"Respirar(-te)"

Fica em mim, mesmo que o tempo nos arraste... em opostas direcções.
Que chegue o fim. Que tudo se dissipe, ao olhar do mundo.
Perdura no meu abraço, ancora o teu peito ao meu.
Sentido que sou e serei sempre teu... mesmo após, o final.
Fica naquilo que não prometo, nos enganos em que não te envolvo.
Vive da verdade que te ofereço e da abstracção da mentira, que não te sei...
Contar.
Quebra o medo e segreda-me as tuas fantasias: mais sonhadas.
Partilha comigo a vida, a cama, as horas.
Revolta-me o peito e faz-me querer-te. (Ainda mais, do que te quero.)
Nestas noites em que espero, a tua chegada,
( Aos meus braços... que te clamam.)
Vem ser a minha maior certeza, ser a metade daquilo que me completa,
Vem com os teus erros e os teus enganos.
Amarei, cada pedaço que te compõe.
Sabendo que... amar-te, é a melhor forma que tenho...
de viver-nos...
É querer-te. Desconhecendo a razão, 
Dando sentido ao coração, que bate... apenas por ti...



Comentários

Enviar um comentário