Saudade...

Saudade, palavra frágil, dolorosa, mas também que representa um sentimento e disso nunca se pode fugir. Somos um povo, somos uma pessoa e por vezes a saudade invade os nossos dias, deixando em nós uma mágoa ou até mesmo a vontade de voltas atrás e poder recuperar o que ficou perdido ou apenas viver algo que acabou por ficar esquecido entre as chuvas que caíram no nosso rosto. Assim é a saudade, uma palavras que nos acompanha para a vida, uma palavra que se encontra no fado do nosso país e nos textos daqueles que se atrevem a escrever sobre este sentimento, tão simples e ao mesmo tempo tão receado por todos. Acima da palavra saudade vem o sentimento, acima do sentimento vem a vontade e acima dessa mesma vontade acaba por aparecer um amor, um amor incondicional, um amor que desconhecemos. Represento a história de um pedacinho de saudade, do mito a verdade tudo se separa por uma linha imaginária que até mesmo eu não a consigo separar, apenas sei que vivo saudade, que vivo recordações mas acima disso vivo de amor e isso ninguém me vai arrancar, ninguém...

Comentários