SimplesDesejo...


Um GRANDE OBRIGADO a todos os que me têm ajudado, a vossa ajuda é imprescindível para tudo isto. Tenham uma Boa Noite e sejam felizes com o que têm sem procurarem demais o que não sabem se existe. Beijos e Abraços
Sentia as tuas mãos entregues às minhas, o teu sorriso permanecia no meu olhar e o querer, o querer ganhava a intensidade num bailado em que nos amávamos sobre aquele por do sol, naquela tarde de Verão. Entre gestos cúmplices e um fervilhar de emoções despíamos as roupas que caiam pelo chão, esquecíamos promessas, entregávamos o corpo ao desejo, àquela vontade que nos ancorava ao porto de abrigo das nossas emoções. Eram horas vividas depositadas em lençóis que albergavam o nosso momento, naquela cama desnuda de pudores, viva em prazer. Eram gemidos, corpos contorcidos num acto verdadeiro em que duas pessoas se tornam vulneráveis ao seu sentir, em que não existem barreiras que protejam, ou mascaras que enganam. Prazer intenso de dois amantes que se beijavam, que esqueciam o mundo que os rodeava, formando a sua própria aventura, escrevendo a sua própria história. Momentos em que o tempo parece não passar, em que a respiração se torna ofegante, em que a alma sobressai mostrando a sua real vontade, mostrando um amor que não pode ser escrito e muito menos explicado. Naquele quarto, naquele pequeno paraíso com vista para o mar, duas pessoas se amavam, se respeitavam, deixavam o enganar, o recear e apenas viviam a intensidade de uma vida, a intensidade de um momento partilhado, criado e por eles tão cuidado. Há histórias que não vivem de intervalos, em que as pessoas se amam, independentemente de horas, de distâncias, de medos ou de erros. Tudo terá sempre uma razão, tudo terá sempre um significado mas para isso, tem de se viver, temos de saber sentir, temos de nos entregar à vida pedindo à nossa medida, recebendo o retorno daquilo que fazemos. Tudo serão sempre recordações, memórias vivas, fotografias que guardamos no peito, chama que queima e que chamamos saudade. Enquanto há vontade, enquanto os nossos corpos se pedirem, iremos viver, não apenas viver este desejo carnal que nos mata a vontade mas sim, iremos viver mais um dia que se juntará a uma eternidade, a eternidade da nossa conjugação...~


Fonte Imagem: https://www.facebook.com/InspiringOficial



Comentários

  1. muito obrigada pelas palavras, vou tentar:) beijinhos e continua com a escrita brilhante!

    ResponderEliminar
  2. Não sei o que dizer hoje, está perfeito, um momento recriado de forma tão intensa, tão vivida e que toca tanto na alma que me alimenta.
    As tuas palavras penetram em mim de forma tão positiva como o som do dedilhar as teclas de um piano. És maravilhoso enquanto escritor e Homem qe ama.

    Beijinho*

    ResponderEliminar
  3. adorei o que escreveste. tão profundo *
    votei em ti, e se puder, votarei nos restantes dias.
    um beijinho

    ResponderEliminar
  4. Primeiro, tenho de te dizer que as musicas que publicas são as musicas que pertencem à minha lista de favoritas e é genial chegar aqui e ouvi-las. :)

    E tu, tu provas aqui que "fazer amor" e "sexo" são duas coisas distintas, apesar de muitas pessoas dizerem que não. Descreves com tanta clareza uma relação, um amor, que me faz querer sair pela porta e procurar o meu. *.*

    Um beijinho

    ResponderEliminar
  5. Quando li o teu texto quis dizer-te que há muita gente a escrever, mas há poucos que descrevem de forma real e cómoda o sexo entre duas pessoas.
    Tu fazes amor não "fodes". Isso é bonito.

    Adorei :)

    ResponderEliminar
  6. oh ainda bem que gostas do meu cantinhoo ***

    Também gosto imenso do teuu *

    Abraço *

    ResponderEliminar
  7. Acabei de votar, e estou feliz por saber que estás em primeiro... escreves muito bem e sei que mereces ganhar.

    ResponderEliminar
  8. É uma grande verdade. Obrigada pelas palavras.
    O teu texto de hoje está tão belo, verdadeiro e profundo. Gostei muito :)

    ResponderEliminar

Enviar um comentário