O tempo, o momento...

Quero-te, agora, aqui, assim,
Quero-te viva, quero-te verdadeira, quero-te inteira.
Quero o teu cheiro, a tua presença, a tua ausência, a saudade de ti.
Quero o sorriso que me faz querer-te ainda mais, desejar-te sem término.
Quero-te, apenas tu, apenas o teu sentir, apenas a tua forma de ser.
Quero a manhã que acordo a teu lado, a noite em que nos entregamos ao prazer,
Quero-te no beijo roubado, num abraço apertado ou num final de tarde a ver o sol.
Quero-te simplesmente pelo que és, pelo que em mim despertas.
Quero-te pelo homem que me fazes ser, pelos sonhos que consigo sonhar, pela garra que tenho de lutar.
Quer-te em dias bons, em dias maus, quero dançar contigo pela noite até te doer os pés ou ficar a teu lado num sofá a ver o filme que mais gostas.
Quero-te por inteiro, não te quero por partes, quero o mau e o melhor de ti,

Quero-te e é isso que agora conta, querer-te, apenas...


Vem sem demoras, sem medos, sem bagagem, sem destino, vem apenas que eu te espero ao nascer do sol...


Comentários

  1. "Querer é poder" Um dia poderás ter o que tanto queres... Mais uma vez um lindo texto, cheio de sentimento, de ansiedade por uma chegada, de desejos por uma vinda. Gostei muito. É bom passar por aqui e ler bons textos. Um beijinho e bom fim de semana

    ResponderEliminar
  2. que delicioso texto! repleto de um sentimento que faz vibrar os corações! uma vez mais, passei por aqui e adorei o que li. Bom fim-de-semana :)

    ResponderEliminar
  3. André,

    um texto bastante emotivo e repleto de vontades da alma e do coração... Muito bonito!

    Um beijinho :)

    ResponderEliminar
  4. olha fiquei sem palavras!que apaixonado :) adoro-te

    ResponderEliminar
  5. Agora sim posso dizer: este é o mais bonto que já escreveste. Simples. Sincero. Sentido.

    Amo! :)

    (é tão bom sentir-mo-nos assim n é n? :) )

    ResponderEliminar
  6. Obrigada :)
    Já te expliquei o porquê..

    Sinceramente.. o amor só aumenta... E a segurança tem dias que é quase nula =/

    ResponderEliminar
  7. Engraçado ao ler este texto (não sei se foi assim escrito de forma propositada ou não!), mas parece que manifestas um desejo teu, mas que por trás de todo o desejo que é teu, o que estás a tentar demonstrar aquela pessoa que desejas, que não terá razões para ter medo de avançar na tua direção.
    Diria que este texto não é sobre a personagem, mas sobre quem a personagem deseja. Ou seja, durante todo o texto existe a manifestação do desejo de uma pessoa para uma outra, sendo nós (leitores) os espectadores desta manifestação de desejo e linda declaração de amor e amizade.
    Bonita e diferente forma de manifestar estes sentimentos! :)

    ResponderEliminar
  8. É isso mesmo. Não saber se é real.. sabes aquelas situações em que pode ser tudo ou então n é mesmo nada? É complicado :s
    Ás vezes tenho uma certeza inabalável.. outras acho que é loucura da minha cabeça mesmo (lol!). Eu romantizo tudo. Então, sei lá se não estou a ver o que quero ver. Nestas coisas nunca se sabe muito bem.. é difícil ver com clareza quando não se está "de fora".
    Mas o sentimento cresce e cresce e cresce.. tanto que parece que tem dias em que não vai caber mais dentro do peito! It's wonderful. Mas a distância e o não saber custa muito..

    ResponderEliminar
  9. Passaram-me tantos momentos pelo coração enquanto lia isto. Mas, só uma pessoa com quem os poderia viver. Tu sabes como escrever o que o coração de todos nós se sente um dia, num momento da nossa vida. Parabens, mais uma vez.

    beijinho e bom fim de semana.

    ResponderEliminar
  10. Percebo isso que dizes do sinal. Eu sinto que precisava de algo que me dissesse com clareza, com uma certeza, "eu também". Um gesto. Que não deixasse dúvidas. Um arriscar derradeiro. Percebes o que quero dizer?

    Bjinho*

    ResponderEliminar
  11. Precisava de um gesto de carinho ou, pelo menos, de um gesto que revelasse a vontade.
    Algo perto do "tudo ou nada". P ex. um abraço, normal.. por trás, com as mãos pela cintura.. Um beijo (ainda que fosse um beijo na cara.. mas associado a algo que dissesse "quero mais"), que me escrevesse no caderno, em 2 ou 3 palavras o que sentia, que me desse a mão e deixasse os dedos deslizarem até se entreçarem, mas com segurança, com firmeza, etc...
    Quanto a dar-lhe certezas.. Eu por muito que queira não consigo dar-lhe certezas, sem antes ter a certeza.. de alguma coisa.

    ResponderEliminar

Enviar um comentário