O Avesso do amor...


Hoje tenho que vos deixar um GRANDE OBRIGADO pelo apoio, termina a primeira fase e amanhã saberei se este meu cantinho passou à final. Independentemente de tudo, de prémios ou de divulgação, foi muito importante para mim sentir o vosso apoio. Obrigado por tudo. Sejam felizes!
Rios de paixão, sentimentos deslaçarado num porto de abrigo, são momentos, são melodias, formas de vida, instantes de paixão. Antes do adeus tanto foi dito, naquele escárnio sentimento, naquela vida ao impugno. A magia perde-se no olhar, fica a sombra da ansiedade e a melodia cala-se num amargo fado de cor escarlate. São infinitas vontades entregues a espectros desfeitos, são moribundos desejos esperando ser resgatados. Antes do adeus tantas promessas eram proferidas, palavras sentidas, abraços apertados. Antes de tudo findar era a aventura, a loucura em que ambos se perdiam nos braços um do outro, em que ambos alvoravam do mundo asilando-se na moradia da saudade que hoje sentem. Era a imortalidade assumindo-se central em todo aquele viver, era a maré da voz de quem cantava um amor, aquele hino a uma vida que tremia de desejo. Antes daquele adeus, daquela partida, tanto foi deitado por terra, foi o conhecer do avesso do amor, as lágrimas vertidas e a abalada efémera de quem prometia um futuro a dois. Depois de tudo encontrar o seu fim resta a memória daquele viver, o desconhecimento das pessoas, o deslembrar dos olhares que antes tanto prendiam. Chega assim a partida que não contempla a chegada, a magia que termina, o amor que se perde, as pessoas que nas cinzas vêem a sua história morrer...


Que sejamos história, vida, sonhos repletos de verdade, sorrisos rasgados, eternidade do sentir. Que sejamos amor vivo, palavras sentidas, que sejamos eu e tu, que sejamos um nós, um nós difícil de desatar...






Comentários

  1. muito obrigada vou deixar aqui quando o tiver mudado.. (:

    ResponderEliminar
  2. Gostei imenso!

    Muitas pessoas só dão conta do valor e do que tinham quando o perdem. Perder um grande amor pode ser uma tragédia, mas também pode ajudar-nos a crescer.

    Que possamos viver um grande Amor...ontem, hoje, sempre!

    Soará a cliché, mas... "o Amor tem razões que a Razão desconhece..."

    Abraço :3

    ResponderEliminar
  3. Gostei imenso. "Antes daquele adeus, daquela partida, tanto foi deitado por terra, foi o conhecer do avesso do amor (...)" Está apenas maravilhoso. Sabes como gosto de te ler, sempre.
    Muito obrigada. A saudade é isso mesmo, algo que fica cravado dentro de nós e nunca mais desaparece. Têm um bom resto de boa noite, e um bom Domingo, que não seja um temporal tão grande como hoje. Beijinho :)

    ResponderEliminar
  4. Uauu adorei o teu blog, escreves super bem ! Vou seguir *

    ResponderEliminar
  5. só consegui vir agora ao blog, por isso peço desculpa só responder agora. e apesar de estar a terminar, um optimo fim de semana para ti também :)
    beijoca *

    ResponderEliminar
  6. espero que sim e obrigada por continuares a acompanhar-me (:

    ResponderEliminar
  7. Nunca vou deixar de acreditar, nunca :) Obrigada e bom fim de semana tambem para ti :)

    ResponderEliminar
  8. Adoro a tua maneira de escrever, muitos parabéns! ;)

    ResponderEliminar
  9. Secalhar tens razão, e eu estou a dramatizar imenso, mas custa imenso saber que perdi quem eu mais queria ao meu lado nesta vida.. Obrigada a sério ;)
    Segues o meu cantinho? Sou nova aqui e gostava de ser mais "conhecida", ouvir mais opiniões sobre os meus textos? Beijinhos ;)

    ResponderEliminar
  10. Acaba uma história, mas renasce outra, temos de ter esperança e não deixar de acreditar no amor :)
    Eu já tive algumas histórias terminadas, mas espero vir a ter uma historia com tempo ilimitado :) São essas que valem muito a pena e nos dão a felicidade que desejamos.
    Nas que terminaram, ficam as memórias de tudo o que se passou como mencionas :)

    Beijinhos

    ResponderEliminar

Enviar um comentário