Vida...

       É tão engraçado vermos a vida de outra forma, encararmos o mundo de uma figura estranha e perdermo-nos para mais tarde nos encontrarmo-nos de novo em nós próprios, naquilo que certamente fomos construindo por entre os sonhos sonhados e aqueles que passaram a uma realidade constante e tão mutável. Hoje vejo que aquilo que foi vivido não passou de mais uma viajem com regresso previsto naquela hora e naquele momento em que parti e não olhei mais para traz, porque no fim de contas, olhar seria matar-me e abandonar o coração a um deus, a um destino que se tornava mais um desconhecido em que me perdia e jamais iria encontrar o caminho de regresso a este meu porto seguro… Se um dia parti é porque o amor escorregou-me por entre os dedos e em que tu não conseguiste segurar tudo aquilo que te preenchia o coração e te roubava um sorriso…

Comentários

  1. Isso, não olhes para trás. Apenas luta pelo teu doce presente e tenta escolher sempre o caminho mais propício aos teus sentimentos.

    Um abraço meu amigo.

    ResponderEliminar

Enviar um comentário