São só palavras...

Somos feitos de horas, horas vividas, horas sentidas e outras tantas pedidas. Somos tempo mesmo sem o quer ser, somos vida e outra ainda por viver. Somos o espelho dos sonhos vividos, outros contidos e tantos, mas tantos, repartidos na esperança de um futuro mais feliz. Somos guerreiros, lutadores de histórias, aventureiros ou descobridores. Em tudo o que se chama de vida, nós, largamo-nos na maré, procuramos refúgios e ancoramos em portos de abrigo seguros para o nosso coração. Somos apenas isso, humanos que procuram amor nos recantos de um mundo em que tão poucos sabem amar. Vivemos melodias, sentimos a pele arrepiar com uma imagem que faz o nosso olhar brilhar, somos amantes, pedintes, somos tudo mas tantas vezes parecemos estar cheios de nada.
É desta forma que eu concebo a vida, esta forma despreocupada de viver o hoje sabendo que o amanhã resultará das escolhas feitas, dos riscos cometidos, das insanidades que nos fazem avançar. Sejamos adultos então, lançar-nos-emos neste turbilhão de vivências mas nunca, nunca, deixemos de acreditar em sonhos de criança. Pode parecer errado, parecer inconsequente ainda sonharmos com grandes amores mas, mais vale isso tudo agregado em nós, do que uma visão perdedora de uma vida ainda nem sequer explorada.

Se há coisa que gosto, que me faz correr a adrenalina nas veias, é ver que a mudança dá um carácter de impressibilidade à vida e como eu gosto que as coisas mudem. Então neste vai e vem de tempo que sejamos o tempo vivido porque o perdido nunca fará parte da nossa história...



Comentários

  1. Também tive um dia cansativo.. Não fiz assim tanto mas este calor deixa-me fraca.

    Adoro a forma como encaras a vida, mesmo. Eu estou numa de deixar rolar :)

    ResponderEliminar
  2. Sim,.. às vezes custa mas muitas vezes resume-se a isto: queremos ou não ser felizes? E eu quero.. e muito!!
    Então algumas coisas simplesmente tiveram que mudar!

    ResponderEliminar
  3. Bonitas palavras, como sempre. :) Um bom Setembro e uma boa semana.

    ResponderEliminar
  4. Tens textos muitos bons, que falam de sentimentos verdadeiros, intensos, de um modo de vida de ser livre, sonhador, romântico.
    Neste dizes "nos recantos de um mundo que tão poucos sabem amar, como concordo contigo, "Porque amar é uma arte e nem toda a gente é artista" e tu sabe-lo muito bem.
    Identifico-me muito com a tua maneira de pensar. Parabéns pelos textos, sabes falar bem de ti, de sentimentos, tens bem presente o que é amor verdadeiro, o que queres para ti, o valor daquilo que queres. porque... "mais vale isso agregado em nós, do que uma visão perdedora de uma vida ainda nem sequer explorada."
    Concordo muito contigo.
    beijos ;)

    ResponderEliminar
  5. Boa noite Liliana,

    Tenho a agradecer-te pelo comentário. É muito bom quando se lê algo de uma pessoa que acompanha o que escrevemos.
    Penso que na vida o principal é sermos feliz com quem queremos, da forma como queremos e nunca pela voz das outras pessoas.
    A nossa liberdade de amar depende inteiramente de nós.

    Se tiveres um blog coloca por aqui o link terei todo o gosto em lá passar.

    Um beijo :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. ola :)
      Também penso da mesma forma :)

      Gosto de escrever, mas escrevo mais para mim, não tenho nenhum blog. No entanto posso partilhar contigo um dos meus textos que está relacionado com uma música que até partilhei no meu face. Já que também tens paixão pela música.

      Nunca devemos deixar os nossos sonhos de lado, isso mostra quem nós somos , a nossa essência! E encontrar alguém que siga connosco o caminho, que não nos faça desistir, que tudo seja melhor com aquela pessoa ao nosso lado, que nos dê força e energia para os combates. Sermos livres no amor, é encontrar o amor verdadeiro. Porque na verdade nada dura para sempre, apenas o amor verdadeiro. E esta é a mensagem desta música, e por isso mesmo é das minhas músicas favoritas dos biffy clyro.

      http://www.youtube.com/watch?v=D2v4YsLpI8c&feature=share

      Eliminar
  6. Escreves coisas tão sinceras... deixam-me mesmo derretida, a todos os níveis. Adoro todos os teus textos e cada linha prende-me de uma forma que é inimaginável, até. São sentimentos tão verdadeiros... é impossível ler isto e não ficar num estado de espírito alegre e despreocupado. É quase como uma sensação de alívio. Muitos parabéns. Continua! Adoro os teus textos, um beijinho. :)

    ResponderEliminar
  7. Somos tudo e podemos ser nada.

    Ótima reflexão!

    beijos

    ResponderEliminar
  8. Boa noite. É por isto que tanto gosto de passar aqui, por cada dia ser uma supresa, por cada dia falares de ti de uma forma tão genuina,por cada dia, cantares o amor ao som dos sentimentos, por cada dia dares de ti ao papel, com a tua opinião, sabedoria e humildade. Admiro o teu trabalho. Partilho das tuas opinões. Ser se feliz, é o que todos nós procuramos todos os dias que acordamos. Felicidade conquista-se a cada passo dado. Muito bom como sempre. Um boa semana. Beijinho

    ResponderEliminar
  9. Mais um lindo texto para ser lido e relido! Um bom mês *

    ResponderEliminar

Enviar um comentário