Palavras Soltas...

Hoje tenho a agradecer a todos vocês que aqui passam, que aqui ficam e que deixam palavras que tão bem sabem ser lidas. Sejam felizes, façam alguém feliz. Beijos e Abraços.
Vidas enroladas nas ondas de um destino. Em olhares brilhantes eles tocavam-se, trocavam os corações, fundindo uma história em sonhos partilhados a dois. Destinos traçados, caminhos cruzados no reboliço de um viver. Paixão que queima, desejo que faz querer mais, que faz com que a vontade de lutar seja eterna numa efémera saudade que se mata a dois. São horas de desassossego, insanos pensamentos, perversos quereres que compõem dois corpos, uma só razão de amar. Tudo é esquecido, o mundo fica lá fora, a hora perde-se nos segundos e eles, eles, perdem-se um no outro, perdem-se naquela vontade expressa numa paixão vivenciada. É a vida vivida em forma simples, pormenores que os cativam e uma forma peculiar de conceber no amor o resultado do que se vê, do que se sabe e não de que se ouve dizer. Amor simples, simples pensadores livres que se ancoram a um único porto, um porto de abrigo de marés mais turbulentas ou de tempestades passageiras. Aqui existe a união de almas e não a junção de corpos, apenas. Aqui existe um tanto de dois que se forma em somente um, uma mão que escreve um livro que encontra em si, uma história em que ambos ocupam a centralidade de tudo. Assim concebe-se uma vida, uma hora, um efémero momento ou uma eterna paixão, assim eu concebo o amor, simples, verdadeiro, duradouro, partilhado, confiado mas, sobretudo, sonhado...



Comentários

  1. Boa tarde!
    No meu caso, quem tem que te agradecer sou eu, pelo prazer que me d
    ás sempre que te leio.
    acrescendo ainda que este " pedacinho de mim" é já um " pedacinho de mim" também.
    Um grande beijinho

    ResponderEliminar
  2. Adorei :)
    Amo a música! Linda <3
    E.. um aparte, há dias em que dá vontade de largar as amarras e por tudo a descoberto n ha? *

    bjinho

    ResponderEliminar
  3. Obrigada, mesmo :')

    Eu tenho muito medo de saltar, no que toca a estes assuntos do coração. Acho que só mesmo num impulso de insanidade momentânea xp
    mas aos poucos vou-me abrindo.
    Primeiro, abri o coração.
    Agora vou deixando pistas...

    ResponderEliminar
  4. Ensinas-me um amor assim? E uma escrita como esta? Adoro, adoro...cada dia mais :)

    um beijinho

    ResponderEliminar
  5. Adorei,tu sabes sentir o que escreves, falas com o coração e oh, é raro hoje em dia....és alguém que tem uma forma de ver a vida e o amor de uma forma tão especial. Sem dúvida que mereces um amor verdadeiro!

    um beijinho*

    ResponderEliminar
  6. Se quiseres continuar a ler o meu blog principal Mais do que Amor - http://omeuabrigo-a.blogspot.pt/, deixa-me o e-mail que utilizas no teu blog no link deste http://semnadaaacrescentar.blogspot.pt/ para poderes visitá-lo. Obrigada!

    Um beijo no coração,
    Aurora

    ResponderEliminar

Enviar um comentário