Uma manhã diferente de todas as outras...

Ouvi uma música ao longe, não sabia se era realidade ou pura ficção de um sono por onde estava a passar, levantei-me apressadamente para a janela na esperança de te ver lá em baixo com o teu sorriso, entre roupas espalhadas pelo chão e fotografias rasgadas consegui me encostar ao vidro molhado pela humidade de uma noite que passou. Vi ao longe o reflexo do que parecia seres tu e a tua simplicidade de andar, não queria acreditar no que os meus olhos viam naquela simples manhã, despachei-me, vesti uma blusa que estava enramalhada em cima da cama, peguei nas primeiras calças que as minhas mãos agarraram e por último calcei uns sapatos que há imenso tempo na calçava. Corri assim para a porta da minha casa, despenteado, mal vestido mas o que interessava mesmo era te poder ver de perto, sentir a tua presença, o teu perfume, o teu amor, assim foi, consegui te alcançar e até mesmo sentir e tu com o teu sorriso melhoraste o meu dia. Não sabia o que fazer, o meu corpo termia e a minha vontade de te abraçar era enorme. Paramos e apenas nos olhamos por instantes, simples instantes que pareciam uma eternidade, as saudades eram tantas, as vontades eram enormes e assim nos agarramos entre palavras apaixonadas e beijos adiados pelo tempo e pela vontade de reprimir um amor que apenas tinha tudo para viver e crescer. Então despedimo-nos, sabendo que mais tarde nos iríamos encontrar, subi então as escadas, voltei para o quarto e coloquei apenas música, a nossa música e assim fiquei entre recordações passadas e o sabor presente dos teus lábios que apenas cruzavam o sabor de mel que sempre tiveste e o sabor daquele teu batom que tão bem conheço. Sei que o tempo passou, que mudamos e que fomos vivendo caminhos separados, mas há sempre coisas que não se esquecem, ou apenas pessoas que ficam agarradas a nós. Hoje posso dizer que o meu dia é muito diferente do dia de ontem e que sei que se for contigo o meu amanhã terá outra cor. Agora fico aqui sentado na minha simples cadeira de balouço, viajando nas nossas músicas e recordando aquele beijo numa manhã que não esperava te ver e muito menos te sentir. Tenho em mim todos os sonhos do mundo, será que queres sonhar comigo?

Comentários