Aquele dia...


Só tenho a agradecer todas a ajuda na votação mas, devido a um erro, tudo ficou em suspenso até Segunda-feira. Penso que tudo será recomeçado desde o inicio mas para isso irei contar com a vossa ajuda para conseguir recuperar todos os votos. Um grande OBRIGADO para todos...
Sabia que seria um dia diferente, um dia tão diferente para mim. Por entre fotografias espalhadas pelo chão e aquela melodia que ecoava pela casa, o meu sorriso nascia, o meu sonho despertava. Sentia o toque de cada madeira do soalho daquele meu abrigo, andava em passos calmos porque queria que tudo tivesse mais intensidade, que tudo levasse uma eternidade. Sentia o cheiro a café, aquele cheiro aconchegante num dia frio de inverno, num dia em que o sol aparecia mas não aquecia o meu corpo. De coração quente dirigi-me à cozinha, aquela onde sempre te encontrava, onde ambos partilhávamos momentos, onde ambos nos sentávamos com uma chávena de chá até as tantas da manhã. Momentos vividos, presentes naquela nossa história escrita sobre as paredes daquela casa, sobre as vidraças em que ambos desenhávamos o futuro.
Em tom apressado, em gestos rápidos olhaste para o meu rosto, sorriste com o olhar e disseste que aquele era o momento, que aquele era o nosso momento tão esperado. Corri que nem um louco, calcei os sapados à presa nem reparando que eram diferentes e, carinhosamente, levei-te para o carro. Nunca pareceu que uma distância tão pequena levasse tanto tempo, nunca pensei que poucos quilómetros parecessem uma utopia impossível de alcançar.
Chegamos - disse-te eu - chegamos finalmente ao lugar onde a magia ia acontecer. Pegando-te na mão levei-te para dentro daquele edifício, para dentro daquele prédio de pessoas moribundas e de outras esperando o milagre da vida. Sabia que era a nossa vez, a nossa vez de conhecermos os frutos de um amor, de um amor diferente de tantos outros porque nós assim o fizemos. Foi o dia mais marcante da minha vida, deixei de ter um grande amor e passei a ter dois. A Maria Beatriz nasceu, a minha filha nasceu.
Após dias, após horas em que apenas via vocês sem vos poder sentir, sem vos poder ter, levei-as, as minhas duas princesas, para o nosso lar, para o nosso lugar e lá continuamos uma história, deixando de ser escrita por dois, passando a ser escrita por três.
Há momentos na vida que nos revelam caminhos, que nos moldam a alma, que nos fazem sorrir de forma permanente, sem efemeridades, sem barreiras, sendo felizes com quem queremos, com quem cuida de nós, com quem nós tão bem sabemos cuidar...



Comentários

  1. ohh que texto tão bom de ler. Tens um optimismo contagiante :D

    Gosto sempre de te ler :) Muitos beijinhos*

    ResponderEliminar
  2. Pelas etiquetas parece-me uma historia inventada por ti e que adorarias que fosse realizada.
    Se assim é, também tenho esse sonho, o sonho de gerar algo dentro de mim, de dar à luz um filho :)
    Da gravidez ao parto deve ser um momento fantástico, mas depois de ter o filho nos braços, deve ainda ser mais gratificante todo este tempo que passou :)

    Maria Beatriz é um bonito nome :)

    Agora se foi uma historia real, dou-te os meus parabéns se já és pai, serás sem dúvida muito dedicado e babado :)

    Beijinhos*

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigado Paula, mas não sou pai, é apenas um texto ficcionado :)

      Eliminar
  3. Olá,

    Opah, gostei muito do texto de hoje, como sempre muito bom! Acreditas que assim que o li, pensei logo na banda que escolhes-te como som, para hoje? Mas por acaso pensei na musica I am on my way, uma recente. Como sempre estás em altas com os teus textos, impecavel! Então como está a correr o concurso? Já la fui dar a minha contribuição e vou novamente agr :P

    Abraço

    ResponderEliminar
  4. Já tens o meu voto! ;) Muito boa sorte! :) beijinhos

    ResponderEliminar
  5. e eu gosto imenso do que escreves.
    já tentei votar, mas não estou a conseguir encontrar-te. vou tentar mais uma vez. beijinho *

    ResponderEliminar
  6. não agradeças (:
    boa noite para ti também. beijinho *

    ResponderEliminar
  7. Eu vim atender seu chamado.
    Li que pode votar todos os Dias tomara que eu não venha esquecer.
    Foi fácil encontrar seu blog para votar embora tenha muitos blogs ali foi um prazer atender seu pedido.
    Tens que pedir mais vt tem blogs bem a sua frente .
    Estou torcendo por vc lindo final de semana beijos,Evanir..

    ResponderEliminar
  8. Adorei o blog, e já tem meu voto (:
    ''Há momentos na vida que nos revelam caminhos, que nos moldam a alma,'' lindo isso. Parabéns, já estou seguindo! (:
    Beijos.

    ResponderEliminar
  9. Adoro ! Já te falei das emoções e do quão bom está este texto.
    A delicadez, a doçura, o humanismo, o amor... Gosto mesmo muito!
    Um dia, será um grande pai, um orgulho para o teu filho por tudo aquilo que és , pelo Homem gigante que crias-te.

    Beijinho*

    ResponderEliminar
  10. obrigada pelas tuas palavras é sempre bom ler comentários como o teu para ja nao consegui votar em ti mas tentarei mais tarde e gostei do post um beijo e bom fim de semana

    ResponderEliminar
  11. Que belo otimismo Pedacinhos, meus parabéns. Venha ver-me!

    ResponderEliminar
  12. Eu vim para votar gosto de atender pedido dos amigos (as)
    Li que esta suspenso .
    Me avisa no meu blog na segunda feira terei o maior prazer em ajudar vc a ganhar o merecido premio.
    Feliz final de emana beijos ,Evanir.

    ResponderEliminar

Enviar um comentário