meu sentimento apenas me arrasta para ti, não sei explicar e muito menos não sei ao certo o que tudo isto será mas assim vou vivendo entre uma alma com vontade de abraçar e um corpo com vontade de sorrir sempre que te aproximas e que pintas de cor toda a minha vida e que enches de alegria todos os meus dias. Não sei se te amo ou até mesmo se te odeio, não sei se te quero ver ou se apenas tenho vontade de fugir para não cruzar o meu olhar com o teu, esse olhar que me deixa assim, preso, estático mas ao mesmo tempo livre e feliz. Tudo não passa deste misto de sentimentos, desta montanha russa de paixões e ao mesmo tempo frustrações, do medo de saltar e da vontade enorme de arriscar, do anseio de te ter e do medo de te perder, ou seja, tu existes assim e eu apenas sei sentir desta maneira, desta simples e ao mesmo tempo tão complicada maneira que me prende e que ao mesmo tempo me faz ter uma enorme vontade de te ver nos meus braços...

Comentários