"Dói-me o coração..."

Dói-me o coração... 
Enquanto me deito nesta cama,
No silêncio da noite em que morro por dentro,
Vivo o arrependimentos... de ter perdido tudo o que me fazia feliz.
A saudade é maior do que eu,
Maior de que qualquer recordação que me tente reanimar e devolver à vida.
Despeço-me de cada lágrima perdida,
E peço para que o destino se lembre de mim... um dia, talvez.
Conto até três... e desisto de tudo.
Por fim... sinto que me dói o corpo,
A pele que já foi amada, nesta cama que agora não é mais nada,
A não ser a solidão que engulo de um só vez..
A ausência de ti causa-me isto...
Perco-me no meio das memórias, das histórias que se apagam,
Nestas noites que amargam, que me rasgam por dentro.
Se tu ao menos soubesses o quanto me dói o coração...
Poderias voltar e tentar curá-lo,
Porque ele agora só sabe morrer aos poucos,

Assim como os meus sonhos... morrem em mim...

Imagem relacionada

Comentários

Enviar um comentário

Mensagens populares deste blogue

"Nunca desistas de ti!"

"E tudo o que eu pedia... era que voltasses..."

"Dói-me tanto saber que nunca mais irás voltar..."