"Talvez seja cedo..."

Talvez seja cedo...
Cedo para saber como será o meu fim, o final do meu corpo,
O esquecimento de mim - o esquecer do meu amor.
Talvez ainda seja cedo...
Cedo para conhecer o meu futuro, para abraçar o silêncio e para...
Calar-me em  sonhos que sonho... contigo.
Talvez seja cedo... cedo para esquecer tudo o que somos,
Para abandonar toda esta vida que sinto (ao amar-te),
Ao viver a teu lado - ao ser teu... por inteiro.
Existem coisas que marcam a alma, a vida da gente,
O coração que passar a ser memória,
Que passa a ser história, que passa a ser... saudade.
Talvez seja cedo...
Porque tarde nunca será para viver este sentimento: contigo,
Naquilo que nos faz sentir vivos, nas promessas de ficar,
Nas juras de amar... como quem ama... a vida.
Talvez seja cedo...
E será sempre cedo para sermos partida,
Porque seremos sempre a chega, 
A vontade que abraça.
O amor... o amor que nunca acaba.



Comentários