Descomeço...

Entregues a esse corrupio de vidas, a este amor fugidio que nos amarra no olhar, que nos entrelaça o peito independentemente da nossa vontade, alheio às nossas mais convictas opiniões. Amarras que unem, que fazem recordar e deixam a saudade de um caminhar, aquela saudade que nos preenche os silêncios e se repercute nas melodias que vão ecoando no nosso quarto. Fotografias fazem lembrar, fazem lembrar aqueles filmes imaginários que ficam na mente de quem não esquece, no acompanhar dos dias e das horas em que a maior vontade é viver agora mesmo, pegar naquele amor e agarra-lo com toda a força, com o brio que tem para mostrar. Amores, desamores, dualidades extremas, tudo numa só vida, naquela vida manchada pelo querer ficar, pela sede de revelar, de viver um grande amor. Indecisões, contradições, antagonismos de quem vive segundo sentimentos seus, que se entrega sem as barreiras necessárias a uma possível queda. Surgem as questões, aquelas que acompanham antes de avançar, aquelas que nos fazem pensar e ao pensarmos atrasamos o viver.
Na vida, se questionarmos de mais, avançamos de menos, se duvidarmos de mais, confiamos de menos, se desistirmos de mais, acabamos por sentir de menos. Na vida, tudo são respostas aos estímulos que lhes vamos dando, na vida recebemos o reflexo do que se faz, da maneira como se ama, da intensidade como se sonha. Todos nós somos feitos de erros e sonhos, vive quem se arrisca a sonhar, e erra quem se arrisca a viver. Somos feitos de nós mesmos e eu, eu sou feito de nós dois...




Comentários

  1. Beautiful :)

    Contradições, antagonias, indecisões, questões.. são demasiadas invariáveis num sentimento que supostamente não deveria ser uma equação :)

    ResponderEliminar
  2. O tempo traz-nos as respostas às questões, mais cedo ou mais tarde acabas por perceber porque teve que acontecer daquela maneira e não de outra, torna-nos mais crescidos, maduros, tudo na vida faz parte para estarmos preparados para ela.
    A vida ensina-nos a sermos fortes e por vezes do pior jeito... e o erro às vezes está em confiar demais, em avançarmos demais, em não desistirmos, então o que retiro daqui? Então é porque essa pessoa não merecia isso de mim, e há uma frase que diz o seguinte" Um dia alguém vai entrar na sua vida e fazê-lo perceber porque nunca deu certo com mais ninguém", vai ser essa pessoa que te vai fazer acreditar de novo, confiar demais novamente, não te fazer desistir, porque até para desistirmos de alguém é preciso sermos fortes...
    A outra pessoa desistiu facilmente, pensou de mais...e sim, aí ta o erro que falas e que eu concordo.
    Tudo acontece por uma razão, tudo...todas as pessoas que passam na nossa vida, trazem sempre algo com elas, quer seja bom, quer seja mau...ensinam-te sempre algo... e algumas a não ser como elas...
    O mais importante é aquilo que sabes quem és, quem te merece, o teu valor... e uma pessoa aprende-se a valorizar a ela própria...
    Aprende-se quando vês que a outra pessoa não merecia tanto a tua atenção, a preocupação...
    Eu aprendi a viver com calma, sem pressa de acontecer, porque eu prefiro que demore, mas que seja para ficar. Tenho tanto para dar e quero acreditar que o dia vai chegar e esse tanto que tenho vai ser dado à pessoa certa.
    Mas claro, "somos feitos de erros e sonhos" e "Não é mais sábio quem menos erra, mas quem mais aprende com os seu próprios erros". E eu não procuro a perfeição, porque essa também não posso da-la, mas sim a sinceridade, porque essa sempre me acompanhou e o que eu procuro é sinceridade nos sentimentos, em tudo...
    Eu acredito no destino, acredito no encontro da pessoa certa, na teoria de "dois inteiros que se encaixam", porque sim, somos feitos de nós próprios, somos feitos dos sentimentos, dos momentos vividos por quem temos ao nosso lado. Porque no final é o amor que fica e se não tivermos mais nda, se tivermos alguém ao nosso lado, já o suficiente.
    Beijinho :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Liliana que forma tão boa de ver a vida, confesso que agora também ando nessa linha, tudo tem o seu tempo, o seu momento. Não sou de grandes pressas mas também não sou pessoa de perder tempo.
      Há coisas que nos prendem, coisas que nos libertam, há coisas que nos fazem aprender e outras tantas que nos revelam os caminhos que deveremos seguir.
      Para todas as perguntas há sempre resposta só temos mesmo é de estar com atenção aos sinais.

