O meu eu revisitado de ti...


Pedia um pouco de mim, desta vida que me compunha,
Preservava o mundo na minha mão e aqueles sonhos que me alimentam,
Vivo de memória mas é essa que forma em mim história,
Há o que nunca se esquece e o que o tempo acaba por levar,
Não acreditei em vozes que por aí andam, nunca fui nos passos que não sejam os meus,
Hoje sou o resultado de escolhas, o espelho dos sonhos que vou acreditando,
Resido nas lembranças de quem junto a mim vive, de quem conhece o meu respirar,
Parti e também desisti mas a vida ensinou-me a lutar,
Já fui espectro que se alimentou do passado ou homem que desconhecia o presente,
Amei loucamente e esqueci como se o nevoeiro tivesse arrancado o meu coração,
Fui louco, inconsequente, errei e aprendi,
Vi na vida uma série de oportunidades e desde que me encontrei nunca mais me perdi,
Agora não me falem em aventuras porque as histórias têm outro sabor,
O sabor doce da vitória de quem não desiste do amor,
Não me perguntem ao que sabe, ou até mesmo como se vive,
Os dias são o resultado de mim, de ti, de nós e isso não se explica,
Começa assim uma nova vida, o reviver dos dias em que sol nos banha o rosto,
Passamos a ser guerreiros sem nada entreposto,
Num instante queremos, noutro estamos a viver,
Porque se tu me ensinaste algo, foi a correr atrás daquilo que se quer,
Que se seja o que nunca ninguém o foi, que sejamos apenas nós,
Porque se damos o primeiro passo, depois já não estamos sós...



Não há vontade que não se tenha que não nos empurre na direcção do que se quer...




Comentários

  1. Isto é mesmo a história da tua vida não? :) Adorei ler, como sempre. "Agora não me falem em aventuras porque as histórias têm outro sabor" Como te percebo! Os erros que cometemos só nos fortificam! Podem doer mas a longo prazo vamos aprendendo a moldar-nos e a aprendermos. Continua a querer e a sonhar, porque "O sonho comanda a vida". Já agora, adoro essa música! :)

    ResponderEliminar
  2. Oláa,

    Olha lá está começas-te muito bem, pedir um pouco de nós proprios, na verdade levamos a vida a exigir e pedir mais dos outros qd na vdd a iniciativa e o sentimento parte de nós. Só assim podemos caminhar por passos que apenas são nossos, como referiste.

    Gostei do texto, uma espécie de narrativa de uma pessoa que viveu por si, vive por si, ama a vida e que acima de tudo escolhe para ela.

    Muito bem

    Forte Abraço

    ResponderEliminar
  3. Adorei o texto , uma grande história de vidaa :) a musica também é muito lindaa **

    ResponderEliminar
  4. Já meti o meu texto de hje no blog, como prometido :) Já li este texto duas vezes e cada vez gosto mais !!

    ResponderEliminar
  5. Tu escreves como uma pessoa que viveu, vive e tem uma enorme vontade de viver. De viver e de sonhar, de lutar. É fantástica a esperança e força que me transmites em cada texto.

    Adorei, como sempre.
    Um beijo

    ResponderEliminar
  6. E que verdade. Boa inspiração. Beijos

    ResponderEliminar
  7. Sem dúvida que a vida contigo foi exemplar. Deu-te de tudo e tu tiraste o maior partido de tudo também! Estás mais d que pronto para enfrentar o que ainda tiver que vir! ^^

    Abraço :3

    ResponderEliminar

Enviar um comentário