Palavra, palavras, palavras meias...


Olá Seguidores, este post é partilhado automaticamente, responderei a todas as vossas palavras no Domingo. Até lá sejam felizes e lutem pelo que, realmente, querem...


São canções revestidas de vidas,
Vidas vividas outras por viver,
São instantes passageiros de momentos verdadeiros,
É história permanente de quem sabe o que quer.
Olhares cruzados, cruzados destinos,
Lutadores audazes de estradas e caminhos,
Vida repleta de sorrisos verdadeiros,
É quem arrisca mais um dia em sonhos aventureiras.
Sou eu e tu um nó atado,
Presente vivido com ensinamento passado,
Criança crescida, em doce sonhar,
Pessoas diferentes que sabem amar.
Verdade de cartas, cartas ditadas,
Fados cantados em ruelas e encruzilhadas,
Sou eu, apenas eu mesmo, nesta forma de sentir,
Repleto de vida e de um futuro por descobrir...


Nunca haverá maior sentimento do que o amor que vês crescer em ti. Há quem viva de sinais e há quem os ignore. Escreve então, vive o momento, não vás nos atalhos e se queres, apenas tu, podes lutar por esse querer. Agora não te definas pelo que pensas que fazes, define-te sim, pelo que, realmente, fizeste por ti, por vocês, por uma história de amor...



Comentários

  1. Espero que estejas bem! Forte abraço :)

    ResponderEliminar
  2. Tinha saudades de ler as tuas palavras para mim! Obrigada... Eu sei, comparar é mau mas é tão tudo ao mesmo tempo...

    ResponderEliminar

Enviar um comentário