Um dia como tantos outros...


Hoje tira um pouco de tempo, coloca uma música e deixa-te guiar pelas palavras, pelas palavras que falam de amor. Se todos tirássemos um pouco de tempo, todos os dias, para ouvir, ler e sentir amor, certamente, seriamos bem mais felizes. Beijos e Abraços
São prosas, prosas que falam de amor, de um amor vivido, sentido, sonhado em cada dia que me levanto e luto por mais um querer. São horas em que sorrio, em que sinto, por entre as telas pintadas e as músicas que dedilho neste meu piano. E o querer amar, o conhecer o amor como as linhas das minhas próprias mãos, como resultados dos caminhos que escolho. Dias de amor, dias de vida presentes naquelas histórias que vou escrevendo, que vou erguendo sobre batalhas que travo na busca daquilo que me faz bem. Foi o crescer não só por fora, foi o explorar outra forma de vida, o sentir de forma diferente, tornando-me narrador do meu próprio viver, contador de histórias que utilizo para me embalar. Falo do que me faz feliz, falo do que me enche de vida sempre que vejo uma imagem, sempre que recordo um momento, sempre que o amor assume um papel principal neste filme, o filme da minha vida. Sinto que, ultimamente, tudo tem mudado, que este meu mundo tem sido alterando em tanta coisa e a razão principal de tudo, foi a minha mudança. Por vezes esperamos de mais que a vida nos mostre outro caminho, que a vida nos dê algo de novo e, nem nos lembramos, que a mudança começa em nós e que não podemos esperar resultados diferentes se, constantemente, fazemos tudo igual. Aqui agora, respira-se liberdade, uma liberdade que enche os pulmões de um verbo que se chama acreditar, acreditar num novo amanhã, acreditar na verdade dos sentimentos, acreditar nas horas vividas e nos caminhos que não contemplam mentiras. É o virar de páginas, o viver de novas emoções e o conhecer a verdade presente e não ausente. A vida é um livro, um livre em que escrevemos desgostos, em que escrevemos vitórias, em que escrevemos histórias de amor e desamor. Aqui, neste livro da vida, tudo é possível, rasgamos folhas, guardamos outras tantas mas, o que não podemos fazer, é parar, parar de escrever o que queremos, com quem queremos, sendo nós mesmos, aprendendo com erros, olhando querendo ver. O momento em que vives é aquele que te trará o que queres, por isso, não fiques aí, não poupes a vida para amanhã e começa a viver hoje mesmo...


Nunca haverá maior verdade do que aquela que conheces, nunca haverá maior felicidade do que aquela que começa em ti, nunca haverá mais forte história do que aquela que escreves com o teu querer e nunca haverá um futuro tão promissor se não arriscares-te a viver um presente que tens perante o teu olhar, na palma das tuas mãos...



Comentários

  1. obrigada mesmo foi muito bom ler as tuas palavras tão gratificantes e este teu posto maravilhoso e lindo ler como tu descreves o amor cada palavra é melodia para os olhos um beijo

    ResponderEliminar
  2. Muito obrigado pelas tuas palavras, a sério, acho que neste momento tudo o que for bom é bem vindo! Espero que tenhas um bom natal :)

    ResponderEliminar
  3. Muito obrigada :)
    Pelo que já li teu, passei a adorar.
    E o teu fundo é uma doçura :)
    Beijinho

    ResponderEliminar
  4. olá olá,

    Novamente uma onda de palavras sábias, que nos apanha e nos leva num mar de sentimentos e nostalgias. Como sempre, muito bom.

    Desta vez, gostei muito deste mini frase "Por vezes esperamos de mais" Aqui identifico duas coisas fundamentais, em 1ro lugar o esperar .. porque na verdade, estamos sp à espera de algo em vez de ir conquistar e segundo, o esperar de mais, porque é a ilusão que nos acaba com os sonhos.

    Forte Abraço, Desejo-te um feliz natal, rapaz

    ResponderEliminar
  5. Olá! :)
    Como começas (e muito bem) este post, se tivessemos mais tempo para poder para ouvir, escutar, sentir, etc. talvez conseguissemos ser mais felizes.
    Digo isto, porque sinto que se tivesse mais oportunidades de ler todos os teus posts, conseguiria encaminhar melhor a minha vida...
    Hoje precisava de ler palavras como estas. Palavras que me relembrassem de coisas que sei, mas que vou esquecendo com a "correria da vida"... Tal e qual como o facto de ser livre e ter (neste momento) a liberdade para puder mudar a minha vida.
    Embora não saiba bem o que fazer e como o hei de fazer, deveria sentir-me bem por ter aquilo que em tempos não tive e que atualmente tenho (embora não saiba por quanto mais tempo a terei...).

    Só pelo me ajudares a relembrar de pensamentos importantes, tenho que te agradecer! E deixo-te um desafio (ou melhor um pedido de ajuda ou opinião sobre esta questão...), se te disser que sinto a necessidade de que algo de positivo aconteça na minha vida; de que algo surja e me venha a dar prazer, o que me poderias dizer da forma e o que poderia fazer para a conquistar!?! Neste momento, não sei o que preciso, nem sei (sinceramente) o que quero! E dai não saber o que fazer.
    Para já só sei, que tenho possibilidade de o fazer!

    Aproveito para te desejar um excelente e feliz natal, para ti e para todos aqueles que desejes! :)
    Um grande e forte abraço!

    ResponderEliminar
  6. A mudança começa mesmo em nós. Não é à toa que se diz "se queres que o mundo mude, começa por mudar quem és".
    E mais uma vez, uma palavra à música, que me faz o coração palpitar todos os dias :)

    Feliz Natal, menino do "amor nos dedos". :)
    Beijinho

    ResponderEliminar
  7. BÊNÇÃOS FELIZ NATAL, VOCÊ É UM SER DE LUZ, OBRIGADO POR compatir sua sabedoria, suas letras fazem entendimento de que tudo é possível e dar força para um amanhã BONITO E MELHOR. ABRAÇO FORTE :)★˛˚˛*˛°.˛*.˛°˛.*★˚˛*˛°.˛*.˛°˛.*★Feliz*★* 。*˛.
    ˛°_██_*.。*./ ♥ \ .˛* .˛。.˛.*.★* Navidad*★ 。*
    ˛. (´• ̮•)*.。*/♫.♫\*˛.* ˛_Π_____.♥2012 ♥ ˛* ˛*
    .°( . • . ) ˛°./• '♫ ' •\.˛*./______/~\*. ˛*.。˛* ˛. *。
    *(...'•'.. ) *˛╬╬╬╬╬˛°.|田田 |門|╬╬╬╬╬*˚ .˛ ...

    ResponderEliminar

Enviar um comentário