Há três anos que se vive por cá...

Foram horas e horas entre palavras que tanto falam de sentimentos, são fragmentos de pessoas, caminhos percorridos, amores vividos e outros tantos por viver. É o crescer, o descanso do guerreiro e a partida para nunca mais voltar. Oceanos de vontade, sonhos contidos, histórias reais e outras tantas almejadas. Futuros, presentes e passados, olhares, sorrisos envergonhados, beijos roubados. É o conhecimento de um outro caminho, caminhos que desconhecem atalhos, são verdades, são eternidades. Versos misturados de prosas, camas desfeitas, o mar salgado, a praia ou as ruas estreitas. Casas de madeira, pianos, cortinas ou flores oferecidas com um bilhete que confessa a paixão. É o descobrir, o quebrar da monotonia, o viver de cada dia, o aproveitar da vida. São desejos de um homem em construção, a força de um querer, a diferença de um amar, a particularidade de um querer. É o acreditar numa expressão inacabada, são versículos de contos contados e outros tantos projectados, são a hora, os minutos, os segundos e o suster do respirar. Surpresas, momentos marcantes, coração ferido, coração recomposto, coração que não conhece a palavra desistir. São mais do que simples linhas escritas, são confissões escritas à média luz numa noite de Inverno, ao pôr-do-sol de um dia de Verão ou no meio das folhas caídas num Outono que se sente. São pedaços de mim, parte integrante da minha vida, esta é a minha segunda casa, o lar em que gosto de descansar, depois de um dia vivido, depois de um dia sentido. É e sempre será a minha forma de amar, uma forma despreocupada e livre de sentir, perdura por aqui tanto de mim, reside neste refúgio o que acredito ser. Letras juntas que hoje fazem três anos de existência, são paciência, loucura, calma ou insanidade. Aqui, agora ou outrora, falou-se de saudade, de partidas e chegadas, de contos perdidos ou contos de fadas. Sabe bem chegar a este tempo, ver tudo o que está escrito para trás, aqui respiro paz, aqui deixo um pouco acreditando que no dia seguinte deixarei mais. Em três anos de existência deste mundo que não fala de aparência, vejo que muito mudou, tanto me ensinou e que o amor fica, agarrado a mim, moldando este homem que sou. Se um desejo pudesse pedir, ou até mesmo um sonho para concretizar, escolheria um no silêncio do meu coração, porque lá ele é entendido, não pela multidão mas por quem além de viver, esquece a razão, entrega-se ao querer...





Comentários

  1. Parabéns e muitos agradecimentos pela partilha! :))

    ResponderEliminar
  2. E foi aqui que te conheci, que conheci esse teu lado tão bom...Fico contente por me terem falado neste sítio, fico contente por ter encontrado esta que é a tua segunda casa, este lugar que me fez sonhar, que me faz sonhar, que me faz acreditar que ainda é possível viver um grande amor...eu partilhava os meus textos preferidos no face e disse num deles " foda-se que grande homem este", queria partilhar uma amar tão bom, que eu apreciava tanto, com o qual me identificava tanto... afinal o único amar que vale a pena, o único de verdade, que vem da alma, adorava o que lia, então este sítio começou a fazer parte do meu dia-a-dia... e se fosse hoje não tirava nem uma palavra ao que disse, mantinha na mesma o "foda-se" e tudo porque foi mesmo no sentido de dar enfase ao que dizia, de surpresa de encontrar alguém capaz de amar como tu amas, de mostrar às outras pessoas o verdadeiro amor, o poder dele. E hoje olhando para trás não podia ter ficado mais satisfeita por vir ao encontro do teu refúgio, por reconhecer em ti a pessoa que tb existe em mim porque não, não sou a única a olhar o céu.
    Muitos parabéns pelos três anos, pelos textos, pela forma que escreves. Cativas-me com cada palavra, cada frase, cada detalhe, com cada música, com cada imagem porque tu és feitos dos detalhes e são esses que me cativam, que te revelam...

    Beijinho e boa noite :)

    ResponderEliminar
  3. Muito Obrigado Liliana, não pelo pouco tempo que andas por aqui mas pela diferença que já tens causado neste meu lugar.
    Mais que tudo somos feitos de sentimentos e, são esses, que eu tento passar nas letras que retratam o que acredito e o que quero para mim.

    Um beijo e Obrigado mais uma vez :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Fico feliz por teres entrado na minha vida.
      Diferes no olhar sobre a vida, sobre o amor e eu sou apaixonada pela diferença...procuro-a...
      Até há uma frase que eu gosto muito mesmo "tu nasces-te original, não morras uma cópia" e tu és o original, não fizeste de ti cópia, é isso que aprecio nas pessoas, a capacidade de lutarem e acreditarem naquilo que pensam, terem um pensamento forte...
      Porque lutas pelo que acreditas, porque o que interessa é aquilo que tu és e poderes dizer no fim: eu vivi! ;)
      Porque sim somos feitos de sentimentos, mas daqueles que vêm do fundo coração, sem disfarces...somos o quanto damos aos outros e procuramos isso nos outros... somos feitos do que é simples...humilde... somos feitos de nós mesmos e ponto final.
      Somos e seremos crianças adultas que mantêm o olhar atento sobre o que nos rodeia, atentos, como se sentíssemos tudo pela primeira vez, o vento na cara, a água nos pés, o sol na cara, tudo...em que a intensidade de como vivemos nos define... e nos faça pensar que o que vivemos valeu a pena!
      Somos o que somos e gostamos de ser e não conhecemos outra forma de o ser.
      Tens asas e eu amo isso.

      Beijo :)

      Eliminar
    2. Tu és brilhante, sem qualquer dúvida.

      Adoro isso :)

      Eliminar
    3. oh ^_^ E tu és especial para mim, sem qualquer dúvida x)

      Eliminar
  4. Depois de ler o que a Liliana Pereira, escreveu, não poderia estar mais de acordo, se bem que já há demasiado tempo que ando ausente por estas bandas.
    Adoro vir aqui ler as palavras que expressão e me vão fazendo acreditar no verdadeiro amor!
    E estás de parabéns, não só pela forma como escreves, mas pelo que escreves e pela forma como consegues cativar vários seguidores deste blog e nos fazes sonhar e acreditar em algo que poderia ser quase classificado como uma beleza rara.

    Mais uma vez, muitos parabéns!
    Espero que de resto tudo te corra pelo melhor!
    Grande abraço

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Muito mas muito Obrigado pela passagem. Falas que não tens passado por cá mas sei quando cá vez tiras o teu tempo para ler com olhos de ver e não apenas passas os olhos pelas letras.

      Grande Abraço

      Eliminar
  5. Lindo texto!! já tinha dito, mas tenho de voltar a dizer, que foi uma óptima surpresa encontrar "este espaço" :))

    Parabéns!!
    Patrícia

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Boa tarde Patrícia,

      Muito Obrigado pelas palavras.

      Um Beijo e bom fim-de-semana :)

      Eliminar

Enviar um comentário