Palavras vivas...


São devaneios, estados da alma que se expressam em palavras. É um homem, um sonhador, é um lutador de causas impossíveis, um errante, um amigo. Escarlate vontade expressa num sangue corrente, é o sorriso, a lágrima, o dia de hoje, o futuro de amanhã. É tanto e tão pouco, é um recado largado ao vento, uma melodia que exprime muito mais do que o som que dela emana. Piano dedilhado em dedos cheios de vontade, prosas e poemas escritos com um fim, com um objectivo tão claro ao olhar de quem sente. Dias e noites de desapego, uma cumplicidade e uma chávena de chá quente a acompanhar um serão. São momentos vividos, noites insanes, mãos apertadas, caminhos traçados e uma mala à porta esperando ser usada. Vontade de aventura, aventura num mundo em que as pessoas não param para ver, em que o amor fica por acontecer, em que as palavras se tornam mudas numa torvidade de tudo o que se vê e daquilo que o pensamento faz distorcer. Olhar verdadeiro, enganos e desenganos, roupas guardadas, sapatos calçados e uma vontade única de por aí andar. São fragmentos desfragmentados, simplicidades não complicadas, é o querer, um querer simples que amadurece a cada dia em que as imagens surgem e que tu vais entrando sem pedir permissão. É a vida vista de uma outra forma, formada pelo meu olhar, erigida sobre vontades firmes de quem agarra o mundo na palma da mão. São apenas as palavras, as minhas palavras vivas, os meus sonhos, os meus desejos. São as realidades que me formam homem, são os ventos e marés que me arrastam para ti, são escolhas tomadas, são vidas vividas, são vozes caladas, são palavras proferidas. É tudo um imaginário, uma eterna ilusão, é uma realidade, é apenas uma confissão...


Hora de espera, dias de vontade, sonhos desenhados a dois, tudo numa fortaleza, quando os relógios batem as dez da noite, quando o teu olhar se cruza com o meu...



Nunca fui de desafios, coloco poucos neste blog mas hoje deixei um e se quiserem nele participar estão à vontade, para isso basta clicarem Aqui :)

Comentários

  1. Vontades que tens que agarrar com toda a força e tornar realidade :)

    * Um beijo!

    ResponderEliminar
  2. Estava para ir escrever sobre isto mas agora, agora já não preciso. Ler-te ajudou-me. É que as vontades, as palavras, o partir numa aventura..tem tudo de ser agarrado muito bem. :)

    Sabes, sempre que te leio, imagino em ti um tom de voz (sim, que agora já te posso "ver correctamente") e imagino que estás a falar comigo. Acho (atraves das palavras) que és daquelas pessoas que gostaria de falar horas e horas e isso é fascinante.

    Beijo

    ResponderEliminar
  3. palavras verdadeiramente fascinantes.
    que saudades de te ler.
    beijinho *

    ResponderEliminar
  4. Obrigada pela disponibilidade. Um dia, quando eu já não me considerar uma chata, talvez me "aproveite de ti" mas para já... sou apenas uma rapariga chata com problemas chatos que não quer chatear ninguém...mas que fica muito grata por saber que o blog lhe traz pessoas como tu.

    beijo

    ResponderEliminar
  5. Adorei o remate final, disseste tudo! ^^

    Um forte abraço :3

    ResponderEliminar
  6. Vontades que devem ser agarradas!
    Um belo texto sem dúvida e já agora, desculpa a minha ausência!
    Adorei o fundo do blog.

    Um abraço*

    ResponderEliminar
  7. São vontades vivas em ti e essas nunca irão morrer enquanto sentires, escreveres... :)

    O teu blogue está tão giro, adorei! :)

    Um beijinho*

    ResponderEliminar

Enviar um comentário