It ́s only you

Procurei-te na imensidão dos caminhos que outrora seguia. Entre estradas escuras e caminhos revestidos de nevoeiro poucas eram as vezes em que conseguia, verdadeiramente, sentir amor. Foi num ápice, num simples ápice de tempo que enroupes pelo meu peito e te cravas a este meu coração numa espécie de bailado que perdura num tempo tão vivo em nós. Sinto-te, sinto cada pormenor do teu rosto espelhado nas vidraças desta minha casa com vista para o mar. Antes, mesmo antes de tudo isto, falavam-me em destino mesmo sem eu saber o que ele era, falavam-me no tempo e na intensa força que une, em laços, dois corpos numa eternidade inexplicável. Confesso, confesso que duvidei de um destino tão feliz, de um amor que se forma em momentos únicos de quem prima por ser diferente. Hoje o ar entre de forma muito semelhante a mariposas que me percorrem o corpo, que me fazem ter este brilho no olhar que advém de uma verdade que nem eu consigo questionar. Homem que fui e quem hoje sou, rabiscos de vida em folhas escritas e um livro que almeja a tua mão para ser escrito em conjunto. Palavras que unem, melodias que completam e algo que não se explica porque o amor é mesmo assim, inexplicável, inconsequente, imaturo ou detentor de uma maturidade imensa. Agora percorro estes corredores, estas estradas, foste a vida que veio dar a luz necessária a uma visão distorcia, és mar e eu o areal que te espera, desejando ser beijado nas horas de maré alta. Sinto-me em mim, em nós, sinto-te sempre e não é isso que nos faz estar juntos? É tudo isso e muito mais que há-de vir...


Quando o coração fala, há que o saber ouvir, saber interpretar. Tudo na vida tem um tempo, tudo na vida é um momento, uma história verdadeira surge e, é nesse instante, que passamos a acreditar na pessoa certa para nós...


Comentários

  1. Adorei o texto de hoje. Para além de lindíssimo, contém um mensagem cheia de esperança, positivismo e fé no Amor*
    (it made me smile)

    Não me canso de dizer que invejo mesmo a tua força. Espero que tudo corra pelo melhor e em breve escrevam juntos a vossa história

    bjinhos*
    Tem uma boa semana : )

    ResponderEliminar
  2. ps: o teu texto inspirou.me.. a escrever uma frase xp (hope you don't mind. tive de dizê-lo)

    ResponderEliminar
  3. Obrigada :)
    Eu é que já não passo sem vir a este cantinho. Para além de inspirador, muitas vezes consigo sentir as tuas palavras como se fossem minhas, muitas mais vezes dele. Outras, quiçá, nossas. Adoro a sensação. E adoro a forma como te exprimes tão bem, de uma forma tão sentida e tão bela.
    É um privilégio ler-te acredita :)

    Vou esforçar-me por aproveitar e focar-me no positivo.

    Quanto ao resto medo, medo e mais medo. E ultimamente também falta de oportunidade. A ver vamos se as coisas melhoram. Se o destino dá um empurraozinho :)

    ResponderEliminar
  4. :)

    Sol, onde? xp

    Está um tempo cinzento mt tristonho por aqui... além disso tenho exame amanhã por isso hj fiquei mesmo por casa a estudar

    ResponderEliminar
  5. ai, que saudades de te ler...sem dúvida és alguém que sabe do que fala, alguém que sabe amar, que sente de verdade...
    Encontrei esperança neste teu texto, gostei bastante!

    um beijinho*

    ResponderEliminar
  6. Lindo! Como é que todos os dias que aqui venha, há sempre um texto novo e cheio de amor, sentimento. Nem sempre é facil escrever assim todos os dias, tão bem, tu consegues! Sentir para mim é a tua palavra base de escrever. "Es o mar e eu o areal que te espera". Adorei esta comparação, muito bom. Mais um belo texto

    ResponderEliminar
  7. Mais um texto belíssimo! ^^

    Abraço forte e votos de bom início de semana! ^^

    ResponderEliminar
  8. as palavras certas para o momento certo e uma mão cheia de ar puro para respirar a vida de um só sopro e ler outra vez. :)

    ResponderEliminar
  9. Para onde foi o meu comentário?;(
    beijinho

    ResponderEliminar
  10. Adorei o texto, adorei o blog :) Parabéns.
    Segui :)

    ResponderEliminar

Enviar um comentário