O tanto que quero...


São pedaços de mim, momentos meus sentidos e escritos em cada linha deste meu refúgio. São palavras, palavras que ganham vida no coração de quem as entende, na vida de quem segue na busca da sua felicidade. Aqui falo, humildemente, de sentimentos, aquilo falo de momentos que nos prendem o coração, que nos iluminam o olhar.
 A felicidade estará sempre à distância de um arriscar, à distância de um beijo sentido, de um abraço apertado, de um conto de fadas realizado por nós, vivido por nós mesmos. Somos o motor de tudo o que possamos viver, somos carne que sente, coração que guarda, somos quem erra sabendo que o erro serve para nos fazer crescer. Avançamos nas ruas do nosso destino, somos espelho do que queremos e deixamos de ser espectro no dia em que agarramos o que temos, em que valorizamos o que possuímos, em que cuidamos de uma outra pessoa como se ela fosse o nosso próprio coração.
Somos quem faz crescer um amor, somos quem faz permanecer uma história, tudo depende de nós, tudo dependerá sempre da nossa forma de ver e viver esta vida. O querer deve ser acompanhado do lutar, o ficar da certeza do que se quer, o amar deverá ser sempre sinónimo de um respeito mútuo, de uma partilha infindável de momentos, de momentos bons e maus, mas de momentos que se tornam bases sólidas de um amor em construção.
Deveremos respeitar as nossas vontades, preservar as nossa personalidade, deveremos amar sem tempos, deveremos arriscar como forma de avançarmos. Se o mundo terminar, se tudo isto acabar, quero que um dia recordes cada palavra minha como uma vontade, cada frase minha como uma mistura de sentimentos e cada texto meu como uma forma de demonstração de amor, do meu amor...


Se aprendemos a sonhar, que sonhemos a todas as horas, que sejamos o que nunca ninguém foi, que sejamos nós, com o nosso amar, com o nosso lutar, com um brilho nos olhos e com um sorrisos no rosto...




Comentários


  1. Olá olá, caro André!

    Bem, as minhas sinceras desculpas, pela minha ausência, mas estes dias Meu Deus, foram uma loucura! sempre a correr, nem ao meu espaço fui (desleixei-me, dado o facto de as 24 horas serem poucas lol). Mas felizmente já está tudo composto, o trabalho continua mas por agr controlado xD

    Bem, desculpas à parte falemos do teu texto!
    Como sempre, Wow! Acabas-te por falar no tanto que todos queremos e que nos sabe a pouco, uma grande verdade com grandes palavras, actos e sentimentos!

    By the way, já acabei de ler o livro "para sempre teu" um do cão que uma vez falei no meu blog, acho que irias gostar porque tal como tu fala muito no sentido na vida e neste caso: quantas vidas temos de percorrer até encontrar o amor e cumprir com o nosso dever de vida.

    Abraço

    ResponderEliminar
  2. Gosto de me envolver nos teus textos e de me rever em cada palavra. O engraçado, é que isso acontece de forma inconsciente e involuntária, mas acontece porque somos tão iguais em tantos aspectos. A felicidade só é alcançada quando nós somos nós mesmos, quando nos respeitamos e somos capazes de viver com o Amor como nosso melhor Amigo.

    Um beijinho*

    ResponderEliminar
  3. O amor torna-se simples quando o sentimento é puro. Obrigada por nos brindares com estes textos sempre recheados de esperança.

    Peço desculpa pela longa ausência deste teu encantador espaço mas este ano a faculdade tira-me todo o tempo e mais algum. Prometo, nas próximas semanas estar mais presente :)

    Um beijinho.

    ResponderEliminar
  4. Amem-se sempre, o amor é um sentimento que nos enche a alma e coração. Amem-se muito. Beijinhos

    ResponderEliminar
  5. tão bom ler as tuas palavras de mimo !
    e quanto às tuas, continuam cheias de sentimento :)

    ResponderEliminar
  6. Eu acredito que consigamos sempre fazê-lo. Quem lê por gosto, consegue sempre encontrar um abrigo nas palavras e torná-las reais na sua imaginação :)
    Muito obrigada, fico feliz por isso, a sério. Ler-te é sempre maravilhoso, adorei estas palavras. Ah, e a música, que é linda.

    ResponderEliminar
  7. Às vezes fico sem palavras e sinceramente não sei o que comentar com medo de ser repetitiva. Tenho acompanhado as tuas escritas e como sabes adoro a maneira como falas de amor, como o demonstras em palavras. Por vezes digo para mim própria que poderia ter sido eu a escrever certos textos que aqui colocas, todos eles têm um significado bonito e muito parecido à minha maneira de pensar e sentir.
    Tem um bom fim de semana e continua sempre com esse teu coração cheio de amor para dar :)
    (Quando não comento, não quer dizer que não li, mas simplesmente faltam-me palavras)

    Beijinhos*

    ResponderEliminar
  8. "Se aprendemos a sonhar, que sonhemos a todas as horas, que sejamos o que nunca ninguém foi, que sejamos nós, com o nosso amar, com o nosso lutar, com um brilho nos olhos e com um sorrisos no rosto..."
    André, as tuas palavras são sempre uma lição de vida, eu, nós, teus seguidores tiramos sempre a esperança, doçura e amor que tu colocas em cada palavra que escreves. Sabes ? o que mais admiro na escrita é aquela pessoa que consegue escrever com o coração. Não escrever palavras pensadas, mas sim deixar fluir o coração, e deixar que seja ele a comandar a nossa escrita, tu fazes isso, tão mas tão bem meu caro amigo ! E deixas-me sempre com um sorriso na cara e com aquela anciã de ler mais :)

    Obrigada, não só pelas palavras que carinhosamente deixas sempre no meu cantinho, mas principalmente por alimentares este que é o TEU cantinho. Que felizmente se torna um blog de todos os que o lêem. Obrigada mais uma vez

    ResponderEliminar
  9. Deves ter tanta força dentro de ti. Deves ter tantas revoluções dentro de ti. Marés e tempestades que te escrevem na História, e os teus textos levam-te ao púlpito. És feliz, eu vejo. Parabéns pelas palavras. Um beijinho*

    ResponderEliminar

Enviar um comentário