Ama-me de vez!

Fecha a porta...
Entra e cai nos meus braços,
Ama-me de vez!
Faz-me ser teu a todas as horas,
Devora-me o medo, beija-me em segredo,
Vem revirar... o meu mundo.
Enlaça-te no meu corpo,
Faz do meu abraço o teu refúgio,
Quer-me! Usa-me! Gasta-me!
Arde comigo na paixão que sentimos,
No ar que perdemos, na vida que ganhamos.
Faz-te ser o sangue que me corre nas veias,
Que me alimenta, que me sacia.
Incendeia-me! Queima-me!
E mata-me... mata-me de amor.
Enche-me de tudo o que um dia me faltou,
Ama este homem que também falhou.
Fica comigo!
E se ficares... fica para sempre!



Comentários

Enviar um comentário