Soberbo desejo...


Palavra,
Saudade expressa em sentimentos reais,
São instantes de desassossego de uma alma pedinte,
Olhares transparentes de quem fomenta caminhos reais.
É a vida na palma da mão,
O sonho crescente entregue na melodia de uma canção,
Pássaro livre de mil sois,
Corpos unidos em bailados dançados a dois.
Escárnio desejo revestido de mim,
Beijos partilhados num romance sem fim,
Subtileza de quem segura uma flor,
É um jardim plantado em pomares de amor,
Vozes caladas em silêncios triviais,
Antagonismos ligeiros de quem se distingue dos demais,
Declamação de um poeta altruísta,
São telas pintadas pelos horizontes de um artista.
Vontade de ter em olhar subtil,
Cama desfeita numa manhã primaveril,
Um mar pela frente sentido tão perto,
Dois corações latejantes entregues ao momento certo...


Não há momentos, não há sentimentos, não há história, sempre que se vive o sentimento numa única memória.



A life goes by
Romantic dreams will stop
So I bid mine goodbye and never knew
So close was waiting, waiting here with you...


Comentários

  1. Que lindo! A cada dia consegues descrever o amor de uma forma diferente e sempre tão pura. És maravilhoso naquilo que fazes :)

    ResponderEliminar
  2. Adorei a imagem. Texto brilhante como sempre =)
    Preserva esse amor que guardas dentro do peito.

    ResponderEliminar
  3. Não resisto à leitura dos teus sonhos...
    Fiquei encantada!

    Um beijinho :)

    ResponderEliminar
  4. É, eu admiro-te por escreveres com este ritmo musical, por essas palavras tao bem escolhidas e encaixadas. E a musica, amor, tudo amor :)

    Beijinho

    ResponderEliminar
  5. Olá André,

    E hoje aqui nos apresentas um brilhante poema, gostei especialmente da escrita hoje, está mesmo muito romântica e intemporal, parece mesmo algo poético e de outros tempos, mas ainda assim intemporal, intocável! e claro, impecável

    Desejo-te uma boa semana de Pascoa, com muita inspiraçao ;)

    Abraço

    ResponderEliminar

Enviar um comentário