Mudança...


Hoje tira um tempo e deixa-te guiar pelas palavras, coloca a música e foge do teu mundo para te encontrares em ti. Encontrarás nestas palavras respostas, encontrarás nestas frases o sentimento puro que nos move, que faz de nós pessoas...
Encontrarás em ti as respostas, encontrarás em ti os caminhos que seguirás se quiseres lutar pela tua felicidade. Encontrarás no teu caminhar a força que te fará seguir, que te fará erguer por entre as quedas e rasteiras que possas encontrar. Serás a força daquilo que sonhas, serás o viver do que projectas, por isso não desistas de ti em dias de escuridão porque no dia seguinte, certamente, irás abrir a janela e entrará o sol que te banha o rosto. Sente o amor, não o questiones demais, apenas vive-o de forma despida de mascaras, entregue à verdade dos sentimentos, à tua própria verdade. Ama hoje, ama uma vida inteira e nunca te arrependas do que fizeste, tudo traz ensinamento e erra quem vive, quem arrisca, quem entra em batalhas para se sentir vivo, para passar nesta vida deixando a sua marca. Entrega-te ao que para ti é verdadeiro, ouve a tua voz que ecoa dentro do teu peito, vive a intensidade de um beijo e a força de um abraço. Forma nas tuas pisadas a história da tua vida, coloca os recortes das fotografias que te marcam, os excertos das músicas que te acompanham e os sabores que fazem parte do teu viver. Vive deixando a tua marca, aquela recordação que faz com que se lembrem de ti, com que sintam saudade da tua presença. Percorre os caminhos mais longos, os verdadeiros caminhos, não desesperes no tempo, porque o teu tempo chegará, chegará naquele dia que menos esperares e chegará para ficar. Acredita sempre em tudo o que fazes, eu aprendi a acreditar nisso, luta sem tempo para parar, luta hoje, luto uma vida inteira porque é mesmo assim que concebo o meu viver, que dou razão à minha história. Amo o tempo, amo as pessoas que me marcam, que em mim deixam tatuadas as suas recordações, amo amar, amo as letras que me preenchem o imaginário e amo os sonhos que sonho de olhos abertos, fechados, ou até mesmo que desenho neste meu caderno que me acompanha. Vive a tua verdade, vive o teu tempo, vive o teu sentimento, vive hoje, vive apenas por ti, somente por ti... 




Quero-te apenas assim, perto de mim, nas noites quentes e nas noites frias, quero apenas isso, um abraço apertado, um beijo sentido, um momento partilhado. É mesmo assim que são as grandes histórias de amor, não? Em que duas pessoas vivem a felicidade, partilham o sonho e lutam pelo mesmo destino. É assim que eu vejo as histórias de amor e não de outra forma...


Comentários

  1. adorei o teu texto, está muito bom :)
    será q podes dar uma vista de olhos pelo meu e deixar a tua opinião? obrigada * bom fim-de-semana.

    ResponderEliminar
  2. Revejo-me tanto nas tuas palavras que por vezes custa-me acreditar que seja verdade. Parece teres um coração enorme cheio de amor para dar, isso é de louvar. Parabéns mais uma vez pela tua escrita, desperta qualquer um que gosto deste sentimento, o amor.

    Beijinho*

    ResponderEliminar
  3. Olá,

    Antes de mais fiquei retido na música, que letra, que melodia e acima de tudo que forma bela de expor sentimentos, assim como fazes com a tua escrita.

    Hoje como não poderia deixar de ser apresentas-nos um tema muito interessante, a Mudança, que muitos desejam, outros temem e outro ainda tentam cada vez mais torna-la realidade.

    Como sempre estás sempre a incentivar as pessoas a agarrarem-se à vida, a fazer pela vida e acima de tudo a viverem é por isso que acho que devias mesmo escrever algo de auto ajuda. Já agora estudas letras ou pscicologia algo assim? olha que era uma boa aposta, mas tenho certeza que estudes o que estudes, será uma boa aposta tambem

    Abraço

    ResponderEliminar
  4. "Se eu não gostar de mim, quem gostará?" :p

    ResponderEliminar
  5. Muito obrigada. Adorei ler-te mais uma vez :)

    ResponderEliminar
  6. Tiras-me sempre as palavras da boca, André!

    ResponderEliminar

Enviar um comentário