Revê-te nas palavras...


Há momentos na vida em que não compreendemos, em que não encontramos significado, em que não entendemos a nossa forma de sentir. Vivemos momentos perdidos, perdidos em nós mesmos, naquilo que pensamos mas que guardamos para nós, que guardamos nos nossos mais secretos segredos. Com o tempo, com essa forma que nos amadurece a alma e nos torna adulto o coração, começamos a responder a todas as questões que antes pairavam, aquelas questões que nos estagnavam, que nos faziam duvidar de nós. Nessa altura, na altura em que crescemos, começamos a tomar as nossas decisões, a escolher os nossos caminhos, no fundo, começamos a saber o que queremos, como queremos e quem queremos na nossa história. De efemeridades não se constrói uma história, uma história não é feita nem nunca será de capítulos dispersos, de aventuras que dão felicidade momentânea, aquela que normalmente acaba em peso na consciência. Penso que só passando pela vida, errando, arriscando é que aprendemos o ver o que nos faz bem, é que aprendemos a ver o mundo de outra forma, a conjugar o amor de outra maneira. Falo de amor porque é este que me alimenta, um amor que reinventei segundo os meus passos, segundo os caminhos que fui seguindo em detrimento dos atalhos que sempre evitei. Nunca olhes para alguém com o olhar dos outros, olha apenas com o teu olhar, com o teu sentir, parando para ver, parando para receber algo em troca que te faça sorrir. Os melhores momentos que podemos viver são aqueles que menos esperamos, aqueles que surgem na nossa vida por uma razão, que nos fazem ver que somos diferentes mas que é nessa diferença que somos felizes, é nela que podemos amar de uma forma livre como aquele "sempre" que idealizamos para nós. Amar é construir um porto de abrigo, é construir vida, é erguer um edifício repleto de sonhos sonhados, de sonhos realizados, amar, amar sempre será a melhor forma de nos sentirmos vivos, de darmos vida a um outro alguém...




Um homem, torna-se um homem de verdade quando cuida de uma mulher, de uma única mulher, fazendo-a feliz, tornando-a especial. Um homem de verdade partilha o amor com aquela pessoa especial, com aquela sua pessoa e não o desperdiça com aventuras que trazem louvores mas nunca trarão uma história em comum...





Comentários

  1. Homem verdadeiro é aquele que se apaixona todos os dias um bocadinho pela sua mulher. Estimando-a e acarinhando-a, fazê-la sentir especial como ela é.
    Beijinho

    ResponderEliminar
  2. Olá,

    Adorei o texto, este titulo inspira-me. Sabes relembrei me de uma frase que era mais ou menos assim: As frases não têm sentimentos, os sentimentos residem nas letras e palavras.

    Como sempre a surpreender com as palavras, excelente.

    Forte Abraço

    ResponderEliminar
  3. Leio cada palavra do que escreves com a máxima atenção. Tudo tem sentido. Adorei, mais uma vez!

    ResponderEliminar
  4. Lindo mesmo. Cada vez me prendo mais aos teus textos e às emoções e sentimentos que transportam.
    Espero um dia ser o Homem que descreves.
    Abraço

    ResponderEliminar
  5. Obrigada pelas palavras que deixas no meu cantinho! Vais ser sempre bem-vindo no meu blog...e espero não desiludir (:

    Um beijo (:

    ResponderEliminar
  6. E que a nossa palavra de ordem seja sempre o "Amor" e que "Amar" seja sempre o nosso principal alimento.
    És realmente um Homem fantástico e mereces tudo de bom e que essa felicidade que te carateriza esteja sempre patente na tua vida !

    Um beijinho*

    ResponderEliminar
  7. Faz-me sempre bem visitar o teu blog, incrivel, sinto cada palavra daquilo que escreves como se já fizessem parte do meu coração. A tua escrita já faz parte do meu dia-a-dia.

    ResponderEliminar
  8. Gostei muito quando ouvi. Tem uma letra muito bonita.
    Muito obrigada! Posso dizer o mesmo. É impossível ficar indiferente ao que escreves. Lindíssimo! E acabou em beleza com Michael Bublé :)

    ResponderEliminar
  9. Obrigada pelo teu comentário, não imaginas como me soube bem ler o que disseste!
    O texto está fantástico, e deu-me um pouco de alento. E a música é simplesmente adorável. Um beijinho grande.

    ResponderEliminar
  10. obrigada mesmo pelo o teu comentário, é a coisas que tornam a nossa escrito mais bonitas e outros nascem com um dom por exemplo tu

    ResponderEliminar
  11. Muito obrigada, André. É sempre um prazer ler-te :) Muitos beijinhos

    ResponderEliminar

Enviar um comentário