"Conto as horas para te ter..."

Conto as horas para te ter.
Num tempo em que o tempo não passa, 
Em que as horas parecem não chegar, em que a saudade abraça,
Em que a vontade não passa. Em que somos... a distância.
Conto o tempo para ser teu...
Para dar-te um futuro que te faça feliz,
Para apagar as feridas passadas, para ser mais do que dor.
(Ser um pedaço de tudo aquilo que te faz sorrir.)
Conto os dias para te abraçar...
Para largar o medo, para ser teu em segredo,
Numa cama desfeita pela vontade, pela ansiedade de ser maior,
Maior que tudo aquilo que nos faz prender,
Que nos faz esperar... por um destino que é tão nosso.
Conto as horas para me perder no teu abraço,
Para sermos, apenas, um coração,
A paixão de dois corpos.
A certeza de dois olhares.
A eternidade de um grande amor.


Comentários