As palavras que te deixo...

Hoje como é um dia especial, deixo um verso e uma carta, tirem um tempo e leiam amor...

Dizem que o dia é dos amores,
De amores vividos e partilhados,      
Dizem que é o dia de dar,
receber, será que receberás?

Dizem que são dias diferentes dos demais,
Em que pessoas largam vidas e se tornam mais,
Dizem que hoje tudo tem mais brilho,
E tu? Tu seguiste o teu trilho?

Dizem que é um tempo em que vivemos a vontade,
Em que duas pessoas se beijam em cada verdade,
Dizem que o amor se torna rei,
tu? Tu serás o que eu sonhei?

Dizem que o destino é o nosso sentir,
Que para se viver temos de saber persistir,
Dizem que esperar é o mais certo
tu? Tu será que estás por perto?

Dizem que o homem deve dar de si,
Que a história mais real é aquele que não tem fim,
Dizem que o primeiro passo é o mais arriscado,
tu? Tu será que me queres a teu lado?

Dizem que deveremos sonhar,
Que quem vive é quem sabe amar,
Dizem tanto sobre o amor,
tu? Tu saberás o seu sabor?

Dizem tanto mesmo sem saber,
Escrevem-se letras mesmo sem se ler,
Dizem que eu te quero ter,
Mas eu, eu apenas queria o príncipe ser...

Tem um feliz dia...


Na vida não há futuro se o presente for um esperar  que não contemple lutar pelo que, realmente, se quer...





Uma carta...
Se calhar nem estas letras irás ler, serão apenas mais umas quantas misturadas no meio de tantas que te vou endereçando. Hoje, neste dia que tantos falam de amor, eu acabo por falar ou não fosse eu um narrador de histórias repletas de sentimento. Por momentos parei e apercebi-me que eras tu, não há explicação, apenas tu ficaste no meio de tantas aventuras e desventuras. Dizem que para o amor não há razão e eu, eu sem acreditar, dou por mim a amar-te sem razão, engraçado, mas amo-te de uma forma diferente de todas as outras. Procura-se demais da vida, procura-se tanto e afinal esse tanto reside numa pessoa que nem sequer antes tínhamos olhado para ela. Disseram-me hoje que era um sonhador, que a minha forma de ver o amor era especial, mas eu, eu apenas sou mais um homem que deseja uma história e, quantos não o fazem também? Tenho a certeza que muitos, o que me difere é esta minha forma de expressar amores por entre palavras, vontades ou até mesmo sonhos meus que apenas encontram uma partilha em todos os textos que preenchem este meu mundo. Há momentos na vida em que sejamos fortes ou fracos, acabamos por calar o amor, por não o saber dizer, por não saber arriscar. Todos somos um pouco assim e eu nunca seria uma excepção. Enquanto tudo acontece ou não, eu aqui vou deixando mais umas palavras, mais uns sentimentos esperando que um dia por aqui passes e venhas ter comigo, porque eu nasci para te esperar.

Tem um feliz dia e se poderes, lê-me e acorda este meu coração que parece adormecer num embalo da saudade que não tem distância...

Pedacinhosdemimparati...
Um sinal, apenas um sinal.

Comentários

  1. Pelo contrário, hoje é o dia em que eu nao anseio ter alguém. Porque não gosto deste dia, acho-o muito "tens de..", "o melhor é dar-lhe ...". Não gosto. Gosto das surpresas instantaneas do dia a dia, nao deste dia. Estou sozinha e gosto.

    Apesar disso, adorei o poema. Como já disse, é preciso saber escrever e sentir para se conseguir um poema assim. :)

    Um beijinho
    Ps. a musica é perfeita *.*

    ResponderEliminar
  2. Obrigada* Desistir não é mesmo opção acredita!

    Bonita carta.

    "Há momentos na vida em que sejamos fortes ou fracos, acabamos por calar o amor, por não o saber dizer, por não saber arriscar. Todos somos um pouco assim e eu nunca seria uma excepção. !"
    Por q n arriscas? Estou a dizer isto e n o faço.. Mas por que não, respirar fundo, encheres-te de coragem e arriscar? Podem estar os 2 num impasse .. Ás vezes é complicado.. de parte a parte. Acredita que sei do que falo. Mas alguém tem q fazer a first move.E às vezes só é mesmo preciso isso..

    ResponderEliminar
  3. Não há palavras para descrever o que se sente quando te lemos. "Ela" ler-te-á com certeza, assim como todos os outros corações que por aqui passam e não conseguem ficar indiferentes à tua escrita. :)

    ResponderEliminar
  4. Linda carta! E a música está perfeita :)

    ResponderEliminar

Enviar um comentário