Sabor a sal...

Antes de mais tenho de agradecer em todos os que votaram no meu blog para esta distinção. O “Pedacinhos de mim” arrecada, assim, o primeiro lugar o que, para mim, é um orgulho enorme e uma força para continuar neste mundo das palavras. Sem os meus seguidores, pessoas que aqui passam, diariamente, isto não teria a mesma piada. Beijos e Abraços e sejam felizes. Para verem os resultados e a distinção entrem AQUI



Sentiam a vontade a correr-lhes nas veias. Era final de uma tarde de Verão, a praia começava a ficar cada vez mais vazia e os sorrisos cúmplices perdiam-se nas ondas do mar. Ela, descalça, corria por entre o areal pedindo a ele que lhe acompanhasse e, ele, sorrindo corria na sua direcção pegando-a ao colo, rodando-a numa dança de passos descompassados como os batimentos de um coração apaixonado. Foram momentos partilhados, naquele lugar em que o mar toca o céu e em que os sonhos são agarrados nas mãos dadas, nos beijos roubados e nas promessas de um eterno ficar. Quebram-se as barreiras, a liberdade assume a forma de dois corpos que se fundem num só sentimento. O coração pede mais, o calor faz despertar novos desejos e eles ali ficam, com sabor a água salgada, no corpo, nos lábios, na alma. Segredam-se vontades, confessam-se momentos em que pediam, no silêncio, a presença de um no coração do outro, a presença de, um tanto mais, que era a soma de duas partes que se complementam na perfeição. São deixados os passados, o presente está mesmo ali à frente, num frenesim de desejo que se exprime no olhar que não engana. A vida assume a centralidade, a simplicidade dos grãos de areia, nos pés, despertam uma alegria inexplicável e olhando para ela, ele diz “ Que sejamos mar, um mar igual em todo o lugar, um mar que aproxima, um mar que entra pelo rio Tejo e te abraça num desejo tão meu, num amor tão nosso”. Ela, suspirou, encostou a sua cabeça no ombro dele e ali continuaram, tão vivos dentro deles, tãcúmplices um do outro...




Comentários

  1. Lindíssimo :)
    Parece um sonho!

    E os meus parabéns !! :)

    bjinho

    ResponderEliminar
  2. como disse no post anterior, mais q merecido. os meus parabens :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Tenho tanto de agradecer os teus comentários. É sempre muito bom sentir a tua presença por estes lados.
      Eu tenho ido ao teu blog mas não dá para comentar, tiras-te essa opção?

      Um Beijinho :)

      Eliminar
  3. Desde já, os meus parabéns, este blog é sem dúvida merecedor do primeiro lugar.
    O texto de hoje está perfeito, gostei muito mesmo!

    um beijinho* :)

    ResponderEliminar
  4. Obrigada eu! :)
    É verdadeiramente maravilhoso poder ler-te, todos os dias :D

    ResponderEliminar
  5. Gosto. Na verdade, muitas destas são características dele (que eu adoro). Especialmente as que estão a preto/negrito.
    Quanto a mim, acho que se aplicam:

    charme (ocasionalmente) mas nunca arrogância
    boa disposição (muita, mas só se de facto estiver alegre. Não finjo).
    sorrisos envergonhados
    a trabalhar na coragem ;)
    muitaaaa loucura saudável!
    toneladas de preserverança. Nunca desisto do que quero, mesmo!

    ResponderEliminar
  6. Muitos parabéns!! Parece que não houve margem para dúvidas ;)
    Abraço

    ResponderEliminar
  7. Eu sabia que ias ganhar, afinal votei em ti, ahahahahah! :P

    É merecido, és o melhor escritor da blogosfera, os teus textos são sempre tão profundos e lindos que é praticamente impossível encontrar palavras para os comentar! :)

    Abraço grande meu querido amigo! Obrigado pelas tuas palavras, a semana que terminou foi mesmo muito difícil...

    ResponderEliminar

Enviar um comentário