Palavras trocadas...


Não espero, nem desespero,
Não olho, não vejo,
Não sinto, não toco,
Não cheiro, não gracejo.
Não sei se és tu, lua, sol ou mar,
Se és praia que me viu nascer ou rio que teimo em passar.
Não digo, não calo,
Não sou, não falo,
Não quero, ou quero então demais,
Ser poeta é mesmo assim, entrar no principio desconhecendo o fim.
Não sonho, sonho em vão,
Não beijo ou beijo o infinito então,
Não quero, não desejo, mas quero querendo,
Não é sombra, é sol, sal de um amor tremendo.
Não ouves, não sentes,
Não vês palavras, prosas presentes,
Não danço, não toco,
Não entro no jogo, não perco o foco.
Não sou, não somos,
Nem mesmo o toque de um caminho em que fomos,
Não sei, não soube, não quero voltar a mim,
Sentir este caminho, sem princípio, meio e fim.
Não é ou então sempre foi,
Palavra contida na garganta, no peito que dói,
Não é, não sejas,
Primavera em flor, flores, amores, cerejas.
Não é o dizer, querer, sentir,
Não é confissão confessada de quem deseja seguir,
Não é nada ou então e tudo isto,
Palavra rasgada, folha passada de uma vontade em tua alma desenhada...




Comentários

  1. Ray...Ray é top. :)
    E as tuas palavras sabem acompanhar essa maravilha de cantor :)

    beijinho

    ResponderEliminar
  2. wow que lindo, ja tinha saudades de um poema tao fluido e tao sentido :)

    ResponderEliminar
  3. Olá André,

    Como sempre muito apurado e acertivo, desta vez a brincar com trocadilhos, contradiçoes e palavras trocadas crias-te um texto muito interessante e de certa forma curioso e engraçado de se ler, com um misto de sentimentos entre o sentir, o sonhar o que se têm e o que se "aspira" vir a ter.

    Como sempre, grande!

    Boa semana e força nestes textos :)

    Abraço

    ResponderEliminar
  4. Que lindo. Um poema a brincar com as palavras. Um poema singelo e fluido como toda a sua tua escrita. Mais uma vez gostei muito. É sempre muito bom passar por aqui e ler poemas, textos tao belos, cheios de sentimentos. Beijo

    ResponderEliminar
  5. boaaa

    noite
    que bem escreves as tuas palavras davam uma boa letra de uma musica

    continua
    adorooo a forma como "brincas" com as palavras

    ResponderEliminar
  6. as palavras também podem ser alegres e formarem uma dança de trocadilhos.

    ResponderEliminar

Enviar um comentário