"Quero-te amar todos os dias... até ao resto da minha vida."

Olho o teu corpo enquanto me deito ao teu lado...
Em silêncio, seguro na tua mão e coloco-a sobre o meu peito.
Tu... na tua forma de ser, sentes o bater do meu coração,
E eu, olhando-te nos olhos... digo-te que não consigo amar-te mais do que te amo.
Não existe ali qualquer barreira, apenas nós os dois,
Despidos sobre lençóis que já foram gastos em tantas mas tantas noites de prazer.
Prisioneiros do destino... pedimos que a noite nos dê mais tempo do que aquele que temos,
Que os segundos sejam eternidades, que as eternidades sejam histórias, que as histórias sejam beijos que nos tatuem os lábios.
Se há algo importante que levamos desta vida... é o amor que sentimos -
Este amor que nos envolve, que nos desenha sorrisos no rosto, que nos eleva até ao sentimento mais forte que algum dia poderemos encontrar neste mundo.
Já na noite longa... continuo a olhar-te...
Porque o sono não vem, porque os pensamentos são tantos e os sonhos parecem não querer parar de serem sonhados.
Enquanto te coloco sobre o meu peito, e na certeza de que não sou perfeito,
Prometo-te que um dia serei um escritor que falará de amor,
Que mostrará a todos aqueles que o querem ler... que tudo tem mais sentido sempre que amamos,
Sempre que damos de nós, sempre que não estamos sós.
Depois de te prometer, olho para dentro de mim,
E vejo que haverá um dia em que serei aos olhos de todos os outros... o amor tão imenso que sinto por ti.
Amo-te.

Imagem relacionada

Comentários

Enviar um comentário

Mensagens populares deste blogue

"E tudo o que eu pedia... era que voltasses..."

"Nunca desistas de ti!"

"Dói-me tanto saber que nunca mais irás voltar..."