Words...


São palavras, são simples palavras que te escrevo. São palavras, simples palavras que te narro sabendo chegar a ti. São palavras, palavras que falam de amor, que falam de querer. São palavras, palavras minhas e de mais ninguém. São palavras, estas palavras que te dou. Palavras, palavras embebidas de sentimentos, repletas de sonho. São palavras, palavras que se tornam maduras, que sabem o que dizem. São palavras, nada mais que palavras, mas são as palavras que falam de mim, que te contam o meu sentir. São palavras que vivem de amor, que de amor falam, que em amor se encontram. São palavras, palavras que emanam do coração, que falam em recordação, que se conjugam como uma eterna canção. São palavras, palavras que quebram o silêncio, que afogam a solidão, que residem no meu sorrir, que se constroem no meu projectar. São palavras que me conhecem, palavras que me acompanham, palavras em que muitos se perdem para mais tarde se encontrarem. São as minhas palavras, as minhas frases, as minhas vontades, os meus segredos. Estas são as minhas palavras, as palavras que eu não calo, que eu não falo, que eu escrevo apenas, que eu te endereço apenas. Estas palavras não têm resposta e muito menos uma prisão, são livres, livres para voar, para chegar, para partir ou até mesmo ficar. São palavras independentes de mim, crescidas e adultas, são palavras, palavras que calo, palavras que não se calam. Tudo isto são palavras, as palavras que me compõem...


Quando se quer, luta-se, quando se espera, perde-se, quando se sonha, avança-se, quando se vive aprende-se que a vida é composta de tempo e esse tempo deve ser aproveitado sem desculpas, sem orgulhos, sem barreiras. Haverá um dia em que tudo passa e, o que fica? O que fica são as recordações do que vivemos e não daquilo que deixamos por viver...




Comentários

  1. Olá olá,

    As palavras são muito complexas de facto, com elas comunicamos, com elas construímos mas tb é com elas que destruímos!

    A imagem de hoje é muito romântica e sentimental, gostei ;)

    Forte Abraço

    ResponderEliminar
  2. São acima palavras lindas, vivas de amor e alimentadas por esse sentimento tão teu, tão terno! Que essas palavras nunca se gastem e tenham sempre o poder de ser moldadas :)

    Adoro a música :$
    Beijinho*

    ResponderEliminar
  3. Escrever é como despir... e cada palavra que dizemos é como retirar uma peça de roupa em que doamos um pouco mais de nós ao outro.
    Gosto de palavras, das palavras, do que dizem e do que deixam por dizer...
    Gostei de ler estas palavras simples.

    ResponderEliminar
  4. amo essa musica do chris brown *_*
    casou perfeitamente com o post

    seu blogue é lindo
    adoraria se me seguisse;
    beijos <3

    ResponderEliminar
  5. As palavras que tu nos presentei-as essas sim são belas :)
    Beijinho*

    ResponderEliminar
  6. Palavras... quem me dera que as palavras que tanto escrevo se fizessem sentir. De certo que não pediria outra coisa. :( Muito bom. Beijinho grande *

    ResponderEliminar

Enviar um comentário