"Descompassa-me o Coração"

As horas caiam tardias nas horas sonhadas daqueles dias, o corpo pedia-te, eu chamava-te e tu, tu não vinhas. Correntezas de desejo passam pelas minhas mãos, sonho contigo mais do que devia, preenches estas insónias constantes, estes rabiscos contrastantes em que me perco nos becos assinalados com o teu nome, em que me refugio nas prosas escritas narrando a tua expressão. Longe vão os dias em que a solidão assolava o meu ser, em que dedilhava o piano em acordes melancólicos acompanhados de whisky e cigarros com sabor a mentol. Sinto-te nas minhas veias, nestas correntes que se quebram, nestas grades que antes me fazia desconhecer a utopia alcançável que me deste a descobrir. Quero-te em todas as horas, dispo-me de negrume e assumo a cor daquilo que me fazes ser, este homem que te quer, este homem que te coloca num lugar para além do que, outros tantos, não te sabem elevar. Exprimo-me nestes minimalismos antagónicos que vão na brisa que corre pelas paredes ocas deste quarto que serve de cenário a este meu amor, és esplendor, um pendor de batimentos acelerados que se tornam ousados sempre que desejo o teu corpo para além da tua alma. Eu peço-me calma mas, a verdade, é que estou num turbilhão, num ciclone que encontra-se em estado de calamidade, num vulcão que entra em erupção bem dentro de mim, tudo devido a ti. Arrasta-me, usa-me o corpo e trata-me da alma, faz de mim a tua morada e, num simples abraço, envolveremos a vida, num acto de despedida, naquela mão cheia de sonhos. Volta! peço eu.Volta e fica em mim, mais do que esta noite, mais do que a manhã que surgirá com o nascer do sol e, se te ver ir, volto a pedir para ficares, só mais um pouco, só mais cinco minutos...

ordinair:

vintage/indie blog

Comentários

  1. "o corpo pedia-te, eu chamava-te e tu, tu não vinhas" isto foi maravilhoso de se ler. Ler esta frase foi sentir o quase desespero que é sentir necessidade de alguém, tão cru e primário. Tão humano. Gostei demasiado para passar sem fazer essa pequena referência :)

    Beijinho!

    ResponderEliminar
  2. Obrigada eu por esse comentário, foi um autêntico miminho :) Continuarei a passar pelo teu blog que já faz parte das minhas leituras diárias! Boa noite!

    ResponderEliminar

Enviar um comentário