Quando está bem feito não se mexe nem se altera...

Comecei a ver que nem sempre algo é o que parece, comecei a querer mais um pouco, apenas mais um pouco daquilo que tenho. Não me poupo em palavras quando quero defender aquilo que quero, aquilo que sou. Apenas sou um ser humano, com os meus defeitos e as minhas virtudes, com os meus dias piores e os meus dias melhores. Às vezes é no meio do silêncio que descubro as palavras por dizer e noutras vezes só a musica e a recordação fazem a caneta deslizar por um papel e de um rascunho formar uma história e dessa história transparecer sentimentos que jamais conseguirei prender. Hoje estou assim, quero apenas ser eu, não quero pensar em nada, em ninguém e muito menos voltar a viver um passado que lá atrás ficou. Sou uma pessoa que apenas vive uma vez algo e que nunca irei viver a segunda, acredito que a vida dá e tira, que as coisas se vivem ou não se vivem, se lutam ou se abandonam e quando se vira as costas já não se olha para trás, apenas se segue para a frente levando a recordação e a lição do que ficou errado e do que foi feito de certo. Apenas agora vivo a minha sina, o que o destino me trás, não quero pensar num amanhã mas sim viver um hoje e isso por agora chega-me. Por agora quero ficar assim, livre, solto e se me tiver que prender que me prenda a algo certo e não a um erro que saberia evitar...

Comentários