      Obrigado pela tua visita é sempre muito bom receber-te por cá.

      Um beijinho e boa noite :)

      Eliminar
    2. "Que não se tenha pressa, mas que não se perca tempo."
      Isto tb é algo que me caracteriza.

      Boa noite*

      Eliminar
  3. As vezes questionamos demais e fazemos de menos, outras vezes fazemos mais e questionamos pouco... As vezes queremos seguir em frente, mas temos receio, temos medo, mas ficamos sempre na duvida se não o fizermos, e mais tarde acabamos por pensar, se tivesse feito hoje o presente seria diferente!? Sempre foi da opinião que tudo o que nesta vida acontece tem uma razão para acontecer, por mais que nos quetionemos a perguntar o porque de acontecer e nao obtermos respostas, um dia fará tudo sentido, eu acredito... porque os momentos menos bons, dão nos lições e os bons recordações... se fossem todos bons, niguem saberia satisfazer a vitoria, pois a vida era uma vitoria todos os dias, sem desafios, sem barreiras, sem obstaculos, sem medos... mas não! estes desafios, estes medos, estas barreiras sao precisas, são precisas para nos fortalecer, para nos tornarmos humanos mais resistentes às voltas da vida. Qual seria o sabor da vitoria, sem não tivessemos sofrido!? Eu acredito que todas as pessoas que connosco se cruzam tem um motivo para se cruzarem connosco, umas para serem nossas aliadas nesta conquista da vida, outras para serem nossas adversarias, dificultando nossas vitorias. O que é certo, é que cada uma que passa por nós, dá-nos uma lição, boa ou má, dás nos um momento bom ou mau, mas o que é certo é que são estes pedaços de momentos, esta união de pessoas, que vão formando as atitudes que nos temos, as ferramentas que nós vamos construindo para a batalha da vida combater. E o destino!? Destino acredito que existe, que cada pessoa tem o destino, tem a sua cara metade, aquela que tanto se procura e luta-se. Para mim o destino existe, existindo para cada um de nós vários caminhos para até ele chegar, assim sendo cada um é refém das escolhas que faz, dos caminhos que trilha até ao destino chegar. O destino está traçado, mas não conquistado, cada um a cada dia que vive, vai conquistando-o. A vida é de quem não se importa de sonhar em voz alta... E de quem sabe lutar e arriscar... A vida é uma passagem onde nós somos os turistas, que à medida que passeamos, vamos tirando fotografias, gravando memórias e construindo histórias, histórias que aqui na terra vivemos, aqui onde criamos momentos com os pedaços de gentes que por nós passaram, aqui onde vive a luta, o sonho e o amor...amor aquele sentimento forte que aperta o coração, quando se ama alguem... amor aquele que decora tuas fotografias, tuas histórias pela terra passadas... amor o que na praia da vida deve ficar marcado como a tua passagem na terra... amor aquele que acende a luz na escuridão do teu coração. Que o amor seja sempre o motivo de viveres...
    Mais um lindo texto, continua assim, inspiras-me.
    Um beijinho de boa noite

    ResponderEliminar
  4. Há coisas na vida que são meras conincidências, acredita :)

    bj

    ResponderEliminar
  5. estou a falar muito a sério! És mesmo muito especial, e estou mortinha para que chegues e te dê um abraço :)

    ResponderEliminar

Enviar um comentário