Sei que na realidade quero tudo assim...

Hoje não quero que leias estas palavras, hoje não quero que passes os olhos por estas frases que escrevo, hoje quero apenas que feches o olhos e sintas todo o meu amor, todo o meu carinho e a enorme vontade que tenho de estar a teu lado, de te fazer feliz e sobretudo de te respeitar. Longe estão os dias de sol, agora a noite chega mis de pressa, o frio já não permite ficar na praia até as nove da noite e o meu coração já não aguenta tudo isto.
Quero que saibas que apesar de tudo não te esqueço, ou seja, estás sempre aqui agarrada ao meu coração, ao meu sentir, ao meu sofrer mas acima de tudo ao meu amar. Tenho medo que te assustes com tudo isto pois sei que se calhar nunca sentiste todo este amor de uma vez só, de uma pessoa só e de um só coração. Não consigo deixar de te escrever, não sou capaz de dormir sem produzir estas palavras que são o simples respirar do meu coração.
Já fiz de tudo para acabar com isto, para tentar esquecer, para tentar partir, quem sabe para um lugar mais distante e para sentimentos bem diferentes mas a realidade é que me prendeste e continuas a prender, não consigo me libertar pois como alguém escreveu “O amor nunca acaba quando queremos” e isso não passa da mais pura verdade podemos tentar, podemos lutar podemos até tentar esquecer mas o amor não acaba quando queremos, apenas e somente só desaparece quando já não é amor.
Se um dia olhares para traz e veres que na realidade já não tens medo de arriscar, corre em direcção aos meus braços pois de momento eles estão abertos a espera do calor do teu corpo...

Comentários