São palavras, são vontades...


Tenham um bom Sábado, sejam felizes e vivam esses sonhos que têm em vocês.
Beijos e Abraços

Toca-me, toca-me ao coração dedilhando as feridas de outrora. Sente-me, sente o escarlate sangue que por mim corre, esta paixão que tem nome, este infinito de prosas escritas que almejam a presença do teu ser. Debruça-te sobre a vida, sobre esta história erigida na vontade que tenho de te ter, esta música de passos descompassados e de minimalismos literários que expressam apenas uma parte deste meu querer. Agarra-me, prende o olhar fixamente no meu e deixa-te guiar pelos devaneios repentinos, por esta insanidade que te fala e que tantas vezes esquece-se, levando-me ao silêncio da minha voz. Não questiones, apenas observa o decorrer dos factos vividos, os pequenos alicerces da memória que te arrastam neste labirinto de sentimentos, nestas emoções envolvidas em contemporâneos bailados que a tua alma beijam. Forma história, desnuda o teu corpo e deita-te a meu lado, hoje exploramos o toque da pele, as emoções que emanam da paixão, do conhecimento tátil, daquele que vai para além do que é dito, para além do que é sentido. Seremos dois amantes, dois seres dispersos de tempo, olvidados de barreiras postas e entraves sedimentados. Hoje, seremos apenas dois em um, seremos dois amantes, dois pássaros livres, seremos um amor, um amor que nos torna cúmplices de uma cumplicidade sem divisas...


Quanto a vida te falar de amor, quando o amor te fazer sorrir, quando o sorrir tiver um rosto, nesse momento, avança, luta, porque a pessoa que tanto sonhas pode ser personagem principal do teu próprio viver...





Comentários

  1. awww adorei, a ultima parte entao lindissima como sempre! que inspiracao!
    votos de continuacao de bom fds

    ResponderEliminar
  2. Agradeço o teu comentário. É sempre bom. Gosto muito de te ler. Parabéns por mais um texto lindo :)

    ResponderEliminar

Enviar um comentário