Em poucas palavras...

Forma em ti a vida que se reflecte do teu sonhar, vive o amor, agarra a paixão que te faz sorrir. Acredita primeiro em ti, acredita primeiramente nos projectos que vais projectando e nos caminhos que escolhes percorrer. Vive hoje o que tanto esperas para amanhã, agarra a vida, forma dos segundos eternidades em que te perdes nos braços de quem amas, em que beijas, em que sentes, em que guardas. Ama o que te faz feliz, ama as pequenas coisas que te fazem sorrir de forma natural, de forma despida de mascaras, sendo o que sempre foste, sendo a tua alma forte e verdadeira. Forma as tuas verdades, forma as tuas pisadas sobre o que vês e nunca sobre o que te contam, sobre o que te dizem. Diz o que sentes, diz o que queres e não prendas o que te move, não te prendas a ti naquela história que deverás ser tu a viver. Pega nas malas, pega a bagagem e segue o caminho, segue o caminho no qual te sentes vivo(a), naquele que é fruto da força que detens em tudo aquilo que fazes, em tudo o que dizes, em tudo o que sentes. Se é para amares, que ames com força, se é para ficares, que fiques com vontade, se é para viveres, que vivas a todas as horas, se é para lutares, que lutes a tua vida inteira. Nada é nosso se esperarmos sem procurar o que nos realiza, aquilo que nos deixa um brilho nos olhos e um sorriso no coração, deveremos amar o que somos, deveremos amar as escolhas que escolhemos. Por tudo isso, vive por ti, vive por o que queres, o tempo passa e o esquecimento nunca chega. Agarra e não vivas recordações, não vivas com receio do erro, porque desse mesmo erro pode surgir o filme pelo qual sempre sonhaste, o filme real da tua vida...






Comentários

  1. Sublinho tudo o que escreves neste texto, muito bom!! :))

    Beijinho*

    ResponderEliminar
  2. "Se é para amares, que ames com força, se é para ficares, que fiques com vontade, se é para viveres, que vivas a todas as horas, se é para lutares, que lutes a tua vida inteira."
    Que seja tão verdade :)

    ResponderEliminar

Enviar um comentário